Uma estrangeira no mundo

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Artistas gospel: pregar ou louvar, só pagando


“E ordenou ao povo, que morava em Jerusalém, que desse a parte dos sacerdotes e levitas, para que eles pudessem se dedicar à lei do SENHOR.” – 2 Cr 31.4

“Os presbíteros que governam bem sejam estimados por dignos de duplicada honra, principalmente os que trabalham na palavra e na doutrina; porque diz a Escritura: Não ligarás a boca ao boi que debulha. E: digno é o obreiro do seu salário.” – 1 Tm 5.17-18

“E, entrando no templo, começou a expulsar todos os que nele vendiam e compravam, dizendo-lhes: Está escrito: A minha casa é casa de oração; mas vós fizestes dela covil de salteadores.” – Lc 19.45-46

Estava procurando material na internet para o assunto da semana desse blog quando me deparei com o site da Agência Videira, autodenominada “agência de conteúdo cristão – produzindo os melhores frutos”. Naveguei pelo site, para conhecer o trabalho da tal agência, e pasme! o principal produto é o agenciamento de pastores e cantores gospel. Semelhante a esse, há o site M2B Produções e Eventos.

A empresa Videira oferece vários serviços: construção de sites, gerenciamento de internet, representação comercial e agenciamento de cantores e pastores, assessoria de imprensa, campanhas de marketing via internet, produção de shows e eventos gospel, entre outros. Antes de qualquer coisa, gostaria de deixar claro que, conforme a Bíblia, todo o trabalhador é digno do seu salário, e assim nada mais justo do que cobrar pela criação e manutenção de um site, mesmo que seja da igreja ou de um pastor ou cantor gospel. Também não é ilegal eu indicar um pastor ou cantor para pregar em algumas igrejas, aliás é até bom, pois é uma forma de expandir a pregação do Evangelho.

O problema, aqui, é a negociação do Sagrado.

Anteontem tivemos a notícia da morte do cantor Michael Jackson. Ele, sem sombras de dúvida, foi um dos maiores cantores, considerado o rei do pop. Seu modo de dançar cativou a gerações. Eu mesma ontem relembrei, durante a visualização de alguns clipes, os passinhos que ensaiava com minhas amigas quando criança/adolescente. Se não tivesse morrido, Michael Jackson cumpriria uma jornada de shows que lhe renderia milhões de dólares. Nada mais justo, o artista tinha um grande talento e cantava para a glória própria. O cachê fazia parte do jogo, ele entretinha o público e esse pagava para receber esse entretenimento.

Mas Igreja não é lugar para entretenimento, para auto-glorificação, para enriquecimento utilizando-se das coisas sagradas!!!

Qual deveria ser a função do cantor gospel? A de levar as pessoas a adorarem a Deus, apenas. Um cantor gospel não está ali para dar espetáculo, para ser ovacionado pelo público (embora o público evangélico ande muito confuso, aplaudindo o cantor ao invés do Criador), para ficar rico: está para servir a Deus. Entendo que o glamour do mundo possa mexer com muita gente, mas os cristãos não podemos nos associar com o mundo, que jaz no maligno, mas buscar a aproximação com Deus.

Qual deveria ser a função de um pastor? Em primeiro lugar, pastorear suas ovelhas, se preocupar com elas, levanta-las todas as vezes que caírem, ensinar-lhes a Palavra de Deus, a Palavra de Vida. Um pastor não pode usar da Palavra para enriquecer, para se engrandecer, para querer aparecer mais do que os outros. Se Deus quisesse que seus sacerdotes fossem pessoas cheias de honra, glória e poder, nomearia reis, não pastores de ovelhas.

É muito triste ver que o principal objetivo de um cantor gospel não é mais levar a Palavra de Deus através da música, mas gravar um CD de sucesso e ganhar dinheiro com sua venda e com a realização de shows. Quem tem sorte e conhecimento na área, consegue um contrato com alguma grande gravadora gospel e, de tanto seu CD tocar nas rádios que fazem parte do esquema, torna-se um sucesso nacional. Quem não tem tal sorte ou conhecimento, mas tem o mesmo sonho de sucesso usando do nome de Deus, faz assim: http://rn.quebarato.com.br/classificados/banda-gospel-__49420.html.

Exposto tudo isso, vou copiar alguns textos do site da Agência Videira:

Página sobre Representação Comercial
Nesse serviço estão incluídos gestão e negociação de agenda, gerenciamento e marcação de ensaios e sessões de fotos, envio de materiais e informações para contratantes em geral, atendimento relacionado ao artista via site, e-mail e telefone, negociação de direitos de imagem para campanhas publicitárias, negociação com gravadoras e contratantes em geral e negociação de liberação de musicas para novas gravações (no caso de compositores).
Custo Mensal do Serviço: R$ 249,00 + percentual a ser negociado

Agenciamento de pastores e cantores gospel
“O Agenciamento é realizado através de um pacote de serviços prestados aos cantores, bandas e pastores que tenham o perfil desejado pela empresa e tenham grande potencial de mercado. Os artistas agenciados têm acesso aos serviços da empresa sem custo fixo mensal, e têm preferência na alocação em eventos da empresa e eventos de parceiros e clientes. (…)O serviço de agenciamento não pode ser contratado, uma vez que é a Videira que define quem são os clientes-artistas que receberão essa modalidade de serviços.”

Assessoria de imprensa para cantores gospel
“Novos cantores e bandas de pequeno e médio porte, geralmente têm orçamento reduzido para investirem em marketing e comunicação. Isso dificulta o processo de promoção do artista, uma vez que o custo das mídias tradicionais (rádio, TV, jornais e principais revistas) é extremamente alto. Com isso, exige-se que os investimentos de mídia e promoção tenham os menores custos possíveis com o maior retorno possível. (…)A Videira tem atualmente, um banco de dados dos principais jornalistas, através de parcerias com empresas de mídia, e oferece aos seus clientes o serviço de assessoria de imprensa. Nesse serviço estão incluídos: criação de releases com temas de interesse da imprensa (lançamento de CDs, eventos, participação em outros CDs, gravação de novos CDs e etc) para serem enviados à nossa base de dados de jornalistas com total possibilidade de segmentação de imprensa por área geográfica e canal de mídia (jornal, revista, site…) e envio de release e informações solicitadas por outros jornalistas. Custo Mensal do Serviço: R$ 249,00

Produção de shows e eventos
“Eventos proprietários: são eventos realizados por empresas visando atender um determinado público, no nosso caso, o público cristão. Nesses eventos, o que se procura é gerar identificação do público com a empresa ou marca contratante, através de experiências vivenciadas nesse evento. Com isso, nós atuamos no planejamento e elaboração do projeto do evento com a empresa interessada, definindo público alvo do evento, artistas com perfil desejado, principais mídias para divulgação e realizamos toda a produção do evento, contando com o suporte financeiro da empresa contratante.”

Como se pode perceber, não há a menor preocupação com o servir a Deus, com o levar o público a Cristo, com o abençoar a igreja onde se fará o evento (esse é o termo que o próprio site utiliza para denominar culto ou momento do louvor): a única preocupação é a de fazer o artista (não mais pastor ou cantor gospel) ter sucesso, e com isso lucrar em cima dele, e ao mesmo tempo faze-lo lucrar para si também. É o mercado do culto ao MAMON, não a DEUS. E o pior é que muita igreja tem se deixado levar por esse mercado demoníaco, aceitando pagar altos cachês a “artistas gospel” para que preguem ou cantem na denominação, e quem sabe assim novos fiéis sejam atraídos, ou aumente a arrecadação pelo menos no dia do “evento”! Quem é mais corrupto: quem corrompe ou quem aceita ser corrompido?

Creio que cantores e pastores devam receber por seu trabalho na igreja, até porque precisam se manter, mas não creio que seja de Deus a cobrança de cachês pré-estipulados, ou a contratação de empresas que resolvam esse parte burocrática, intermediando contratos. Será que Deus se alegra quando uma igreja tenta trazer um pastor ou cantor, mas tem seu pedido recusado por não ter o dinheiro que lhe é solicitado? Será que a pregação da Palavra e o louvor têm um preço, e por isso só quem pode mais tem direito a receber a “bênção”? E será que Deus verdadeiramente age em meio a tamanha corrupção, ou será que os “artistas” já perderam sua unção e, para compensar, utilizam de artíficios que a falsificam, como tentar emocionar a platéia e incentivar a manifestação de “fogo estranho”, como crente girando mais do que orixá no terreiro, mas achando que é obra do Espírito Santo?

É fato que, em muitos shows e eventos gospel, quem discerne só vê emocionalismo e manifestações da alma ou sei lá do quê. Será esse o motivo pelo qual, apesar da grande quantidade de eventos que propagandeiam avivamento, esse avivamento nunca chega? No ano seguinte o fiel vai de novo, acha que é bênção, fica bem uns dois dias e depois tudo volta a ser como antes, com a mesma pequenez espiritual.

Seria tão melhor se nós, cristãos, fôssemos sinceros conosco mesmo, com Deus e com os demais, ao invés de nos escondermos num falso traje de santidade! Tão bom seria se aqueles que almejam fama e sucesso lutassem por isso, mas num ambiente secular, não usando do santo nome de Deus… Um pastor pode estudar e fazer sucesso dando palestras sobre outros assuntos; um cantor ou músico, fazendo música secular. Não podemos vender o que não é nosso. Não podemos vender ou comprar a Deus, como muitos fazemos todos os dias. Os mercadores do templo aprenderam essa lição do próprio Jesus, da forma mais drástica possível.

Para o Espírito Santo agir, é necessário que os “artistas” se dispam de si mesmos e Lhe dêem lugar. É necessário nos arrependermos e renunciarmos a Mamon, buscando verdadeiramente a Deus. Satanás disse a Jesus: “te darei tudo se me adorares”, e ele realmente dá fama, sucesso e dinheiro para quem o adora consciente e até mesmo inconscientemente. Infelizmente, muitos que prosperam nas igrejas pensam que é obra de Deus, mas não é. Maldita teologia da prosperidade.

18 comentários em “Artistas gospel: pregar ou louvar, só pagando

  1. gessica barreto de oliveira
    26/02/2010

    EU ME ENTRISTEÇO EM VER CANTORES,LEVITAS DE DEUS,AO INVES DE DAR A GLORIA AO NOME DO SENHOR,CHAMAM ESSA GLORIA P SI MESMOS.O MUNDO ESTA CHEIO DESSES TPOS,MAS ACREDITO QUE NA IGREJA HA MUITO MAIS.E HA OS QUE OFERECEM QUALQUER COISA COMO SACRIFICIO A DEUS,SE FOR P ELE.POIS AS MUSICAS HOJE SAO FEITAS P BALANÇAR A GALERA,E DAR SHOWS,AO INVES DO OBJETIVO PRINCIPAL:ADORAR.OS CANTORES ESTAO TAO PREOCUPADOS EM AGRADAR AO PUBLICO,MAS NAO SE IMPORTAM SE ESTAO AGRADANDO A DEUS.POR QUE SERA Q COBRAM TAO ALTO,MESMO SE FOREM SERVOS DE DEUS DE UMA IGREJA CARENTE? TALVES SE ACHEM IMPORTANTS DEMAIS P COBRAREM UM PREÇO JUSTO…

    Curtir

  2. edilene
    13/08/2010

    é tudo verdade aqui na cidade aonde moro os cantores cobram fortunas para vir cantar, e ainda querem tazer a familia toda . Dizer que louvam a Deus assim é muito facil,mas acho que a palavra de Deus não está a venda .Certa cantora muito famosa foi contratada para vir cantar aqui e dias antes do show além dela desitir pois a cidade é “pequena” para ela segundo sua secretária. Ela não queria devolver o dinheiro pago antecipadamente, disse que era uma doação para sua entidade social . Pode? Roubo agora tem outro nome, doação..Meu Deus que pessoas são essas que falam no nome de Deus?

    Curtir

  3. MOISES EMDIO
    22/09/2010

    MOISES EMDIO disse:
    Seu comentário está aguardando moderação.
    22/09/2010 às 12:20
    Oi pessoal!
    Primeiramente gostaria de dar mérito ao assunto posto em questão!

    Existem várias profissões e hoje em dia temos:
    Médicos (evangélico), advogados (evangélicos), psicólogo (evangélicos), engenheiros (evangélicos) e também MÚSICOS (evangélicos) isto é uma verdade!
    Tenho dúvidas?

    Será que um advogado evangélico, um médico evangélico, um psicólogo evangélico, um jornalista evangélico, atendem OU pesquisam algo sem cobrar algo que lhe dê sustento?

    Pois se a questão colocada tiver a ver com o ser “CRENTE”, será que qualquer “MÉDICO CRENTE”, “ADVOGADO CRENTE” não deveria atender sem nada cobrar?
    DE PROFISSÃO PRA PROFISSÃO É TUDO A MESMA COISA!
    Quem não gostaria que quando fôssemos ao médico ele nos perguntasse:
    quanto você quer pagar ou pode pagar pela consulta?

    Mas a realidade é outra!

    TEMPO DE ESTUDO CUSTAM DINHEIRO, ESFORÇO, EMPENHO E PRINCIPALMENTE VIDA, QUE DURA ESTOURANDO ESTOURANDO 80 ANOS QUE SOBE ATÉ OS CINQÜENTA E DEPOIS DESCE! DENTRO DESTE TEMPO CONSTITUÍMOS FAMÍLIA QUE DEPENDEM DE NÓS! É …

    Sou musico e cantor tenho um cd gravado intitulado “TEU PODER – MOISÉS EMDIO”
    http://www.moisesemidio.com.br (onde vocês podem baixar a musica tema) e acredite estou pagando 50 parcelas de 750 reais de empréstimo.

    Os músicos profissionais para gravação custam um alto preço.
    Produção – 3.000
    Roger franco guitarra – 1.500
    Marcio Mello teclado – 1.500
    Pezão- – 1.500
    André Dávila – – 1.500
    Estudio – 1.500
    Edção e Mixagem e masterização – 2.000
    Capa e fotos ARTE BITS – 600
    Temos o site – 600
    Rádio 107.5 Fm BH – 1.500 / Mês
    Nossa rádio 93.7 BH – 1.500 contrato de 3 meses mínimo

    Poderia ter investido no secular se quisesse, mas antes tenho investido nesse trabalho,
    que é meu sonho e para mim é benção!
    Acho que deveria ser pesquisado o quanto se gasta para fazer um trabalho deste naipe e depois, pensar duas vezes antes de atirar as pedras nos cantores e músicos, que têm uma esposa, filhos e contas geradas por questão de investimento no projeto PARA PAGAR!

    Já fui em igreja, que chorava pra pagar a condução e quando chegamos lá no final do culto que fomos vender o nosso trabalho os irmãos da igreja disseram que já tinham copiado o nosso trabalho.
    E tente deduzir quem copiou o trabalho para os irmãos?
    O Pastor da igreja! rsrsr
    É dose!

    Se alguém julga-se justo como pode deixar um irmão nessas dificuldades, e achar que 50 reais paga-se gasolina, empréstimo, sustenta-se família e músicos de banda?
    A realidade é que se um bom músico “crente” não tem um salário digno é melhor ser qualquer outra coisa que o sustente e compre os equipamentos caros que são necessários para tirar um bom som!
    É por essa idéia que nunca se tem músicos nas igrejas brasileiras, o que não é assim nos E.U.A, Austrália e outros que valorizam a arte!
    Olhe para as nossas igrejas e veja se o que falo e verdade ou não!

    E aquele papo de Adoração?
    Adorar, adoramos em todo lugar João 4.23 e 24 pois a adoração é algo espiritual e independe de músicos e instrumentos, adoração não é cantar, muito menos tocar algum instrumento. Ela vêm do nosso interior e se exterioriza em louvor, em atitudes e etc. Como disse a matéria acima:
    Não ligarás a boca ao boi que debulha. E: digno é o obreiro do seu salário.” – 1 Tm 5.17-18
    POR FAVOR NÃO CONFUNDAM ADORAÇÃO COM MÚSICA!
    E NÃO JULGUEM A FORMA QUE AS PESSOA REAGEM PRESENÇA DE DEUS POIS SE ATRIBUIRMOS ATOS DO ESPÍRITO SANTO DE DEUS A COISAS DEMONÍACAS (ORIXÁ) ESTAMOS BLASFEMANDO, E ISSO NÃO TEM PERDÃO! MATEUS 12.31

    O melhor é Tiago 3 “vamos guardar a língua e evitar fazer comentários que não temos a mínima noção do que está rolando!
    Abraços!
    MOISÉS EMÍDIO

    Curtir

    • Carol Leite
      29/10/2010

      A fé não se vende, não se faz comércio dela. O Evangelho é Cristo e é a Ele quem devemos imitar, seguir, nos espelhar. É uma desculpa bonita dizer que é um artista/músico/cantor para divulgar o evangelho e ganhar almas e que o trabalhador é digno do seu salário (e que esses argumentos nada tem a ver entre si, na minha opnião) mas não foi isso o que Jesus nos ensinou.
      Quer ganhar dinheiro? Quer prosperar? Estude. Estude muito e vá procurar um emprego.
      Quer ser popstar de Deus? Volte ao início de tudo meu caro, porque talvez a vaidade ainda não tenha lhe deixado aprender nada sobre Cristo, ou o Reino, ou a Salvação.
      É triste, pelo menos para mim, que cantores evangélicos/gospel (nem sei mais se ainda é isso que usam como título) avaliem a sua credibilidade com Deus pelo número de cds que vendem, pelos chamados que recebem para se apresentar ou pelo número de pessoas que choram e/ou se debatem quando os assistem.
      Onde está a Graça nisso?
      O Reino de Deus nada tem como esse mundo.
      Nunca entendi o comércio justificado pela proposta de pregação da Palavra.
      Segundo consta, os primeiros cristão TUDO tinham em comum. Nada era vendido ou comprado. Tudo era dividido.
      E não entendo também não só o comércio da música, como todo o comércio de “deus”.
      Mas alguém pode dizer: “Ah, mas como você acha que vamos pagar a gravadora, ou a distribuidora, ou a editora?”
      E eu pergunto: O que você acha que deveria ser feito com as ofertas voluntárias?
      Construir prédios? Pagar salário a pastores? Não poderia ser bem empregado em material impresso e/ou mídia digital para propagação da Mensagem da Salvação?
      É uma grande tristeza assistir a essa grana Sociedade do Espetáculo. E mais triste ainda é saber que hoje, hereje é aquele que se opõe a tudo isso.

      Curtir

      • Carol Leite
        29/10/2010

        Eu sei que é herege é com G.

        Curtir

    • Wagner
      07/12/2010

      O que de graça recebestes de graça dai? Quanto Jesus cobrou para morrer na cruz? Quanto Moises cobrou pra tirar o povo escravo do Egito, Quanto os apóstolos cobraram pra propagar o Evangelho? Quanto Paulo cobrou para fazer suas viajens a Bíblia fala que ele tinha o seu trabalho secular pra não ser pesado aos irmãos. Vamos ler a Bíblia moisés.

      Curtir

      • Anderson
        07/11/2012

        Isto seria muito bom se todos agissem assim ,mas infelizmente é fácil julgar músicos; pois aqui no Brasil são reconhecidos como vagabundo,.Agora eu queria ver se não tivesse dizimo na igreja se iria existir esta quantidade de pastores,o que mais me irrita é quando vc sai pra fazer obra e deixa por conta dos irmãos ai não dão nem pra gasolina, vc deixa um cd de R$5,00 para manter o ministério e ainda te dão o cano ,,ai vc tira do seu salário da boca de filhos, ,a esposa fica chateada, e ainda tenho que ficar lendo estes comentários sem noção to cansado desta hipocrisia ,que saber a verdade tem igreja que nem cordas para instrumentos compram,,agora se tiver algum irmão ai principalmente este que não tem o que fazer e ficam conversando fiado,se quiser bancar o custo do meu estudo,bancar meus cds,a minha despesa da minha família eu toco aonde vcs quiserem sem cobrar um centavo,o algum bonzão ai se candidata ?Porque DEUS eu minha testemunha que se tivesse condições financeira faria com todo carinho e amor,pq hoje sem dinheiro eu faço e levo cano direto deste povinho que se dizem certinhos ,E mais sou a favor de contrato sim,porque o quem de gente engravatado com biblia debaixo do braço dando de coitadinho e dando cano nos outros vcs não tem noção,é a primeira vez que me manifesto em rede social ,,detesto ficar manchando a imagem de CRISTO penso eu que roupa suja lava é em casa mas estou cansado de ver estes canalhas ficar julgando os outros e ficar calado,eu também já pensei assim mas nunca fiquei denegrindo a imagem de ninguém principalmente de DEUS,mas quando vc tem a oportunidade de vivenciar as coisas ai sim vc vai ver que não como dizem,e digo mais se esta acontecendo isto no meio como eu já até ouvir falar lixo gospel,é por culpa destes lideres que deveriam se preocupar em cuidar da suas ovelhas dando exemplo,cuidando de verdade ,,em vez de ficar dando um certinho nas redes sociais, ensinar dentro da igreja de cada um ,se esta assim é porque o povo não teve boa instrução dentro da igrejas,nem se aprenderam sobre e valores ,quanto dirá de amar seu próximo ,é lastimável,estou exausto disto …

        Curtir

    • Juliano césar
      22/03/2012

      paz. bem, colocando meu bedelho, eu também canto/ministro, e, não cobro para isso, pois a graça de Deus nos foi dada de graça. assista; ministração apenas 1 minuto com juliano:

      só peço que, quando for convidado, os irmãos me encontrem em algum lugar(no caso de brasília) que é minha cidade, visto que sou deficiente visual e, por este motivo, alguns lugares aqui têm grande dificuldade de locomoção. e quando vou ministrar fora, peço que abençoem com passagem e hospedagem. agora: tem ministro/ministerio que cobra caro demais pra cantar, que chega ao cúmulo do absurdo. cobrar 50000 para cantar em um evento? então, temso que ficar atentos, e ter cuidado.

      Curtir

  4. ulisses nelli
    18/11/2010

    Quanta hipocrisia,somente quem é cantor ou vive da musica ou melhor sobrevive sabe como é dificil.Varios pastores e outros como você acha que tudo é de graça.Os cantores tem muitos gastos com produçoes e divulgaçoes e além disso tem que estar disponivel para cumprir as agendas.As pessoas deveriam se colocar no lugar das outras para entender como são.Naõ confundam espiritual com comercial

    Curtir

  5. Graça e paz aos irmãos. Visitando este site vi os comentarios, Porém não digo nada, porque cada qual com sua fé, visto que daremos conta diante de Deus individualmente. Sou compositora, Deus me deu este dom, e fiz a produção do meu 1º cd independente. É uma gravação simples, nada sofisticado. Não sou conhecida, nem tenho certas pretensões, pois meu objetivo é servir a Deus ganhando almas.Tenho meu trabalho de onde tiro meu sustento. Os convites que recebo são de igrejas pequenas, é o que mais amo!Não cobro das igrejas, nem faço questão de vender cds. Eu conseguindo transmitir algo de Deus que abençoe a vida de alguem, pra mim é suficiente. Eu me disponho a ir onde for convidada para servir a Deus, sem cobrar despesas. Peço é que avisem com antecedencia. Prefiro igrejas pequenas. posso dispor as musicas para quem quizer ouvi=las-. Deus abençoe-lhes. fica a disposição deste site, disponibilizar ou não imail

    Curtir

  6. EVELYN
    08/12/2011

    Sou cantora evangélica, tenho uma banda e não cobramos para ministrar em igreja, apenas pedimos ajuda de custo para transporte e estadia, mas tenho percebido que os cantores que o público “mais valorizam” são aqueles que cobram para ministrar louvor e a palavra de Deus. Infelizmente a culpa não é das gravadoras, dos agenciadores, é do próprio público e igrejas que se dispõe de valores absurdos para levar um cantor ou pregador. Todos precisam sobreviver, se alimentar, se vestir, ter um lar e etc, mas Jesus fazia milagres e maravilhas quando esteve na terra e não morava em nenhuma mansão, fora meu ministério, tenho meu trabalho, tenho que trabalhar muito para conseguir ter uma vida confortável, ter um carro confortável, mas graças a Deus não preciso cobrar absurdos para ministrar para conseguir sobreviver.

    Curtir

  7. carlos
    15/01/2012

    Bem, certas pessoas criticam os cantores de mídia, mas, em qualquer igreja gospel, quais as músicas que os grupos jovens, de senhoras, varões, etc., cantam? Resposta: justamente as dos cantores que tiveram gastos absurdos com divulgação, pois foi justamente por isto que estas canções chegaram a seus conhecimentos. Acho que cada pessoa tem o direito de fazer sua escolha: conciliar o trabalho secular com seu ministério, (assim como eu), ou dedicar-se somente a um dos dois. O que não devemos é acharmos que estamos cobertos de razão, julgando nossos irmãos.

    Curtir

  8. Tiago Carvalho
    24/01/2012

    Eu acho que , o queridão não sabe o custo para um cantor fazer tudo que ele faz , e outra ,agenciar não quer dizer que o cantor tá levando todo o ganho ali , esses preços exorbitantes que vc diz é o custo de tudo que se faz durante um evento em que como som , musico , enfim um boa estrutura para tudo ser na mais perfeita ordem assim como Deus quer . o autor desse blog deve mais um pastor desenformado e pão duro desses .

    Curtir

  9. João Freire
    10/04/2012

    Nossa como o povo de Deus tem a mente fechada, isso entristece, pois vivemos em um mundo fisico, e o dinheiro é a moeda de troca deste mundo, e sem ela, você não come, você não veste, você não mora, você não faz a feira, e nem as compras do mês, e as igrejas fechariam as portas. Os cds que você compram na igreja, se é que compram, custa dinheiro viu? E não é barato não, envolve muitos profissionais que trabalham exaustivamente meses, e fazer um cd gospel muitas vezes sai mais caro que um cd secular. Se vocês baixam gratuitamente pela

    internet, saibam vocês, que estão lesando os direitos autorais dos musicos envolvidos nessa obra, e fere as leis de Deus.
    Fazer a obra de Deus é maravilhosa, mas não é pecado se você cobrar não, Pois o apostolo Paulo disse : ” E quem serve ao altar do altar tira o seu sustento …” (I cor 9:6)
    Como você pode largar tudo para fazer a obra de Deus, e viver como mendigo, isso não existe, e nem Deus quer isso, o nosso Pai quer que vivamos uma vida abundante
    Acorda povo de Deus!!!

    Curtir

  10. paulinho
    14/06/2012

    Gostaria de fazer algumas perguntas.

    V6 são todos EVANGELICOS ???

    O que v6 acham do estao fazendo ??? ( fazendo festa no inferno )

    V6 que julgam esse tipo de trabalho, trabalham na igreja em tempo integral de graça ??? por amor a obra ???

    Se trabalham, como vc paga suas contas ??? como vc faz compra ???

    Se vc trabalha e ganha o que vc acha de tudo isso ??? ou agora vai dizer que é digno do salario ???

    Quantos cantores com esse tipo de coração abençoador, foi na sua igreja e foi abençoado financeiramente pela igreja ???

    O que dizer da igreja que é contra cache e quando um grupo que vai por amor a Obra, nem se quer é abençoada pela igreja ???

    Quantas vezes V6 chegaram no final do culto e deram uma oferta para abençoar o ministerio ???

    Quantos Cds V6 compram ??? ou V6 fazem o Download das musicas de quem ta indo abençoar ???

    HIPOCRISIA… o que dizer de v6 ??? se achando os donos da verdade de Deus, julgando as pessoas publicamente e envergonhando o evangelho…na realidade PECANDO, v6 antes de colocarem suas opinioes procura saber o efeito que isso pode gerar… Tenho visto no meio de grandes eventos gospel, onde é pago caches que na minha opiniao é justo por ser conhecedor de que existe uma estrutura para que tudo seja feito com perfeição eo melhor que Deus merece, ou v6 acham que Deus esta recebendo esse tipo de atitude com louvor ??? como disse tenho visto pessoas sairem felizes, chorando e dizendo que foram abençoadas… as vezes pagamos, compramos muita coisa que ficamos do mesmo jeito, ou ate mesmo pioramos… Mais tenho certeza que V6 que tem esse tipo de pensamento, sao pessoas que estao nos cultos todos os dias, da oferta, da o dizimo e ainda abençoa os que precisam… pq que se nao estao fazendo isso estao totalmente ao contrario do que estao falando aki.

    Mais pra mim o mais triste é saber que v6 nao tem conhecimento nenhum e sabedoria pra lidar com esse tipo de assunto e com isso envergonham o evengelho.

    Essa é minha opiniao, e nao espero que goste, espero que reflita…

    Curtir

  11. Weslei
    24/06/2012

    concordo com algumas partes e discordo de outras…
    principalmente Quando o cara é evangelico e tentar carreira no modo secular….

    Curtir

  12. leirysson
    11/12/2012

    Prezados, vi este post e em partes concordo com o autor da matéria, em outras sou totalemnte contra. Concordo que não há a necessidade de se cobrar o absurdo que muitos cantores cobram, e além disso as exigencias ue fazem. Por outro lado, como ja foi dito aqui, os cantores tem despesas. Tem custos com a gravação de seus trabalhso, divulgação, roupas, comida, enfim tem uma série de despesas. Muitos não conseguem conciliar a vida secular, de trabalhar fora, pois precisam viajar sempre. E vocês sabem de quem é a culpa dos cantores exigirem e estipuçlarem valores?? Os maiores culpados são as próprias igrejas e seus pastores, que em muitos casos não agem como verdadeiros cristãos. Mentem para os cantores, dizendo qie vão dar uma ajuda de custo, e no final do culto, dá apenas um tapinha nas costas e dizem: Deus te abençoe. Se pedem para ajudar com a venda do trabalho, eles extraviam os cds e o valor?? desaparece.
    Por estes e muitos outros é que os cantores tem agido desta forma. O que não acho errado. Ser cantor é profissão também ,e a própria Bíblia diz que o obreiro é digno de seu salário, então por que tem que cantar de graça? os pastores vivem pedidno ofertas, dízimos para isso e para aquilo, mas para abençoar um levita com uma oferta, é sempre contra. Um pastor não dirige uma igrteja de graça. Ele também tem seu salário.E outra coisa. Os próprios irmãos, não valorizam cantores que vao cantar de graça, ou que cobram pouco. Infelizmente eles valorizam quem cobra.

    Curtir

  13. JORDANIO RODRIGUES
    23/04/2016

    PARABENS JULIANO CESAR PELO LINDO TRABALHO PELA MINISTRAÇAO,PELO SEU DOM E TENHO CERTEZA QUE DEUS ESTA SUPRINDO TODAS SUAS NESCESSIDADES…..E EU CREIO IRMAOS QUE NOSSO CRIADOR NOS AJUDA QUANDO ESFORÇAMOS PARA PROCLAMAR O SEU REINO NO CASO DE NOS ATRAVES DA MINISTRAÇAO DOS LOUVORES TEMOS QUE CONFIAR AMEM.DEUS CONTINUE ABENÇOANDO CADA UM ATARVES DOS SEUS MINISTERIOS.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: