Uma estrangeira no mundo

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Rir para não chorar


Hoje li, num tópico de uma comunidade cristã, uma piadinha de crente. Essa piadinha fez-me rir, mas por dentro fez-me triste por expressar uma verdade dos crentes, do mundinho gospel. Então resolvi fazer a coletânea abaixo, afinal toda história (e por que não piada?) tem um fundo de verdade.

Joãozinho e o orkut
Depois que o pai comprou um computador, não demorou muito para que o Joãozinho ficasse “viciadão” em internet. Gostava muito do Orkut, MSN e outras coisinhas mais. Ficava o dia todo xeretando comunidades e mais comunidades.
A mãe, crente fervorosa, resolveu que aquilo não podia continuar. Falou com o pastor evangélico e despachou o Joãozinho para lá.
Chegando na igreja, o pastor faz uma grande pregação especialmente para o garoto e, como não podia faltar, logo mandou ver a fatídica pergunta: “Joãozinho, você aceita a Jesus?”
E o menino com a cabeça no orkut: “Aceito. Mas Ele tem que mandar um scrap antes!”

Crente malandro
Um malandro se faz passar por fiel e crente, e pergunta ao Senhor: “Deus, quanto é um milhão de dólares para o Senhor?”
-É menos que um centavo. – Responde Deus.
E o sujeito continua: “Deus, quanto é um milhão de anos para o Senhor?”
-É apenas um momento…
Então o malandro põe as asas de fora: “Deus, o Senhor pode, por favor, me dar um centavo?”
E o Senhor, que já sabia das intenções, responde: “É Claro, fique aí. É só aguardar um momento…”

O motorista e o pastor
Em um acidente de carro, morreram o condutor de uma van de lotação (perueiro) e um pastor evangélico. Logo depois, ambos chegaram às portas do paraíso. Lá estava o fiel porteiro, São Pedro, que se dirige ao condutor e pergunta:
-Nome, profissão, idade?
O motorista responde e São Pedro manda-o entrar. Na sequência faz a mesma pergunta ao pastor, que também responde. Então São Pedro diz:
-Você vai pra lá. – e indica a porta do inferno.
O pastor reage indignado:
-Mas como, São Pedro? Eu era um pastor! Por que o senhor está me mandando pro inferno?
-Bom, quando você fazia suas pregações aos crentes, eles cochilavam e ficavam pensando “já, já, vai me pedir dinheiro”. Mas com o motorista era bem diferente! Quando ele dirigia, todo mundo dentro da van rezava!

Dificuldade com o evangeliquês
O sujeito tava numa situação danada e conta a um amigo, que era obreiro de uma igreja evangélica.
– Eu estou numa maré terrível. Sem crédito na praça, devendo para o banco e para um monte de lojas. Não vejo solução. Já pensei em acabar com minha vida. Estou desempregado e sem dinheiro, cheio de contas e carnês atrasados. Não há nada que dê jeito nessa situação. Já perdi a esperança! Acho que já estou doente e vou morrer mesmo.
O obreiro:
– Calma! Não é nada disso… Você precisa de ajuda espiritual. Você conhece a minha igreja? Pois é, na quarta-feira, no templo, tem uma Sessão de Descarrego onde todos são curados ou aliviados, com uns 20 pregadores e muita fé. Vai lá… Vamos te salvar!
Na quarta-feira o cidadão vai. No meio do culto é chamado ao palco e o pastor o agarra e grita:
– Sai desse corpo, demônio! Desocupa! Disaloja! Esse corpo não te pertence! Em nome de Jesus, te afasta deste homem bom!
E colocando a mão em sua testa, continua gritando:
– Estou ordenando: Em nome de Jesus, disaloja… disaloja! DISALOJAAA!!!
E o cidadão, mais que depressa:
– Casas Bahia, Riachuelo, Lojas Americanas, Ponto Frio, Bonzão, C&A, Marabrás, Pão de Açúcar, Mariza, Pernambucanas…

Crente teimoso
O sujeito era muito crente, devoto mesmo, e confiava em Deus para a solução de todos os seus problemas.
Certo ocasião,começou uma chuva enorme e a casa dele começou a ser inundada e ele teve que subir ao telhado para não se afogar. Quando a água estava chegando nos seus ombros, passa um homem numa canoa, que diz:
-Sobe, que te levo para lugar seco!
O crente:
-Não precisa, irmão, porque tenho fé em Deus, e Ele vai me ajudar!
As águas subiram mais e passa um cara com um barco a motor:
-Sobe, que te levo a um lugar seguro!!
O crente:
-Não precisa, porque creio em Jesus, e Ele vai me ajudar!
Quando as águas subiram até o pescoço do crente, aparece o helicóptero dos bombeiros, e eles gritam pelo megafone:
-Pega a corda pra gente poder subir você!
E o crente grita:
-Obrigado, mas não precisa, porque Deus vai me ajudar!
O crente não sabia nadar e morreu afogado. Foi para o paraíso, e perguntou pra Deus:
-Senhor, meu Pai, confiei em Ti, e porque me abandonaste para morrer afogado?
E Deus respondeu:
-Eu te abandonei? Te mandei uma canoa, uma lancha e até um helicóptero. Tá querendo mais o quê?

O crente e o leão
O crente se chamava Daniel, e para mostrar que tinha a mesma fé que o Daniel da Bíblia, entrou na arena dos leões, ajoelhou-se no meio e ficou esperando. Um leão saiu do seu canto e foi até o meio da arena, ajoelhando-se, disse:
-Obrigado Senhor…
E Daniel o interrompe assustado:
-Leão, você também é crente?! Isso é um milagre!
-Não, só estou agradecendo a refeição!

O papagaio da igreja

Um homem muito rico foi numa cidade do interior e descobriu que não havia nenhuma igreja pentecostal. Aí decidiu comprar o melhor lugar para instalar uma igreja pentecostal, mas o único lugar disponível era uma boate. O homem pagou o olho da cara e comprou o local, só que só foi vendido com o papagaio – essa era a única exigência.
Na noite da inauguração vieram as igrejas da cidade vizinha, e o papagaio estava em cima do piano como era o costume na boate. Aí entrou a organista e o papagaio disse: “rruru..músicos novos”. Logo depois, entraram as mulheres e o papagaio disse: “rruru… mulheres novas”. Então entraram os diáconos e o papagaio disse: “rruru… CLIENTES VELHOS, URHHR”.

O endemoniado e a igreja
Um homem possesso por um demônio é levado à frente de uma igreja. O pastor, já acostumado com a situação, começa a questionar o espírito malígno: “Qual é o seu nome?”
O demônio respondeu. Depois de outras perguntas, o pastor perguntou: “Você gosta da igreja Batista?” O demônio respondeu: “Não!”
“Por que?” Responde o possesso: “Porque lá eles são muito parados… além disso me expulsam rapidinho…
– Você gosta da Assembléia de Deus?
– Não! Eles gritam muito e me expulsam rapidinho também.
– E da Presbiteriana?
– Não! Eles são muito ativinhos pro meu gosto e me expulsam rapidinho também.
– E da Universal, você gosta?
– Ah, a Universal? Dela eu gosto!
O pastor, muito assustado com a resposta, pergunta: “Por quê?”
O ser abominável responde: “Ah, porque aqui a gente pode falar no microfone!!!!”

O barbeiro
Um Rabino foi a uma barbearia. Depois de cortar seu cabelo, ele preparou-se para pagar o barbeiro, que lhe disse: “Não Rabino, não cobro do clero por corte de cabelo.” Então, na manhã seguinte, o barbeiro achou um pedaço de pão de centeio judeu na frente da barbearia.
Alguns dias depois, um Padre foi cortar seu cabelo na mesma barbearia. Quando foi pagar, o barbeiro lhe disse: “Não Padre, não cobro do clero por corte de cabelo.” Então, na manhã seguinte, ele achou uma garrafa de vinho na frente da barbearia.
Passados mais alguns dias, um Pastor também foi cortar seu cabelo. Na hora de pagar, o barbeiro disse: “Não Pastor, não cobro do clero por corte de cabelo.” Então, na manhã seguinte, o barbeiro achou outros 15 pastores na frente da barbearia, prontos para cortar o cabelo!

Casamento no céu
Um casal que iria se casar morreu num acidente de carro um dia antes do casamento. Quando chegaram a Pedro, eles perguntaram: “Pedro, nós realmente gostaríamos de estar casados aqui no céu.”
Pedro respondeu: “Por que vocês não esperam alguns anos para terem certeza de que realmente gostariam de estar juntos para sempre?”
“Tudo bem” respondeu o casal. Então eles esperaram.
Cem anos depois, eles voltaram a perguntar a Pedro, e Pedro respondeu novamente para esperarem. Então outra vez esperaram. Mais cem anos passaram, e eles perguntaram novamente. Finalmente, Pedro disse: “Claro, por que não?”
Então eles tiveram uma grande festa de casamento. Uns 8 anos depois, eles chegaram a Pedro e pediram para se divorciarem. Pedro respondeu: “Esperem um minuto, levei duzentos anos para trazer um pastor aqui para o céu. Como vocês acham que eu vou conseguir trazer um advogado para cá?”

Boteco no inferno
Um dono de boteco, ao morrer, pediu pra São Pedro abrir um estabelecimento no céu.
Os negócios iam de vento em popa. Então pensou:
– Se aqui no céu está indo bem, imagina se eu abro uma filial no inferno? Com aquele calorão todo!
Então marcou uma reunião com o diabo, que logo concordou com a idéia.
Aí o dono do boteco fez um acordo com a Brahma, e mandou descarregar carretas e mais carretas de cerveja para a inauguração do novo bar.
Uma semana depois, amargou um prejuízo imenso. Nenhuma garrafa vendida. Foi reclamar com o capeta, que lhe respondeu:
– Bem feito, seu tonto, ou você não sabia QUE CRENTE NÃO BEBE CERVEJA???

Anúncios

Um comentário em “Rir para não chorar

  1. Wanderson
    15/03/2011

    MUITO LEGALL..^^

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 18/06/2009 por em Uncategorized e marcado , .
%d blogueiros gostam disto: