Uma estrangeira no mundo

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Dízimo na Igreja: uma Lei sem Graça


“Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas. Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, sim, toda esta nação. Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes. E por causa de vós repreenderei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra; e a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.” – Ml 3.8-11

“E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum. E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister.” – At 2.44-45

Oh, tema espinhoso para a igreja evangélica brasileira! Falar sobre dízimos e ofertas, para muitos cristãos, assemelha-se à defesa do time do coração (Corinthians, por favor, afinal é “bíblico”). O tema está tão incrustado no inconsciente coletivo eclesiástico que ai daquele que se interpõe contra esse princípio!

Logo que converti a Cristo e me tornei membro de uma igreja, uma das primeiras (senão a primeira) coisas que aprendi era que, a partir daquele momento, como membro, tinha a obrigação de dizimar, ou seja, de entregar 10% do meu salário para a igreja, isso com base no assustador texto de Malaquias 3.10 e outros, principalmente do Antigo Testamento. Se não fizesse isso, o “devorador” seria lançado sobre a minha vida, roubando minhas finanças. Porém, se cumprisse o princípio, seria grandemente abençoada por Deus, teria minhas finanças multiplicadas 10, 100, 1000 vezes mais. Tentador, não?

Com medo, por um lado, e com ambição, por outro, porém achando que simplesmente queria fazer a vontade de Deus (que, pelo que estava aprendendo, era a de que eu dizimasse), passei a ser dizimista fiel. Mudei de igreja, continuei dizimista. Nunca fiquei com o “nome sujo”, porém nunca tive a tal “prosperidade financeira” que, segundo Malaquias, eu teria e da qual poderia fazer prova de Deus. Deus me dava livramentos e surgia formas de quitar minhas dívidas, mas riqueza nunca tive.

É até engraçado, mas tive mais prosperidade financeira antes de me converter a Cristo. Lembro-me que, seis meses antes da minha conversão, ganhei um carro zero num concurso cultural. Depois de convertida, o máximo que ganhei foi um par de ingressos para o show da Madonna no ano passado, mas aí já não era dizimista fiel (mas ganhei os ingressos!).

Alguns meses depois de me converter, lembro-me que fui a um “encontro apostólico”, onde vários pastores famosos pregaram. Na pregação da noite, um fulano foi pregar sobre as ofertas. Foi muito enfático, colocou quilos de culpa em mim e creio, em quase toda a platéia, e ainda disse que, caso déssemos naquele momento nosso “tudo”, até dezembro daquele ano (Deus estava lhe revelando) teríamos três desejos que o Espírito Santo estaria colocando em nosso coração realizados. Para provar que era real, deveríamos, naquele momento, escrever no verso de nossas bíblias os tais desejos. Eu os escrevi, e que aflição! não tinha levado meu talão de cheques!!! Como sempre ando sem dinheiro, tudo passo no cartão de débito, não tinha nada a ofertar!!!! E aí, como faria?

Chorando em baldes, cabeça baixa, vi meu relógio, que havia ganhado do meu então namorado (hoje marido). Não pensei duas vezes: vai o relógio como oferta mesmo. Fiquei meses sem relógio e sem lhe explicar onde estava, depois ele acabou me dando outro (entendeu minha meninice espiritual), o ano de 2002 acabou e os desejos não se realizaram. Mas continuei dizimista fiel e ofertante de vez em quando, quase sempre dizimando do limite do meu cheque especial, às vezes dizimando com cheque sem fundos, correndo atrás do meu pai para cobri-lo. Mas sempre dizimista fiel, pois os pastores sempre diziam que não importavam as dificuldades financeiras, elas eram armadilha de satanás para que não dizimássemos, e então o devorador pudesse vencer a batalha.

Anos dizimando e ofertando, e nada dos 10, 100 ou 1000. Daí aprendi um outro discurso: a prosperidade não é ter em abundância, mas é ter saúde e não faltar nada. Achei justo, na verdade queria só servir a Deus, então estava muito bom. E continuei dizimando, já fazendo empréstimo para cobrir os cheques, afinal o importante era devolver a Deus a parte Dele. A igreja crescia, se reformava, os pastores se tornavam mais inacessíveis, minha dívidas cresciam, mas o importante é servir a Deus e ter saúde.

Até que um dia eu tive que resolver: ou dizimava, ou pagava as dívidas do mês. Com muita culpa e sofrimento, paguei as dívidas. Dizimava quando podia no começo, depois deixei de dizimar de uma vez, pois estava para me casar, comprando e equipando o apartamento, e só quem já casou sabe o quanto se gasta. Por incrível que pareça, Deus continuou me dando os livramentos financeiros, e ebenezer! até aqui Deus tem milagrosamente nos sustentado.

O casamento, eu sempre sonhei que fosse numa igreja. Infelizmente não foi pois, apesar de membro, tinha que pagar uma quantia, afinal a igreja tinha que arcar com a “segurança” do evento (acredite se quiser). A cerimônia foi na casa da minha mãe, que pela Graça de Deus é bastante espaçosa. Peço a Deus sempre para tirar de mim essa ferida, mais uma, que a igreja evangélica me fez: a de, por dinheiro, me negar a realização de um sonho de infância, sonho de qualquer menina, e do sonho de meu pai, que nem crente é, de entrar na igreja de braços dados com sua única filha. O chato é a igreja em questão nem precisaria disso, afinal é rica, sede própria, comprou acampamento, teve até programa de tevê numa emissora UHF. Meu marido até já estava pregando lá, mas meu filho, “amigos, amigos, negócio$ à parte”.

Hoje não sou dizimista. Aliás, nem estou frequentando nenhuma igreja, e se estivesse, não seria dizimista. Daria contribuições voluntárias, talvez nem na igreja, mas para os irmãos-de-banco. Lembro-me, nesses anos todos, de muitas vezes em que dei meu dízimo com dificuldade, e ao meu lado havia irmãos ainda mais necessitados, mas que não recebiam nada da igreja (quando muito, uma cestinha básica e olha lá, você tem que se manter, se não tem emprego ou está doente é porque não tem fé, só poderemos ajuda-lo até o próximo mês para não acostumar). Uma vez, ao nosso lado havia uma irmã que volta e meia manifestava demônios. Meu esposo olhou de relance para sua mão e a viu toda queimada, em carne viva, isso durante o culto. Ele, que é técnico em enfermagem, mal acabou o culto e fomos correndo à primeira farmácia que encontramos, para comprar um remédio específico. Compramos o remédio e na saída um ônibus quase destruiu nosso carro, mas para a honra e glória de Deus ninguém se feriu. Ficamos com o prejuízo do carro, mas com a alegria de ver nossa irmã em Cristo com suas feridas cicatrizadas dias depois. Pergunto-me: se dependesse da igreja-templo, onde ela também dizimava com dificuldade, ela seria provida?

Em outras oportunidades também pudemos prover pessoas da igreja que, apesar de membros, não tinham suas necessidades materiais observadas, como se bastasse a nós viver do amor de Cristo (porém, o templo sim necessitando de provisão, de pagamento de água, luz, telefone, aluguel e salário dos pastores). É incrível ver o milagre de Deus, de multiplicar o pouco para que esse seja dividido entre os irmãos, assim como Ele multiplicou os pães e os peixes!

Em Atos, vemos que não havia a obrigatoriedade do dízimo, mas todos contribuíam e tinham tudo em comum. Em Atos, a igreja se supria pois todos sabiam da importância de sua contribuição, e contribuiam não buscando as bênçãos financeiras, ou a amarração dos devoradores, mas simplesmente o bem-estar de todos e o servir a Deus, amando ao próximo como a nós mesmos. Quem podia dar mais dava, quem podia dar menos o fazia. Uma vez li um livro chamado A Igreja do Caminho, do Jack Hayford, onde ele relatava que na hora das ofertas passavam o gazofilácio entre os fiéis. Quem podia contribuir, contribuía; quem estava em dificuldades financeiras, tirava a contribuição. O engraçado, segundo conta no livro, é que sempre havia sobras no gazofilácio! Será que alguma igreja evangélica brasileira teria coragem de fazer isso?

O problema da igreja brasileira é que obriga os fiéis a crerem que Deus proverá, mas ela mesma não crê nessa hipótese. Por isso muitas vezes gasta-se quarenta minutos (como já vi) colocando culpa sobre os fiéis que não dizimam ou ofertam, e trinta minutos com a pregação da Palavra. Por isso exige-se o cumprimento de uma Lei como o dízimo, mas fecha-se os olhos para outras Leis, como a circuncisão ou o guardar o sábado. Infelizmente, falta fé aos pastores quanto a Deus garantir-lhes a subsistência, e por isso necessita-se buscar o suprimento pela aterrorização dos crentes.

O motivo de escrever esse artigo, na verdade, era o de simplesmente colocar à disposição de todos o maravilhoso estudo sobre dízimos do blog Bereianos, mas acho que as feridas que essa doutrina trouxe a mim ainda estão latentes, e por isso precisei expô-las. O estudo é bastante longo, porém não tenha medo, leia-o pois valerá a pena. Deveria ser leitura obrigatória não só para os crentes, mas principalmente para os pastores, pois muitos reproduzem a doutrina do dízimo simplesmente porque aprenderam assim, não se dando conta da importância de se estudar a Palavra dia e noite, não se aceitando doutrinas sem que sejam provadas.

O bom de se viver na Graça é que não precisamos mais cumprir a Lei: Jesus a cumpriu por nós. Aleluia!

Anúncios

124 comentários em “Dízimo na Igreja: uma Lei sem Graça

  1. claudio
    19/07/2009

    li o seu “estudo” e me surpreendi, uma vez que voce conhece a palavra de Deus!

    como manter o trabalho de Deus sem dinheiro ….

    não sei como, me diga, por favor

    Curtir

    • Oliveira
      01/10/2012

      Vc Acredita em Jesus? se vc acredita e porque tem Fé certo! então passe a ter mais Fé pois vc tem que aprender que a oferta e um sinal de AMOR , e eu acredito que quando nos Amamos a Jesus e praticamos a vontade do Espirito Santo com certeza nos doamos muito mais que um simples 10% da época da lei, pois estamos no tempo da Graça e somos conduzido pelo o Espirito Santo então nos daremos com AMOR, Deus nos amou primeiro sendo inimigos de Deus! meu irmão eu ti amo seja conduzido por Jesus não por Homens impondo leis para chegar no céu continue na igreja mais coloque no coração de ofertar faça um teste oferte com Amor só dizime por vontade própria não por obrigação nos não iremos para o céu por pagar dizimo ou não nos iremos e pela Graça de Jesus Cristo eu sei que vc tem os frutos do Espirito Santo!
      Fica na Paz de Jesus, Amem.

      Curtir

    • hipocresia
      25/07/2015

      por favor nao mistura, é só da ofertas voluntarias generosas, chega de hipocresia gente em nome de Jesus.

      Curtir

  2. Estrangeira
    19/07/2009

    Pr. Claudio, os discípulos tb não sabiam como alimentar as multidões com poucos pães e peixes; não sabiam como pagar o imposto, mas o dinheiro apareceu na barriga de um peixe. Entendo que as igrejas têm usado o dízimo como uma renda certa para atingir seus objetivos (primeiro, manter o templo; após mantido, construir novos templos, aumentar a obra, etc), só que isso não é bíblico. Sei que o desafio é grande, mas se é Deus que está à frente, com certeza Ele proverá. O não ser obrigatório o pedir dízimos não significa que os membros não devem colaborar, ao contrário! Ao invés dos 10%, aos membros compete dar tudo a Deus, e financeiramente falando significa ter liberalidade para, de própria vontade, e não com medo de maldições financeiras ou buscando as bênçãos, colaborar para o suprimento do templo de pedra e dos templos de carne que lá se reúnem. É claro que essa mudança não pode ser feita de uma hora para outra, senão dará um nó na cabeça dos fiéis, mas sim, é possível manter a obra com membros que sabem da importância de cada contribuição espontânea e a vê investida no benefício da igreja como um todo. Fique na Paz!

    Curtir

    • isaias
      09/02/2010

      Primeiro quero dizer que o dizimo foi criado para manter os levitas! E não para construir templos, abrir igrejas e fazer missôes ! O dizimo era para outros propósitos, levitas, orfãos e viúvas ! Deuteronômio 14.24 a 27 – E quando o lugar que escolher o Senhor teu Deus para fazer habitar o seu nome, for tão longe que não os possa levar, vende-os e ata o dinheiro na tua mão, e vai ao lugar que escolher o Senhor teu Deus e compre tudo o que a tua alma desejar, e come ali perante o Senhor teu Deus, e alegre tu e tua casa. Porem, não desamparará ao levita que está dentro das tuas portas e não tem parte e nem herança contigo.
      Sou músico na casa do SENHOR!lévita na linguagem de hoje ! Não sou dizimista e por não fazer tal coisa nâo tenho nenhuma maldição sobre a minha vida como pregam muitos ! pelo contrario sou muito ABÉNÇOADO por DEUS ! Não sou rico mais tenho tudo que preciso ! se fosse depender de dízimo pra ser ABENÇOADO eu séria o mais miséravel dos homens ! pregar malaquias e anular o sacrificio de CRISTO e da nova aliança! Oferte em sua igreja aquilo que você pode ! pare de pensar que não dizimando você ira para o inferno! JESUS pagou o mais alto preço por nos! Preço de SANGUE! Leia a BíBLIA pois e ela a fonte de todo conhecimento! Que DEUS vos abençôe!

      Curtir

    • pauloleite
      08/12/2010

      sou cristao catolico pago o dizimo fielmente sem interesse de melhorar de vida o meu objetivo é a evangelizaçao quem paga o dizimo dá condiçoes de a igreja evangelizar, abraao pagou o dizimo a melquizedeque sacerdote do Deus altisimo, eu só sei dizer q depois de alguns anos fui almentando a contribuiçao no dizimo pois a minha renda triplicou para a minha surpresa eu espero sempre no senhor e ponho toda minha confiança em meu Deus e senhor nao nas coisas deste mundo pois tudo passa, nao me conformo com este mundo o meu objetivo é ter tesouros no ceu onde as traças nao roem e nem os ladroes nao roubam amem,

      Curtir

      • julimar moraes
        08/10/2011

        Abrão pagou a Melquizedeque o dízimo dos despojos da aldeia com a qual ele entrou em batalha e ganhou, ele não deu nada do que já era dele, e outra coisa esse chamado dízimo que Abrão deu, foi por que era costume dessa tribo que depois viria a ser Israel, que se desse o dízimo dos despojos de guerra a pessoa mais antiga da família que no caso de Abrão era Sem filho de Noé também chamado de Melquidezeque. D´us não havia ainda dado a ordenança do dízimo para as 12 tribos de Israel, já que elas ainda nem existiam.

        Curtir

      • Paulo Jurley
        04/10/2012

        é, mais que vc gostou de ver seu salário triplicando isso vc gostou, é ainda deu uma pequena relacionada com o fato de dar o dízimo.

        Curtir

    • Jose Jovino Martins
      11/12/2010

      Estou ciente de suas declarações e avaliso tambem suas palavras pois penso assim.Sou Evangelista de uma Denominação Evangelica pentecostal,porte gde,na capital de goiania go,mas vivo afadigado,aborrecido,com o que vejo em nosso meio, parei inclusive de dar o dizimo – prefiro entregar as viuvas ,estrangeiros,pobres , ou irmãos que sinto no coração em ajuda-los.Poia ainto me bem semear com generosidade 2º CO 9.7 – Deus lhe abençõe.prefiro Igreja nos lares.

      Curtir

      • hipocresia
        25/07/2015

        parabens, fez o certo !

        Curtir

    • Gilson de Oliveira
      03/09/2012

      Talves vc fez este comentario sem conhecimento de causa… Estou a 23 anos no ministério, e não dependo financeiramente disso, porque sou empresario, porém, vejo que uma minoria tem a conciencia da responsabilidade da manutenção financeira da obra de Deus na terra, conste as diversas orientações dada a traves de estudos sobre MORDOMIA CRISTÃ. Se chegar a 30% de fieis na contribuição é muito, esta é a realidade das igrejas verdadeiras e não das manipuladoras que pede o “SEU TUDO ” e as que ain da dizem, ” TEM FÉ PRA DAR MIL ??? ” O dizimo foi antes da lei,m durante a lei e bem aceito na graça, e como regra equitativa fica facil de se contribuir com a mentalidade voluntaria e desencargo de conciencia referente a quem deu mais ou quem deu menos… pois indiferente do valor, 10% é equitativo para todos, e ao menos, na congregação que frequento, ninguem é obrigado a contribuir, se faz liberalmente… Querer mudar esta regra, é abrir uma grande controversia entre os fieis e até mesmo, motivo de disputa de poder ” eu dei mais…” e o que não pode, se sentirá constrangido. Pense nisso. O DIZIMO CONFORME O ESTABELECIDO NA BIBLIA AINDA É A MELHOR REGRA DE CONTRIBUIÇÃO CONHECIDA PARA A MANUTENÇÃO DA IGREJA. Paz e graça.

      Curtir

  3. Fabinho
    19/07/2009

    Como é triste as pessoas doentes e feridas com “doutrinas” humanas. Realmente ninguém é obrigado a dar nada para ninguem, mesmo o dizimo. Se as pessoas estudassem a Palavra de Deus aprenderiam que o dizimo foi dado primeiramente por Abrãao que existiu antes da Lei. E seu dizimo foi um ato de agradecimento e nunca por pressão.
    Dizimo nao é lei minha querida, é gratidão e dar quem quer.
    Vamos ler mais a Palavra de Deus!!!

    Curtir

    • Estrangeira
      19/07/2009

      Fabinho, obrigada por comentar! Realmente há muitos feridos por doutrinas humanas, e só a Palavra de Deus para nos livrar dos enganos que nos aprisionam numa religiosidade vazia. Fique na Paz!

      Curtir

  4. Maxmiler Freitas
    21/07/2009

    Gostei muito do artigo, graças a Deus ja havia aprendido isso com um grande homem de Deus. Só não gostei quando vc disse que não está frequentando nenhuma igreja. É triste, mas não sei seus motivos e nem me compete sabê-los.

    Fique com Deus!

    Curtir

    • Estrangeira
      21/07/2009

      Oi, Maxmiler! Obrigada pelo comentário… sobre sua tristeza em eu não estar congregando numa igreja, tb é minha tristeza, e sobre isso eu falarei no próximo artigo, tá?

      Fique na Paz…

      Curtir

  5. Eli Soares
    27/07/2009

    O Dízimo, no AT divide-se em duas categorias.
    1. O Voto, como foi o caso de Abraão que deu o dízimo de tudo q conseguiu em uma campanha militar a Melquisedeque;
    2. A Lei, que OBRIGAVA os ISRAELITAS a trazerem anualmente 10% da produção de SUAS FAZENDAS aos LEVITAS.

    O texto de Malaquias é erroneamente usado pelas igrejas de hoje como doutrina para o Dízimo, visto que o profeta refere-se ao Dízimo Lei, aplicado somente aos judeus.

    Nos dias atuais, o Dízimo deve ser entendido como um VOTO PESSOAL, em forma de gratidão a Deus por tudo o que tem feito, mas nunca deve ser tido como OBRIGATÓRIO.

    Nao sou dizimista mas depois de ler a Bíblia senti de Deus de fazer este Voto a Deus para beneficiar sua obra, mas não o farei obrigado, o farei com amor e com alegria, como a Palavra ensina.

    Estrangeira, faz-se necessário a comunhão com outras pessoas na fé, a fim de que possamos compartilhar experiencias, alegria e choro.

    Você é muito útil para a Igreja de Cristo, seu conhecimento da Bíblia não é vão, mas é Dom de Deus para uma missão específica.
    A Igreja precisa nesses últimos dias de novos Martinhos Luteros, que digam a verdade e sofram a pena.

    Deus te Abençoe!

    Curtir

  6. synthia
    13/08/2009

    oi querida,estou com o coração triste com sua ferida,acho q já sei até qual foi essa igreja q fez isso,acho q foi a universal,pois é bem da cara deles fazer de Deus comercio,pois exige dos irmãpos até as tripas se for o caso,isso vc pode ter certeza q Deus não se agrada disso,do q eles fazem com o seu santo nome,e tantas outras q fazem o mesmo com o nome de Deus,como vc mesmo disse eles se apegam tanto a isso q esquecem dos outros mandamentos q são tão importantes como o dizimo,como guardar o sábado,que muitos não aceitam,porque dizem q isso foi abolido,que isso faz parte do velho testamento,mais o dizimo também está no velho testamento,a igreja certa está aquela q aceitam e guardam os 10 mandamentos,sem tirar nem acrescentar o q a biblia realmente fala,oro a Deus pra ele curar sua ferida,ele concerteza está muito triste com sua tristeza,e ele te ama,e vai provar o amor Dele a vc,não se afate dele,nem dos seus mandamentos,e não se apegue tanto a questão do q está sendo feito com os dizimos,o q importa é q sua parte vc está fazendo e Deus vai jugar todos aqueles q usam o seu nome injustamente pra conseguir bens,e o dizimo não é troca,vc dar q vc consegue isso,Deus não é mercadoria,não é troca,suas bençãos vão vim em consequencia da sua fidelidade com Deus,fidelidade,no amor a Deus,ao proximo,a sua obediencia as suas leis e mandamentos,queria muito conversar com vc particulamente,pelo msn,se vc quiser me add no seu o endereço é o mesmo do email,que Deus te abençõe,e que vc possa procurar a igreja certa pra não aumentar mais ainda suas feridas,pois vc está certa em certos pontos e erradas em outros,e isso é consequencia da escolha de uma igreja errada que ensina a doutrina de Deus da forma errada,a igreja certa é aquela que se baseia integramente na Biblia,e que tudo está claro na Biblia,e guardam os seus 10 mandamentos e não 9 ou 8 como a maioria.bjs,me passa o seu email

    Curtir

    • Estrangeira
      16/08/2009

      Oh, Synthia, obrigada pelo seu comentário e sua preocupação para comigo! Na verdade não passei pela IURD, passei por 2 igrejas pentecostais e 1 tradicional reformada, mas na verdade a questão da obrigatoriedade do dízimo e da doação de tudo o que se tiver como oferta é algo incorporado por muitas denominações, não só pela IURD, infelizmente. No Novo Testamento tem-se as contribuições voluntárias, não a obrigatoriedade do dízimo, como é pregado hoje em dia. Se tivermos que cumprir todas as leis do AT, sendo essa a desculpa para a obrigatoriedade do dízimo, então temos que voltar a sacrificar bodes de expiação, ovelhas, pombinhas, levar oferta em porções de flor de farinha, etc. Temos que voltar a ter o sábado como dia do Senhor, não o domingo, pois nos 10 mandamentos Deus disse que o sábado é perpetuamente o dia do Senhor. Fora os adventistas, não conheço outras igrejas que guardam o sábado. Entende, irmã, que as igrejas só cumprem as leis que lhe são favoráveis? O dízimo é bom, é a fonte de arrecadação, então vamos dizer ao povo que é obrigatório, vamos dizer que o que Deus disse aos sacerdotes em Ml 3 na verdade Ele disse para o povo (se lermos todo o capítulo, não só o versículo 10, veremos que aquilo não se aplica a nós, é mais uma vez o uso de um versículo fora do seu contexto para manipular as pessoas). Não sou contra as contribuições, inclusive sou favorável a se dar mais do 10%, se possível, para ajudar nas obras missionárias e de ajuda aos necessitados das igrejas. Ocorre que as igrejas não ajudam mais os necessitados, todo o dinheiro arrecadado vai para a construção de novos templos e, muitas vezes, para a compra de coisas para seus líderes. O escândalo da IURD está aí para comprovar, porém se houvesse uma fiscalização em todas as igrejas, muitas poucas escapariam infelizmente. Meu email está no link do site “fala que eu te escuto”, vamos papear irmã!

      Fique na Paz!

      Curtir

  7. Rogério
    19/08/2009

    Só lembrando, Abraão dizimou dos despojos da guerra, e isso foi só uma vez. Não existe nenhum outro relato onde ele tenha voltado a Melquisedeque (ou em qualquer outro lugar/pessoa) para dizimar da sua renda. Será que ele deixou de ser grato? Será que ele estava deixando de fazer a vontade de Deus? Será que ele estava roubando Deus?
    O dizimo evangélico é baseado em malaquias, para provar isso, leiam o versículo que estampa os famigerados envelopes de suas igrejas.
    Se a igreja precisa aterrorizar seus membros com malaquias para consiguir manter suas portas abertas, significa que essa igreja não está no coração de seus membros.
    Não dizimo mais, não estou debaixo da maldita lei. Antes, o que eu faço, faço com amor e antes que me perguntem se é mais ou menos que os 10%, a quem isso interessa já que a oferta da viuva superou as demais? Ela deu 10%, 50%, 100%?
    O que realmente importa é o que sai do coração.

    Curtir

    • Estrangeira
      20/08/2009

      Oi, Rogério, obrigada por seu comentário, que um dia todos os líderes possam ter esse mesmo entendimento, deixando assim de colocar esse falso jugo sobre os membros.

      Fique na Paz!

      Curtir

    • Gilson de Oliveira
      06/10/2012

      Imagine se fosse escrever todas as vezes que Abraão dizimo, teria que ter uma Biblia só pra isso intitulada: A BIBLIA DOS DIZIMOS DE ABRAÃO. Conste ilustre, que tem muitas coisas na Biblia, escrita uma só vez, como base de fé… e o fato de não relatar outros acontecimentos semelhantes, não anulam o ensino deixado… EX: ORAÇÃO DO PAI NOSSO – Oraremos apenas dessa forma ? Não…serve apenas de orientação… LEIA: ” Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.
      Mateus 23:23″ O que o mestre quiz dizer ? deveis fazer estas coisas = dizimar a hortelã, o endro e o cominho / e não omitir aquelas = o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; /// Conclusão: Se tivesse que anular o dizimo, aqui seria a grande oportunidade do MESTRE faze-lo, porem, não anulou, enfatizou DEVEIS FAZER ESTAS COISAS… Só quem ñão quer é que não ve esta verdade… Paz e graça a todos. [editada propaganda de faculdade de teologia não reconhecida pelo MEC – achamos perda de tempo e de dinheiro fazer teologia sem reconhecimento pelo MEC] Abraços

      Curtir

  8. dalidaloren
    31/08/2009

    Abel deu o melhor porque quis. Abrão dizimou(pelo que li somente uma vez)depois de buscar Ló.Deu 10% porque quis, dos despojos de guerra, e os 90% deu ao rei de Sodoma.Jacó fez um voto voluntário ao Senhor que dizimaria se Deus o suprisse(só tem um registro a respeito do dízimo do patriarca Jacó). Na lei havia três dízimos: aquele que sustentaria os levitas, o dízimo dos dízimos que sustentaria o sacerdote, e os dízimos festivos, quando se bebia bebida forte e o próprio dizimista comia dele juinto com levitas e pobres.Jesus não instituiu o dízimo. Ele viveu sob a Lei Mosaica, e a cumpriu.Em Mt 23.23 ele está se dirigindo que deveria cumprir também a Lei. Quando veio o Pentecostes. começa a história da Igreja. Estamos na graça.No principio os cristãos davam tudo o que tinha e os apostolos repartiam para todos.Este comunismo, com o passar do tempo não deu certo. O apóstolo Paulo manda contribuir segundo o coração de cada um. Estamos na GRAÇA, o Espírito também nos dirigi aonde, quando e quanto devemos ofertar ao Senhor. Na minha opinião, os pastores deveriam trabalhar, deixando o dinheiro para o sustento dos missionarios. Quantos obreiros(diáconos, presbíteros e outros irmãos de sapatos furados trabalhando na obra)passando necessidades eu vi. Sou cristã, mas quanta coisa errada tem sido ensinada no púlpito. Muita perda de tempo em festividades e outras baboseiras. Poucos saem a rua frequentemente para evangelizar. Precisamos mudar a nossa visão. Todos deveriamos estar na rua avisando o povo da segunda volta de Cristo.

    Curtir

  9. dalidaloren
    31/08/2009

    Outro dia uma irmã missionária veio me orar e me disse que sem dinheiro não tem obra de Deus. Eu sei que o dinheiro é necessário, mas por outro lado eu disse a missionária que o apóstolo Pedro , no dia de Pentecostes, ele ganhou para Cristo 3000 almas sem estar num megatemplo, sem bateria, guitarra, microfone…Os dois apóstolos que ordenaram que o paralítico e mendigo, se levantasse e andasse em nome de Jesus na porta formosa, diziam não ter ouro e nem prata, mas tinha muito mais poder que temos hoje. Não estamos tendo uma comunhão profunda com o Senhor. Precisamos buscar mais a face de Deus.

    Curtir

  10. dalidaloren
    04/09/2009

    Em Mateus 23.23, Jesus está mandando dizimar(endro, cominho, hortelã…)a quem deveria obedecer a Lei Mosaica,– o fariseu. Ele não estava falando com um dos seus discípulos. (correção do comentário anterior).

    Curtir

  11. Paulo
    07/09/2009

    Perca de tempo. evangelho não é religião!!
    evangelho é ter nascido de novo.
    e só vai entender qm nasceu de novo. coisas espirituais se discernem espiritalmente.
    abraços

    Curtir

  12. josé vicente de sousa neto
    09/09/2009

    Olá Vera,
    Gostei do seu post sobre o dízimo porque vem de encontro ao trabalho que estou realizando agora, justamente sobre o dízimo.
    O dízimo em dinheiro nunca existiu, nunca foi ordenado por Deus; o dízimo mensal também não é bíblico.
    O texto do livro de Malaquias, que é o favorito de 10 entre 10 pastores(ou padres, ou carismáticos, etc) diz que todos os dízimos devem ser trazidos à casa do Senhor; não fala em dinheiro. E no próprio livro de Malaquias está descrito claramente no que os homens roubavam a Deus.
    O que aconteceu, é que ao longo dos séculos alguns espertalhões encontraram supostas brechas nos textos bíbilicos para impor o dízimo aos seus semelhantes; ou seja, eles agiram como agem os advogados, que muitas vezes, mesmo sabendo que seu cliente é culpado, encontram brechas na lei para inocentá-lo.
    Quando dízimo e dinheiro se encontram na bíblia, como em Deuteronomio, 14:22-29 é justamente para mostrar que o dízimo não deve e não pode ser em dinheiro.
    Os defensores do dízimo dizem que é porque na época não havia dinheiro, sendo que o próprio texto bíblico cita o dinheiro; além disso, lá no Genesis, no episódio da venda de José, a bíblia nos diz que já havia uma moeda corrente que era o siclo de prata.
    O dízimo foi instituido por Deus, para ser destinado aos levitas; e os levitas, por sua vez, o dividiam com os mais necessitados.
    Dizem, ainda, que o dízimo em frutas verduras e legumes seria impraticável, hoje, mas é mentira. No continente africano morrem 6 milhões de crianças por ano, de fome…DE FOME!!!
    As ofertas, conforme determinação de Deus, devem ser voluntárias, em dinheiro, conforme o coração de cada um.
    Há alguns anos, durante um programa de rádio da igreja Deus é amor ouvi o “missionário” David Miranda dar o seguinte aviso: “Atenção irmãs que cuidam dos dízimos e das ofertas em todas as igrejas Deus é amor: O dízimo não deve ser gasto nas igrejas; deve ser enviado para a igreja-sede. As igrejas não precisam do dízimo para sobreviver, as ofertas são suficientes, e ainda sobra”.
    Pode ter certeza de uma coisa: Nesta questão ele sabia muito bem o que estava dizendo.
    Devemos dar ofertas na igreja, para o seu sustento; e esta oferta pode até ser maior do que o dízimo, mas devemos, sobretudo, dividir o que temos com os mais necessitados.
    Para terminar: Jeus Cristo deu o dízimo? e Paulo? e Pedro?
    Judas Iscariotes deveria dar o dízimo das 30 moedas?
    Há alguma passagem bíblica onde apareça alguém dando dízimo em dinheiro?
    Ainda no éden, o homem tentou enganar a Deus…

    Curtir

    • Gilson de Oliveira
      06/10/2012

      Ilustre José Vicente… Não se trata do dizimo em dinheiro ou em vegetais ou animais… e sim, da atitude equitativa de contibuição ( 10% para todos de tudo ) Naquele tempo a maioria das negociações era feitos em base de troca de mercadoria, tipo, troco uma caixa de alface por meia duzia de galinha (apenas exemplo ) então, quase não circulava a moeda, o dinheiro… Então não tinha como dar dizimos em dinheiro… Isso aconteceu com Ananias e Safira, em Atos, que trouxeram em dinheiro e ainda faltando e sofreram um juizo drastico e pouco discutido por vcs, anuladores de dizimo. Hoje, vc recebe o teu salario em vegetais ? em animais ? Não…recebe em dinheiro…os tempos mudaram… então não se paga luz com galinha, nem agua com porco, nem carnes de compra com cavalos e camelos e sim com DINHEIRO… e p q deveria ser diferente no dizimo em dinheiro na atualidade, se o certo é dar o dizimo do que ganho ? Uma pessoa ganha 10 galinhas e leva uma de dizimo. ERRADO ? Não, corretissimo…E se ela vendesse a galinha por preço justo e em lugar da ave, trouxesse o dinheiro correspondente ao seu valor, ERRADO ? Não…correto, p q foi justo…apenas a substancia do dizimo foi mudado e não seu valor e nem sua atitude. Postei em algum lugar aqui, explicações melhores sobre o dizimo. Caso esteja interessado, procure ou me escreve. Te enviarei…Tenho tudo guardado aqui em uma pasta…Além do mais, pode receber um estudo completo em MP3 é só pedir pro email proliver@hotmail.com e se quizer pode fazer o curso de teologia a distancia pela [editada propaganda de faculdade de teologia não reconhecida pelo MEC – nós indicamos cursos de teologia reconhecidos pelo MEC] Abraços

      Curtir

  13. josé vicente de sousa neto
    09/09/2009

    Oi Vera,
    Ainda sobre o dízimo:
    Todos nós sabemos que o dízimo foi ordenado por Deus para ser destinado aos levitas.
    Sabemos também que nunca foi em dinheiro.
    Ora, se Deus diz em Malaquias, 3:6 “Porque eu, o Senhor, não mudo…” quero deixar aqui a mesma pergunta que fiz ao Leandro Quadros da TV novo tempo:
    Se Deus não muda, se ele ordenou o dízimo e se o dízimo não era em dinheiro, quando foi, então que Deus mudou sua ordenança? e se o fez, foi através de qual profeta?
    Deus por acaso disse: “Quando não houver mais levitas sobre a terra o dízimo passará a ser mensal, em dinheiro”.
    Alguns espertalhões dizem que ainda há, sim, levitas.
    então quero perguntar: quem cobra, e caro, pra fazer show, é levita? empresário, é levita? quem ambiciona ganhar o grammy, é levita? quem precisa imitar cantor famoso para louvar a Deus, é levita? Quem não divide o que tem com os mais necessitados, é levita?

    Curtir

  14. josé vicente de sousa neto
    09/09/2009

    Oi Vera,
    Aprendi há algum tempo que o mal não se manifesta como mal, porque se fosse assim, seria muito fácil ficar longe dele.
    Na verdade, o mal se utiliza de sutilezas e sofismas. Sofisma, para quem não sabe, é uma mentira que parece verdade.
    Mas eu queria falar sobre a esposa do jogador kaká, que veio na televisão e disse que Deus, em plena crise mundial, colocou o dinheiro nas mãos dos dirigentes do Real Madrid, para que eles pudesse contratar o kaká.
    Pergunto, então: O que aconteceu no caso de Cristiano Ronaldo, que é católico(portanto, com grande chance de ser um praticante da idolatria) e que foi contratado depois do kaká e por quase o dobro do valor?
    Sofismas…sutilezas…Nunca devemos atribuir a Deus algo que não tenhamos certeza de que ele o fez.
    Era isto que Deus considerava abominável, em relação aos profetas do velho testamento.

    Curtir

    • Estrangeira
      13/09/2009

      Oh, José, quanto engano em nome de Deus é essa questão dos dízimos… como você disse, quem nos dias de hoje é levita? E mesmo se fosse realmente descendente da Tribo de Levi, não estamos na Graça, com acesso de Deus possível a todos, não apenas aos sacerdotes do templo?

      A esposa do Kaká é como o marido: são um casal de riquinhos desde o berço, mimados desde sempre pelos Hernandes, que sabendo do poten$$$$$ial dos dois os doutrinaram em seu falso evangelho. Daí os coitados vivem num mundo de Alice gospel, eles mesmo enganados sobre sua situação perante o Pai. A mulher do Kaká só reproduziu em sua fala o que aprendeu dos Hernandes. Temos que orar por eles, pois parecem cristãos sinceros, porém vítimas do engano, assim como grande parte da igreja.

      Muito bom seus comentários, continue escrevendo sempre!!! Fique na Paz…

      Curtir

    • Sergio
      24/11/2009

      Tenho uma palavra da parte de Deus sobre isso:

      =========

      Quando durante o jogo fatal do Brasil com a França, o Espírito Santo me fez permanecer no quintal da minha casa.
      Há tempos que havia deixado de assistir futebol e eu era muito praticante desse esporte.

      Então, no quintal, estava ali meditando, mas havia um terrível incômodo no espírito e, em dado momento o Espírito Santo me levou a fazer a seguinte oração:
      ” Em nome de Jesus, essa sujeira do “mundo do futebol” que tem entrado na Igreja Evangélica, seja repreendida e, os movimentos de Igrejas que estão se envolvendo com essa Copa, perdendo a posição de Igreja, sejam repreendidos em Nome de Jesus Cristo.”

      Ao encerrar a oração o Espírito Santo falou: ” O Brasil vai perder. ”
      Em seguida perguntou-me: ” O Kaká deixaria tudo para me servir? ”
      Permaneci meio com o coração apertado considerando a pergunta, mas o Espírito Santo completou: ” Certo que não. ”

      E a Igreja Renascer em Cristo e outras promovendo um “grande erro”, alimentando o pecado para dentro e fora da Igreja com montagem de telões … etc … etc … centralizando o “ídolo” Kaká.

      Fiquei muito triste diante de toda essa verdade e sabia que: Se o Espírito Santo disse, iria acontecer.
      A Igreja idólatra e cega, perdida como o mundo, alimentando o erro em favor de satanás.

      Continuei no quintal, adorando e orando e, sentia no ar o peso de um “mundo perdido” pelo seu próprio fascínio.
      O pior: A Igreja se perdendo junto da perdição. Mas Deus iria entrar com a providência e quebrar o maldito fascínio.

      Depois soube da notícia: O Brasil perdeu.

      E Deus estava ali, o Dono de tudo estava comigo no quintal da minha casa, entretanto, o mundo e a Igreja, distraídos e fascinados com outra coisa … perdidos …

      Continua o texto no site:

      http://www.blues.lord.nom.br/mensagens-biblicas-evangelicas/mensagem-biblica-pagina-04.shtml#msg_biblica_faa_022

      Curtir

      • josé vicente
        24/11/2009

        Caro Sérgio,
        A igreja renascer já mostrou a que veio há muito tempo.
        Não há dúvida de que todos estes apóstolos, bispos, bispas, pastores e pastoras serão julgados conforme as suas obras.
        Um conselho, porém, quero te dar: Não peque contra o Espírito Santo, pois não há perdão.
        Todos sabemos que o Espírito Santo de Deus jamais se preocuparia com futebol.
        Ao agir desta forma, você está sendo muito mais nocivo do que aqueles a quem você critica.

        Curtir

  15. josé vicente de sousa neto
    11/09/2009

    Bom dia,
    Reconheço que nos meus momentos de indignação tenho criticado duramente alguns líderes de igrejas, mas daqui pra frente vou evitar ao máximo; primeiro, porque estas pessoas são totalente impermeáveis a qualquer crítica segundo, porque eles não têm a menor intenção de mudar, e terceiro porque ninguém vai dar atenção a um desconhecido insignificante.
    Isto posto, quero me dedicar aos temas bíblicos importantes para todos nós, o que a meu ver é um caminho muito mais proveeitoso.
    Já falei sobre o dízimo, mas quero falar de novo; insisto em dizer que o dízimo, além de não ser bíblico, não é necessário para manter a igreja. Seria bom que se divulgasse mais Deuteronomio, 14:22-29, que não deixa a menor dúvida sobre o que era e, sobretudo, para quem era destinado o dízimo; não o dos homens, mas aquele estabelecido por Deus.
    Aliás, eu nunca creria num Deus que, mesmo sendo o dono de todo o ouro e de toda a prata, quisesse dez por cento do meu salário.
    O Deus que eu creio, certamente quer que eu congregue com os irmãos com fé não fingida e comunhão sincera.
    Certamente ele quer que eu oferte voluntariamente para pagar as contas e manter o templo.
    E, sem dúvida, ele quer que eu divida o que é meu com os mais necessitados; ele quer que eu reparta o pão com o faminto, que eu acolha o desamparado, que eu vista o que está nú e que eu visite o preso e o doente.
    Simples assim. Amém.

    Curtir

    • Estrangeira
      13/09/2009

      José, discordo de você deixar de criticar líderes, se nós nos calarmos até as pedras clamarão, e nesse caso vai ficar feio para nós vendo as “pedras” fazendo aquilo para o qual fomos chamados…

      Fique na Paz, mas subversivo a esse falso evangelho sempre!!!!

      Curtir

    • Presbítero Sergio
      27/11/2009

      Ao José Vicente.
      Quando eu era “bobinho” e cego escravizado, pensave como você, pois, fui doutrinado, no início, pelos espíritos enganadores de falsos irmãos e falsos “espíritos santos”. Mas, fui progressivamente despertado pelo Espírito Santo verdadeiro para ler e meditar na Palavra de Deus. Então, parei de ser falso filho de Deus e falso irmão.

      Essas frases de efeito que o povo que se diz evangélico usa para apresentar sabedoria mas, na verdade, sendo tolos, tipo: “Não toca no ungido”; “Não fale mal do irmão”; Só Deus julgará”; “Tá amarrado”; enfim … tive de tomar essas e outras e interpretar diante da Palavra de Deus mostrando a grande farsa e hipocrisia que são, e, mais ainda, provando que são usadas para satisfação de satanás no meio de uma multidão cega e sem conhecimento de Bíblia.

      Se quiser perceber, a Bíblia julga o tempo todo.
      Essas argumentações de homem natural, do tipo: “nossa, controle sua indignação …!” não servem para nada, pois, no tempo dos apóstolos, eera normal enfrentar lobos e mercenários “na cara”, mas, levianamente, para a glória do diabo, os covardes se escondem e acusam quem quer enfrentar os lobos. ….

      No site tem o texto completo sobre: A poderosa doutrina evangélica das “frases de efeito”
      Eis o link:
      http://www.blues.lord.nom.br/livro-evangelico-estudos/Doutrina_das_frases_de_efeito_do_mundo_evangelico.pdf

      Ainda faço pouco, mas, sei que muito ainda farei e não serei conivente, conveniente e nem covarde, pois, muitos foram mortos e torturados por causa do nome do Senhor Jesus Cristo e, hoje em dia, os sábios segundo a carne, ainda querem matar com palavras e frases bonitinhas aqueles que combatem o bom combate da fé contra lobos e mercenários e falsos irmãos.

      Pergunta: Quem é nocivo? Todos que amam a verdade vão para a luz, quem não gosta da luz, continue nas trevas. Os enganados estão saindo dessas trevas “evangélicas” e reunindo em suas casas, com simplicidade e singeleza de coração, como no tempo do início da igreja.

      Quem é nocivo? Então, solta Barrabás e crucifica Cristo!!!

      Se o ladrão ou pedófilo espiritual quiser abusar de sua filha sem entendimento você fica olhando e dizendo: Deixa que Deus cuidará disso?

      Então, todos aqueles que piamente viveram para Deus, estão todos no inferno e os pecadores no céu!

      Diante da Palavra de Deus, Estrangeira, só posso responder assim …

      Curtir

  16. josé vicente de sousa neto
    11/09/2009

    Bom dia,
    Quando eu disse acima que o dízimo não é bíblico, estava me referindo ao dízimo mensal, em dinheiro.
    O dízimo continua bíblico, desde que seja como está em Deuteronomio e em outras passagens, e desde que haja levitas verdadeiros, e não de brincadeira.

    Curtir

  17. Jorge Eduardo
    12/09/2009

    Infelizmente as pessoas hoje são levadas a dar o dizimo ou por medo do devorador,ou para serem abençoadas.
    não é algo voluntario feito em amor,o constrangimento é real.
    O dar com um interesse,já é um erro,a benção é uma consequencia natural.
    Acredito que voçe ainda encontre um lugar onde possa congregar,e desfrutar da verdadeira comunhão dos santos.
    não deixe de acreditar na Igreja, Igreja no singular,pois no plural os homens que inventaram. que o senhor te abençoe minha amada.

    Curtir

    • Estrangeira
      13/09/2009

      Oh, Jorge, obrigada por suas palavras… espero em Deus por essa Igreja na qual poderemos congregar com liberdade e liberalidade (sim, pois o não ter que obrigatoriamente dizimar não significa vontade de ajudar na obra de Deus), sabendo que as contribuições não servem apenas para manter e aumentar o prédio, mas principalmente para abençoar as vidas ali reunidas.

      Fique na Paz!

      Curtir

  18. Sidney Rosa
    16/09/2009

    É abençoada, eu fico imaginando sobre a enfermidade da Igreja, que se diz do Senhor na terra, pois vejamos, além desta questão de só pensarem e pedirem dinheiro, para proveito próprio, haja vista, os líderes terem do bom e do melhor, e os membros padecerem necessidades. Agora elegeram o adultério, como o grande pecado, então basta qualquer fumaça de adultério, para se disciplinar, não permitir cear, etc… Mas me pergunto, porque então, os mexeriqueiros, os mentirosos ceiam. As “igrejas” hoje, se tornaram feudos, que nunca saem das mãos da “família”. Já cansei de ver a igreja arrecadar a cada culto, muito dinheiro e observar irmãos que nem sabem como irão almoçar no dia seguinte. Hoje, observamos que a dita “igreja do Senhor” não vive o amor, como viveu a Igreja Primitiva. Peça aos grandes líderes para venderem tudo o que tem, para repartir para todos os necessitados. Sabe varoa, que Deus continue te abençoando, mas confesso que o meu sonho é juntar todos os “revoltados” e criar a Igreja Primitiva, aquela onde tudo era de todos.

    Curtir

    • Estrangeira
      20/09/2009

      Sidney, sabe que seu sonho não está longe de se tornar realidade? Pelo menos uma coisa a internet tem de bom: de nos dar a chance de, mesmo provindos dos cantos mais longíquos, termos acesso uns aos outros. Sem querer, congregamos na Igreja Primitiva Ponto Com.

      Fique na Paz!

      Curtir

  19. Cláudio Neto
    21/09/2009

    Paz, Vera.

    A uns três ou quatro meses atrás tive acesso ao estudo sobre dízimos publicado no Blog Bereianos, o que me ajudou muito a entender essa questão. Fiquei surpreso com a sua história. Nunca tinha lido um texto sobre dízimo baseado no ponto de vista de uma pessoa que já passou dificuldades só prá se manter uma dizimista fiel. Afinal de contas, como dizem por aí, se você for fiel, Deus será fiel contigo. Mas, o que acontece em caso contrário? Dizer isso significa dizer que se eu não for fiel Deus deixará de ser fiel? Percebe quão absurdo é o dízimo praticado hoje nas igrejas? Essas e outras desculpas são usadas para que a igreja continue a colocar instrumentos de alta tecnologia em seus templos, colocar bancos mais confortáveis, pagar melhor seus pastores, etc. Agora resolveram instalar na igreja que frequento um sistema de refrigeração. Nem sei direito como funciona aquilo. Só sei que quando está calor o brinquedinho liga algumas hélices e lança uma brisa molhada sobre as pessoas. Caraca… isso é lamentável… Quantos membros da igreja passando necessidades e os lideres se preocupando em modernizar os cultos! Quantos são aqueles que não tem dinheiro nem para a passagem de ônibus para irem a um culto… Quantas pessoas morrem de fome todos os dias…
    E quando um colega meu da faculdade perguntou prá mim (de forma inocente mesmo…) o porquê que nos envelopes de dízimos e ofertas tem um campo prá colocar o nome da pessoa e o valor que ela está contribuindo. Antes de eu responder ele deduziu que seria mais fácil para a igreja saber quem oferta ou dizima em maior quantidade, de modo que ela pudésse ser um pouco mais amigável com esses membros. Ou o que dizer da tentação de ver o seu nome estampado no quadro dos dizimistas fiéis, bem na entrada da igreja… Você não tem idéia de como eu tenho lutado prá me manter dentro da igreja ainda. São poucos os meus incentivos a isso. Saber que existem pessoas que estão sendo enganadas lá dentro. Saber que ainda existem pastores, lideres, etc. que até possuem uma boa intenção em seus atos, mesmo que esses atos estejam totalmente fora do contexto bíblico. Saber que se eu quiser mudar um sistema é necessário que eu esteja dentro dele. Saber que tenho amor ao evangelho e horror a essas anedotas que tem sido apresentadas às ovelhas. Enfim, ainda existem alguns motivos.
    Sei que você faz muito em pról do evangelho verdadeiro através do seu blog. Mas realmente gostaria muito que você estivesse dentro da igreja, fornecendo luz e direção às pessoas que estão lá, uma vez que essas pessoas podem estar passando pela situação que você vivenciou.
    Imagino que seja impossível prá você esquecer o que houve contigo. Porém eu oro prá que essas feridas deixadas em você venham a cicatrizar. E peço a Deus forças para eu também não desistir da igreja, uma vez que realmente entendo como você se sente.

    Abraços, no amor fraternal de Cristo.

    PS.: gostaria de pedir autorização para divulgar seu texto (junto com o link do blog) para algumas pessoas que creio que podem ser ajudadas somente em ler seu testemunho. Costumo mandar textos por email para alguns membros da igreja e quero compartilhar esse com eles.

    Curtir

    • Estrangeira
      21/09/2009

      Pr. Claudio, pode divulgar o texto sem problemas! Sobre voltar a congregar, esse tb é meu desejo, mas estou esperando em Deus, pois não quero entrar numa igreja, ficar alguns meses e, frustrada, sair e ir para outra. Acho até que minha definição de igreja está diferente do que vemos por aí, então fica mais difícil de encaixar… Mas, vamos que vamos!

      Fique na Paz!

      Curtir

      • Cláudio Neto
        21/09/2009

        Eu realmente te entendo. Minha definição de igreja também mudou faz tempo hehehe.
        Abraços.
        PS.: não sou pastor… (Pr. Claudio?????)

        Curtir

      • Estrangeira
        21/09/2009

        Putz, vc acredita se eu te disser que li no seu email pr. Cláudio, ao invés de tiu Kraudio? Aceita a profetada da mulher míope de Deus, irmão, receeeeeebeeee!!!!! 😀

        Curtir

  20. Sidney
    28/09/2009

    É amada utilizar o cheque especial para dar o dízimo não uma idéia muito inteligente não, eu já fiz isso, e entendi que Deus não quer sacrifício de nós.
    Eu já sofri muito, e ainda sofro por causa dessas coisas.
    Acha vista que a palavra de Deus diz: “cada um contribui conforme a sua prosperidade, não com tristeza, nem por ganância, pois Deus ama ao que dá com alegria”. Sendo assim quem dá do “cheque especial” dá por tristeza (necessidade) esperando ser abençoado, esta dando com a motivação errada, e quem dá por ganância também esta dando pela motivação errada, pensa o tal que pode “barganhar” com Deus? Deus não aceita barganha, pois Ele não vende benção!
    A motivação correta para dizimar ou contribuir é: Alegria, ou seja, gratidão por uma benção recebida. Então entendamos que primeiro temos que ser abençoados para depois contribuir. Não foi assim com Jacó quando fugia da casa de seu Pai e de Esaú seu irmão? Ele disse: “Senhor se me abençoares e fizeres prosperar e me fizer voltar a casa de meu Pai, de tudo que o Senhor me der te darai o dízimo”, naquele momento Jacó não tinha nada, ele quiz dizer que se alcançasse prosperidade então um dia ele daria o dízimo, se Jacó tivesse algo naquele momento que pudesse oferecer, será que ele o teria oferecido com alegria, com tristeza, ou com ganância?
    O fato é que após receber as suas bençãos e prosperar é que ele dizimou com alegria, não antes, nem poderia.

    Curtir

    • Estrangeira
      11/10/2009

      Sidney, infelizmente os pregadores não ensinam isso, ao contrário, te forçam a dizimar e a ofertar sob pena de maldições de gafanhotos devoradores (ora, mas gafanhoto come plantações, não dinheiro, né?), e muitos caímos nessa e fazemos todos os sacrifícios possíveis e impossíveis para manter a “mensalidade” em dia, mal sabendo que não estamos de forma alguma agradando a Deus, apenas engordando a conta da igreja e/ou de seus líderes.

      Só por Deus… Fique na Paz!

      Curtir

  21. Sidney
    28/09/2009

    Acabei de postar o comentário anterior e gostaria de deixar também o endereço do meu blog:

    http://ouveavozdaverdade.blogspot.com

    A paz do Senhor.
    Sidney.

    Curtir

  22. René
    06/11/2009

    Amada Estrangeira,

    A Igreja está sob a Lei: A LEI DA GRAÇA!

    Entendo perfeitamente tudo que você está externando aí neste texto e em outros. Também paguei muitos juros para não faltar com o dízimo, há muitos anos. Mas, a certa altura, o Senhor me revelou a verdade sobre o dízimo e, inclusive, escrevi um texto a respeito. Não tem a leveza da sua escrita, mas, caso você queira ler, está no endereço: http://kasteloforte.blogspot.com/2008/08/dzimo.html

    Quanto ao que lhe foi dito em um dos comentários, sobre não deixar de congregar, tenho certeza que este seu congregar virtual, deste momento, é completado com encontros, ainda que esporádicos, com pessoas que tenham o mesmo pensar que o seu. A partir disto, você já está na Igreja congregando e não precisa de alguma instituição para andar nas boas obras que o Senhor preparou de antemão para que andássemos nelas.

    A melhor notícia é que encontrei mais uma pessoa, das “sete mil que não dobraram seus joelhos a Baal”. Em breve o Senhor vai revestir esse pequeno exército com sabedoria, poder e intrepidez no Espírito Santo, para, não só resistir a esses perversos, mas também para livrar aos que caem em seus enganos.

    Continue firme e que a Paz do Senhor Jesus seja sobre você e sua casa.
    René

    Curtir

  23. Sergio
    22/11/2009

    Paz ao seu coração.
    Tempos atrás fui conduzido escrever um livro “Idolatria Evangélica” – Dízimos e OFertas, mais poderosos que Deus Pai e Jesus Cristo – para doação.

    Doei o material impresso e encadernado para pedidos que vieram de muitas partes do Brasil e alguns do exterior. Estou preparando a segunda edição para doação, também.

    Se desejar conhecer, em arquivo PDF, eis o link:
    http://www.blues.lord.nom.br/livro-evangelico-estudos/Dizimos_e_Ofertas_Idolatria_Evangelica.pdf

    Paz ao seu coração
    pb sergio

    Curtir

  24. Paulo de Tarso
    24/11/2009

    Graça e Paz!

    Vera, irmã em Cristo Jesus:

    Serei sinótico, se há algo que todas as denominações têm em comum é o dízimo, pode conferir.

    Laus Deo

    Curtir

  25. Pr. Oliveira
    04/01/2010

    Estimada irmã Extrangeira
    Compreendo tua frustação, pois passei várias, ao ponto de pensar em metralhar e bombardear certas igrejas…porém, o erro é dos homens e não de Deus.
    Acho que vc generalizou “as igrejas evangélicas “. Penso que como teve coragem de expor o artigo, deveria ter coragem de nome aos bois também…
    A igreja que vem denegrindo a imagem das evangélicas é a UNIVERSAL DO EDIR MACEDO…Não sei se foi o teu caso.
    Hoje em dia existe vários safados, mercenários, lobos disfarçados de ovelhas, roubando o povo usando a manipulação em massa… porém, penso que devemos ter muito cuidado, pois o que o inferno mais deseja, é que o cristianismo cai em descrédito, e que de preferencia, as igrejas evangélicas caiam em decadencia… O movimento dos SATANISTAS, estão empenhado nisto.
    Referente ao Dizimo, penso ser algo bem lógico e correto, indiferente da questão teológica.
    Pago clube, pago academia, pago faculdade, pago um monte de coisas, e porque não pagar algo, para a manutenção da organização religiosa.
    Nós humanos somos bem “cachorrões ” no tocante as coisas espirituais… Temos grana pra tudo, mas na hora de ajudar a igreja onde congregamos, arrumamos um monte de desculpas… Se o Pastor usar mau, problema dele com Deus. Voce fica investigando a vida dos outros administradores, onde voce paga outras coisas, como já foi citado acima ?
    Os 10% é lógico… um valor em porcentagem e não em cifra, algo que ao meu ver, é justo, pois normatiza a contribuição.
    Desculpe minha sinceridade, mas se deixar sem uma % estabelecida, nós, o povo, seremos injusto nesta area…
    Assistencia social ? com dizimos ? acho que não… Assistencia social deve ser feito com ofertas voluntárias…
    Eu sou dizimista, e tenho provado sim a benção da prosperidade na minha vida. Sou empresário de um pequeno negócio, porém, prospero. Depois que me trornei cristão verdadeiro e praticante, e fiel dizimista, tenho visto Deus guiar meu caminho de uma forma fabulosa. Tenho casa propria(linda) carro zero, chacará e uma vida economica muito equilibrada. Sou das Assembleia de Deus.
    Abraços

    Curtir

    • Pb sergio
      04/01/2010

      Que vergonha … este é o típico argumento barato dos falsos pastores do Cordeiro ….

      Se você tivesse coragem, “pr” Oliveira, se fosse um pastor da verdadeira igreja de Jesus Cristo, VOCÊ daria os nomes aos bois e, não faz porque é mais um … não é só Universal não … isso é desculpa dos assembleianos hipócritas e mercenários da fé ….

      A maçonaria evangélica está em alta … em dinheiro, somente em dinheiro e … .os escândalos assembleianos já estão aparecendo também … aqueles que estavam acima de qualquer suspeita ….

      Bom … deixa os fatos manifestarem e falarão por si ….

      Paz ao seu coração Estrangeira ….

      Curtir

      • Gilson de Oliveira
        07/10/2012

        Sr “PB” Sergio 1º O senhor demonstra um nivel baixissimo de sociabiliadde na tua forma de se dirigir a quem não conhece. 2º Quem falou em dar nomes aos bois, fui eu… e segundo o que tenho acompanhado, a igreja que mais deturbou a questão financeira no meio cristão, foi e é a UNIVERSAL, agora seguida da Mundial que vivem vendendo meias ungidas, colher de pedreiro ungida, etc… 3º Quando me julga, dizendo que sou “mais um”, se coloca na posição de juiz, em contraversão nesse caso Tiago 4:1 – Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de um irmão, e julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei; e, se tu julgas a lei, já não és observador da lei, mas juiz. /// e Romanos 14:10 – Mas tu, por que julgas teu irmão? Ou tu, também, por que desprezas teu irmão? Pois todos havemos de comparecer ante o tribunal de Cristo. /// Falar de algo comprovado é comentario, mas falar sem conhecer, é julgamento precipitado, que é teu caso referente a minha pessoa. /// Não estou preocupado com tua opinião sobre minha pessoa, pois errou de longe e quem esta em contraversão da palavra de Deus é o senhor e não eu /// No demais reafirmo que MUITOS DE VCS ESTÃO SENDO USADOS PELO DIABO, NA LUTA CONTRA A CONTRIBUIÇÃO FINANCEIRA E MANUTENÇÃO DA IGREJA… Comentam contra o dizimo, mas até agora não vi voces apresentando uma forma mais justa e mais funcional, de como manter a igreja. Tenho certeza que o senhor paga as empresas de luz, de agua, etc, sem reclamar… mas referente a igreja, fica aí com essa infantilidade espiritual, criando caso… OBS: Seja mais classico em suas colocações… quem planta colhe !!!

        Curtir

  26. Daniel Herrera
    10/01/2010

    Oi Estrangeira,

    Adorei seu artigo, concordo quase todo com ele, vou comentar aqui uma mescla de tudo que li:

    1) Dizimo não é da lei, pois abraão devolveu antes da lei;
    2) Dizimo como 10% foi apenas instituido como a mínima quantidade que deveriamos ter solidariedade com o amor ao próximo, é basicamente a mesma coisa do divorcio, por causa da dureza do coração do homem;
    3) “IGREJA” NENHUMA É REPRESENTANTE DE DEUS AQUI NA TERRA;
    4) 10% Também não é regra, é apenas uma referência para mostrarmos a Deus que tudo é Dele, que o deus do dinheiro não é senhor de nossas vidas, que Ele supre nossas necessidades, pois Deus ama a quem dá com alegria, pode ser 5%, 10%, 20%, …quanto você dispor em seu coração;
    5) Malaquias 3.10 NÃO pode ser usado para argumentar o uso do dízimo, pois foi em outro contexto;
    6)Logo, o ideal é a pessoa separar uma quantia mínima, como 10% (mostrando com isso que Deus é Senhor do seu dinheiro) e se a pessoa está numa comunidade séria, onde sabe para onde está indo o dinheiro dar uma pequena parte, e o restante doar aos necessitados, caso a pessoa não pertença a nenhuma organização “igreja”, como eu tb não pertenço, pode se utilizar esse mínimo de 10% na ajuda ao próximo, com instituição de caridade, alguém que esteja necessitado, algum parente, amigo, ou vizinho, que esteja numa pior sem dinheiro para o mínimo possível, ou alguma instituição de caridade séria.
    7) REFORÇO QUE “IGREJA” NENHUMA, é representante juridica de Deus aqui na Terra, portanto, temos que ser cristãos maduros e utilizar o que é de Deus com sabedoria e coerência.

    Segue abaixo um video ótimo sobre Dizimos e ofertas:

    Abraços!!!

    Daniel Herrera

    Curtir

  27. Marcia
    21/01/2010

    Oi, Vera Estrangeira.
    Gostei muito do seu blog e adicionei ao meu também.
    Percebo que você pensa que nem eu a respeito do dízimo.
    Nos tempos em que eu dizimava, também não desfrutei das “bençãos da janela do céu”. Em 2008, graças a Deus, me libertei deste ensino pedindo perdão a Deus por isso e, digo pra você, comecei a ter prosperidade financeira depois desta decisão.
    Hoje também não frequento uma igreja evangélica por medo de dizimar e desobedecer a vontade de Deus.

    Que Deus te abençoe.

    Curtir

  28. Dagoberto Costa
    09/02/2010

    Glória a Deus pela Internet. Finalmente aparecem irmãos e irmãs que seguem fielmente a Palavra em vez dos pastores pop star! Excelente o artigo. Ele jamais seria publicado na midia do mundo nem nos boletins da mega hiper Igrejas.
    Não se cale! Precisamos da VERDADE!

    Curtir

  29. GILSON DE OLIVEIRA
    10/02/2010

    por favor, não publicar a anterior
    publique esta, que esta corrigida…Obrigado.

    Sinceramente, fico estarrecido diante da má interpretação, por parte da maioria, referente ao DIZIMO.
    Temos diversos Pastores abusando da fé do povo, principalmente os da IURD e seus XEROX, assim como temos também muitos cristãos mal informados e alguns que até aproveitam a oportunidade para arrumar desculpas para não dizimar.
    Segundo regra econômica administrativa, não existe formula mais justa, do que estabelecer contribuição coletiva, através de porcentagem fixada, em cima da arrecadação de cada membro do grupo, seja de igreja, ou outra ordem filantrópica, pois, ninguém poderá dizer que deu mais ou menos do que ninguém… é o caso do DIZIMO.
    Acho incrível ver pessoas, querendo criar uma nova interpretação ou doutrina, referente a forma de manutenção das igrejas. Sou empresário, e minha empresa se mantém através das contribuições ( pagamentos ) dos clientes, pelos nossos serviços prestados.
    Cliente que compreende a necessidade da minha empresa e necessita dos nossos serviços, não discutem, dizendo que o valor pago, esta custando 30% ou mais dos seus salários mensais. Simplesmente pagam… Eu pago um absurdo pra Eletro ( Luz ) e um absurdo para Sabesp ( água ) e não reclamo… Afinal, preciso que estas empresas funcionem… Vamos pedir a toda população que deixem de pagar estas empresas… O QUE ACONTECERÁ ? Ficarão sem serviços e as empresas terão que deixar de existir…
    Penso que o cão ( capeta ) quer ver as igrejas fechadas… Vamos ser lógicos… Igrejas têm gastos ( luz, água, salário de seus funcionários ) e precisa funcionar, porque, não encontramos alimento espiritual na boate, na lanchonete, no bar da esquina… é na igreja.
    Tentamos formar grupos em lugar de igreja… sabe o que aconteceu ? No final virou igreja…rsrsrsrs
    Acabamos tendo gastos… Se queríamos um líder 100% tivemos que dar a ele um salário ( a final, diz na bíblia, que o obreiro é digno do seu salário ) Nosso Pastor, trabalhava na TV GLOBO com 20 salários mínimos, deixou tudo pela obra e hoje recebe 10 salários mínimos… Graças a Deus podemos paga-lo com alegria… Tem traficantes de armas e drogas, ganhando mais do que ele, ou do que as pessoas honestas que trabalham dignamente.
    DIZIMO é uma forma justa de manutenção da igreja.
    Penso que levantar questões contra, só por ter vivido frustrações pessoais, não resolve o problema… ao contrário, cria outro pior e digamos que por causa destes argumentos contra o dizimo, todos deixamos de dizimar e as igrejas viessem a sofrer detrimento, quem seria tido como culpado diante de Deus ?
    Dizer que Deus prove sem precisar dos homens é uma afirmação desprovida de informações… Deus sempre usou os seres humanos, como instrumentos para a propagação de seu reino. Nós somos os dispenseiros do reino… Os anjos gostariam de estar no nosso lugar. Deus poderia salvar Noé e sua família, dando a eles capacidade de respirar como peixe, debaixo da água…rsrsrsrs…Mas preferiu dar a eles a missão de contribuir com o plano…Contribuíram com obras materias…construíram a ARCA. Porque Deus não fez aparecer a ARCA ? Nós devemos ter responsabilidade com o Reino… Tem coisas que Deus faz pelo homem, mas tem coisas que o homem tem que fazer para Deus.
    DIZIMO é gratidão e também é uma forma de cada um, de forma equitativa, apoiar o avanço das igrejas na terra.
    Se os líderes usam mal, terão que render conta diante de Deus. A nossa parte, temos que fazer.
    Minha filha, esta fazendo a FACU, ela paga 50% do salário que recebe…Se a FACU fosse igreja, talvez estivesse sendo criticada né ? Como será que eles usam o dinheiro arrecadado ? Vocês criticam as Facu ? as empresas que cobram valores exorbitantes ? Não né ? engraçado né ?
    PESSOAL, TA NA HORA DA GENTE PARAR DE GUERREAR CONTRA O REINO DE DEUS !!!
    Minha empresa dava 10% hoje estamos dando 30% com alegria e quero chegar a dar 50%…
    E aí ? tem alguma idéia mais justa para apoiar as igrejas ?
    Vai formar uma nova linha de pensamento e ordem administrativa ? Será que o exemplo da igreja primitiva não serve ? será que Deus errou no calculo ? Se os dizimo serviu pra Israel nação, porque não servirá para o Israel enxertado que somos nós os gentis ?
    Estou aberto para bate papo.
    AH ! Os satanistas estão fazendo conjuros para cegar a mente dos cristãos, e diminuir a economia das igrejas, para que elas fechem as portas… QUE PODEREMOS FAZER CONTRA ESTE MAU ? Falar contra o dizimo estar contribuindo com as igrejas ou com os satanistas ?
    Espero que a dona deste blog, seja honesta suficiente para publicar este meu comentário…
    Abraço fraterno.
    TGB – Transportes Marítimos

    Curtir

    • Caro Gilson,
      Quero fazer algumas considerações sobre seu comentário:
      Igreja que é regida por regras administrativas e economicas, não é igreja, é ponto comercial. A igreja deve ser regida pela palavra de Deus.
      Você diz que acha incrível pessoas querendo criar nova interpretação ou doutrina, quando na verdade, pessoas como vc é que estão equivocadas.
      A bíblia não deixa dúvidas: O dízimo nunca foi em dinheiro, e não existia na igreja primitiva, onde ninguém era dono de nada e tudo era de todos.
      Nenhuma igreja precisa de dízimo para funcionar; as ofertas são suficientes. Nenhuma igreja precisa de funcionários com carteira assinada, pois ela não é empresa; e se for empresa, precisa pagar impostos.
      Dízimo não é gratidão.
      Gratidão é amar o próximo como a sí mesmo. Você sabe o que é isso? Quantas pessoas você acolheu na sua casa neste ano? comprou roupa ou cobertou pra algém? Quantas pessoas você já alimentou este ano? Comprou remedios pra quantos doentes? Quantos enfermos você visitou? e quantos presos? O que você sente ao saber que boa parte da população do Haiti se alimenta de bolo de barro? O que você sente ao saber que no continente africano morrem 6 milhões de crianças por ano, somente de fome? Eu respondo por você: NADA!!!
      Então não me venha falar em dízimo! Entre no google e busque “blog do josé vicente de souza neto”; lá você vai ver que a bíblia nos diz claramente que dízimo mensal em dinheiro não existe e nunca existiu.
      Também estou à disposição para debater o assunto.

      Curtir

      • Gilson de Oliveira
        07/10/2012

        Sr.José Vicente de Souza Neto.
        1º Responda tuas perguntas pelo senhor e não por mim. Sou maior de idade e responsável pelos meus atos e conciente dos meus deveres e responsabilidades. Gostaria de saber tuas respostas pessoais paras as perguntas que o senhor elaborou acima. Se não fizer 50% do que perguntou, é um hipócrita, se valendo de argumentos sem bras. Não preciso ficar falando do que faço como pessoa ou como empressa. O senhor sabe quantas pessoas estou ajudando no nordeste do Brasil e em Angola ? Conhece minha vida ? meu proceder ? como se atreve a me julgar pelas tuas imaginações e achismos ? 2º Deixe de ser ignorante e seja mais atualizado com relação a realidade do comercio. No A.T o dinheiro era pouco usado nas igrejas e no comercio, pois o mercado se valia de trocas de mercadorias por mercadorias e não por mercadorias x dinheiro. Então poucos deram dizimos e ofertas com dinheiro, pois davam dizimo da “moeda corrente predominante da época ” que se resumia em mercadorias… No momento que surgiu o dinheiro, o proprio Jesu pagou imposto com dinheiro, Ananias e Safira, trouxeram a oferta em dinheiro (atos) infelismente com mentira e foram severamente castigadas por Deus, conste, já no N.T, no tempo da graça. 3º Igreja não é comercio, mais funciona como instituição juridica, onde se necessita funcionarios, sejam funcionarios pagos ou voluntários (coisa difícil de ver hoje em dia. O senhor se apresentam como voluntario ? / o senhor já lavou o banheiro da igreja voluntariamente este ano ?) a igreja tem a secretaría que funciona com uma secretária e usa papeis, tintas, energia elétrica,etc / Em fim, a igreja como instituição tem gastos normais como qualquer outra instituição. Vamos faze-la funcionar só com voluntários ? O senhor tem uma assim, funcionando sobre tua administração para servir de modelo, de exemplo e de apoio as tuas ideias fantasiosas ? Acredito que não. Falar é fácil, fazer é o dificil. Igreja tendo contribuições sinceras e sistematicas de seus membros ( sem imposição, claro e nesse caso sim, voluntario ) terá então condições de se manter dignamente com um gupo de pessoas que como equipe interna da igreja, ajudarão na administração de sua existencia, tanto no espiritual, como também no material, que é inevitavel. Estou de acordo sim, que as igrejas além de sua manutenção e existência, dentro das possibiliades, faça também assitencia social em apoio primeiro aos domésticos da fé e depois, até aos confis da terra onde suas condições alcançarem… O fato de muitas estarem falhando, não lhe da o direito de querer desmerecer e generalizar em detrimentos das que estão cumprindo seu papel. Não fiquem só em comentários destrutivos, apresentem uma idéia , realística e funcional, para a manutenção da igreja. Aprendi que criticar sem mostrar uma possível e viável solução é se tornar em um opositor e não em um contribuidor. EM QUE ESTÃO CONTRIBUINDO COM O MELHOR FUNCIONAMENTO DA IGREJA? APARENTEMENTE EM NADA… me responda por aqui e mande cópia pro meu email, por favor: proliver@hotmail.com

        Curtir

  30. André Goçalves
    19/02/2010

    Mateus 7
    1 Não julgueis, para que não sejais julgados.
    2 Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.
    3 E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho?
    4 Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu?
    5 Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.

    alguns versículos aí estrangeira, pra vc dar uma estudada. Eu creio que vc esta pegando pesado demais com aguns pastores, pois mesmo que eles estejam errados vc não deve desmoraliza-los dessa maneira(como vc disse aí sobre o pastor do kaká que está o enganando, a bíblia fala que conhecereis verdade e ela vos libertará, assim, por mais que o pastor dele seja corrupto, Deus é fiel e lhe mostrará a verdade, acho que não devemos ficar desmoralizando as pessoas assim não) dá uma analisa aí na sua vida examine-se pois o homem a si mesmo…
    além do mais o pastor corrupto vai prestar contas pra Deus. Devemos sim é orar para que Deus toque nos corações dos corruptos enquanto eles ainda podem mudar…
    abraços do Norte de Minas

    Curtir

  31. GILSON DE OLIVEIRA
    25/02/2010

    Ao moderador(a)
    Por favor, publique esta matéria… Conto com tua imparcialidade.

    Ao Senhor José Vicente de Souza Neto

    No tempo do Antigo Testamento, os dizimos e ofertas eram dados em especies animais, vegetais e minerais e em dinheiro também.
    No tempo da graça, já vemos as ofertas e dizimos em Dinheiro.
    Antigo Testamento:( antes da lei )
    Gênesis
    14:20 E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo.
    Levítico
    27:32 No tocante a todas as dízimas do gado e do rebanho, tudo o que passar debaixo da vara, o dízimo será santo ao SENHOR.
    Deuteronômio
    14:22 ¶ Certamente darás os dízimos de todo o fruto da tua semente, que cada ano se recolher do campo.

    E os dizimos não er só para os Levitas, e sim para os LEVITAS e SACERDOTES.
    Neemias
    12:44 ¶ Também no mesmo dia se nomearam homens sobre as câmaras, dos tesouros, das ofertas alçadas, das primícias, dos dízimos, para ajuntarem nelas, dos campos das cidades, as partes da lei para os sacerdotes e para os levitas; porque Judá estava alegre por causa dos sacerdotes e dos levitas que assistiam ali.

    INTERPLETANDO PARA NOSSOS DIAS:
    SACERDOTES – PASTORES : OS QUE CUIDAM DO CERIMONIAL

    LEVITAS – FUNCIONÁRIOS : PESSOAS RESPONSÁVEIS PELA MANUTENÇÃO DO TEMPO NA PARTE MATERIAL E ESPIRITUAL

    Tem muito mais passagem bíblica, porém, impossível portar tudo aqui.

    Novo Testamento (Tempo da graça/era da igreja)

    Mateus
    23:23 Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.

    Na passagem acima, JESUS CRISTO, já no tempo da graça, dizendo aos que vinham do tempo da lei, que “…DEVEIS FAZER ESTAS COISAS…” Ou seja, disse que deveriam seguir fazendo isto. O que ? Dar os dizimos… sem esquecer de praticar o juízo a misericórdia e a fé.

    Oferta em Dinheiro ( Já na graça )
    Marcos
    12:42 Vindo, porém, uma pobre viúva, deitou duas pequenas moedas, que valiam meio centavo.

    Lucas 20
    22 É-nos lícito dar tributo a César ou não?
    23 E, entendendo ele a sua astúcia, disse-lhes: Por que me tentais?
    24 Mostrai-me uma moeda. De quem tem a imagem e a inscrição? E, respondendo eles, disseram: De César.
    25 Disse-lhes então: Dai, pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus.

    No verso acima, Jesus responde aos interrogatórios sobre, tributo, que era dado em dinheiro a Cezar.
    Dai a Cezar ( dinheiro ) o que é de Cezar, e a Deus(dinheiro) o que é de Deus.

    Houve um tempo, que não havia dinheiro, os negócios eram feito na base de troca. Tipo 10 ovelhas por uma vaca leiteira, etc… Depois apareceu o dinheiro, sendo moedas de prata, de ouro,etc, e o comércio ficou misturado…horas se negociava mercadoria por mercadoria, horas mercadoria por dinheiro.

    Nos nossos dias, apareceram, dinheiro, cartão de crédito, promissórias,etc…

    Interessante que no tempo de Jesus, não tinha carro, avião, hoje temos e com certeza usamos.

    Porque somos tão ignorante em aceitar a atualização das demais coisas e não aceitamos a atualização administrativa na area economica ?

    Hoje ninguém da oferta e dizimo de animais, vegetais,etc, porque se tornou mais comodo negociar usando o dinheiro.

    Se vc ganhar um carro, que fará ? Vai avaliar o carro e tirar umas peças dele, pra dar de dizimo ? rsrsrsrsrs…

    Acho que não. Penso ser mais lógico, avaliar o carro, e digamos, vale R$ 30.000,00, então coloco no envelope R$ 3.000,00 e entrego na igreja onde sou membro.

    Se o Pastor usar mau, problema dele com Deus, minha benção depende da minha fidelidade e não da administração dele.

    Referente aos funcionários da igreja. No tempo dos LEVITAS não existiam leis trabalhista. Hoje existe. Se somos pela verdade, devemos respeitar as leis, pois as autoridades são constituidas por Deus.

    Só não devemos obedecer a lei, se ela nos colocar em contradição a lei DIVINA.

    As igrejas podem não ser empresa, mas tem as mesmas nescessidades de uma empressa para funcionar. Então precisa de LEVITAS para cuidar dela. Os levitas comem do dizimo e das ofertas. Então, pagar funcionários para cuidar da igreja, é o mesmo que alimentar os levitas para cuidar do templo.

    Penso que vocês estão sendo muito arcaimo, preso na linha do tempo, e querendo destruir uma forma justa do povo manter as igrejas em funcionamento.

    Os dizimos e ofertas sempre funcionaram.

    O que estou de acordo e incentivo, é que os membros legalmente registrados no rol de mebresia das igrejas, nas reuniões mensais, com respeito, solicitem averiguações dos movimentos economicos da igreja, como ação fiscalizadora, e em caso de observarem malversação,
    solicitarem a diretoria uma posição corretiva.

    Fazemos isto na nossa igreja.

    O Pastor tem a ajuda estabelecida, os funcionários também, com recibos assinados e a igreja marcha de maravilha, sem problemas.

    Temos assistencial social, missões, creches,etc…

    Acho que vocês estão, sem perceber, sendo uma pedra de tropeço na vida economica das igrejas, com estes argumentos infundados contra o dizimo, confundindo a mente de muitos… Espero que os vossos olhos se abram em tempo oportuno.

    Correm o risco de uma colheita insatisfatória, pois tudo o que plantamos colhemos, cuidado.

    Gálatas
    6:7 Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.

    Estou a inteira disposição para contatos pacíficos.

    email e msn: proliver@hotmail.com

    Curtir

    • Caro Gilson,
      Novamente quero tecer algumas considerações sobre seu comentário e fazer-lhe algumas perguntas.
      Jesus disse que o dinheiro pertencia a Cesar, porque a imagem de Cesar estava na moeda. Quanto ao dinheiro que vc diz que seria de Deus, que imagem teria na moeda?
      O dízimo dos fariseus era do que, mesmo? Era em dinheiro?
      Gostaria que vc mencionasse pelo menos uma passagem bíblica que mostre claramente alguém dando dízimo em dinheiro.
      A viúva pobre deu tudo o que tinha, e não um valor pré-estabelecido por alguém. Além do mais, oferta é uma coisa e dízimo é outra. Ofertas para o templo, sempre foram em dinheiro.
      Veja que o apóstolo paulo pedia contribuição de uma igreja para outra igreja e não de pessoas para uma determinada igreja.
      Responda:
      Se Jesus voltasse hoje, ele seria rico, classe média ou pobre?
      Que meios ele usaria para se locomover? Limusine? carro importado? avião? iate? moto? bicicleta? as próprias pernas?
      Como se vestiria? na moda? terno e gravata? roupas surradas?
      Que tipo de casa teria? um barraco numa favela? uma mansão na praia? uma cobertura triplex? uma fazenda?
      Com quem ele andaria? Edir Macedo? Valdemiro Santiago? Silas Malafaia?
      Ele teria uma polpuda conta num banco?
      Comeria em restaurantes caros?
      dormiria em hotéis de luxo ou nas ruas?
      Ele sendo pobre, feio, mal vestido e ainda criticando duramente os líderes religiosos mais importantes e famosos, e se dizendo filho de Deus, mesmo assim vc largaria tudo imediatamente e o seguiria?
      Na escala social ele seria empresário? Cantor? Jogador de futebol famoso? Diretor? Gerente? faxineiro?
      Você, como empresário, largaria tudo e seguiria um faxineiro da sua empresa, que se dissesse filho de Deus?

      Curtir

      • Gilson de Oliveira
        07/10/2012

        Sr.José vicente, Salomão não era o Messias, mas comeu em prato de ouro em taça de prata… Se Jesus viesse hoje, como cordeiro, possivelmente viria semelhante ao que já conhecemos, agora, ELE vira como Rei dos reis, para arrebatrar a igreja e depois estabelecer o Milenio… O senhor acredita que como Rei, no milenio, ELE andará como um mendingo ou faxineiro ? Sinceramente acho que não…começa pela sua forma pós ressurreição..Não foi reconhecido pelos discipulos no caminho de Emaus, por que ? Já não se apresentou com a mesma forma anterior, surrada, e sim em corpo glorificado… Ao subir aos céus voou, e porque não usaria aviões nos nossos dias ? algum pecado nisso ? Ele não usava internet, o senhor usa né ? Se ele usou barquinhos, jumentas, que eram os veículos da época, por que não usaria os veículos do nosso tempo ? Seria o mesmo que chama-lo anti social, coisa que ELE nunca foi… Teus argumentos estão presos a linha do tempo com uma mentalidade muito arcaica. Agora tenha por certo que, se fosse nos nossos dias, e ELE viesse em forma de faxineiroe as 300 profecias, que se cumpriram na 1ª vinda, acontecessem de forma similar, não me deixando dúvida de ser o faxineiro o Messias, e ELE me chamasse, pode ter certeza, que largaria tudo e iria sim… Larguei de ser gerente na TV globo, com meus 25 anos, para ser missionario por 18 anos fora do país… Voltei, montei minha empresa e hoje apoio a igreja onde congrega e ajudo a obra missionaria. CONSELHO: Mais oração e menos argumentação… Abraços

        Curtir

  32. GILSON DE OLIVEIRA
    25/02/2010

    Não publique a anterior.
    Publique esta que esta completa e corrigida.
    Obrigado

    Ao Senhor José Vicente de Souza Neto

    No tempo do Antigo Testamento, os dizimos e ofertas eram dados em especies animais, vegetais e minerais e em dinheiro também.

    No tempo da graça, já vemos as ofertas e dizimos em Dinheiro.

    Antigo Testamento:( antes da lei )
    Gênesis
    14:20 E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo.
    Levítico
    27:32 No tocante a todas as dízimas do gado e do rebanho, tudo o que passar debaixo da vara, o dízimo será santo ao SENHOR.
    Deuteronômio
    14:22 ¶ Certamente darás os dízimos de todo o fruto da tua semente, que cada ano se recolher do campo.

    E os dizimos não er só para os Levitas, e sim para os LEVITAS e SACERDOTES.
    Neemias
    12:44 ¶ Também no mesmo dia se nomearam homens sobre as câmaras, dos tesouros, das ofertas alçadas, das primícias, dos dízimos, para ajuntarem nelas, dos campos das cidades, as partes da lei para os sacerdotes e para os levitas; porque Judá estava alegre por causa dos sacerdotes e dos levitas que assistiam ali.

    INTERPLETANDO PARA NOSSOS DIAS:
    SACERDOTES – PASTORES : OS QUE CUIDAM DO CERIMONIAL

    LEVITAS – FUNCIONÁRIOS : PESSOAS RESPONSÁVEIS PELA MANUTENÇÃO DO TEMPLO NA PARTE MATERIAL E ESPIRITUAL

    Tem muito mais passagem bíblica, porém, impossível postar tudo aqui.

    Novo Testamento (Tempo da graça/era da igreja)

    Mateus
    23:23 Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.

    Na passagem acima, JESUS CRISTO, já no tempo da graça, dizendo aos que vinham do tempo da lei, que “…DEVEIS FAZER ESTAS COISAS…” Ou seja, disse que deveriam seguir fazendo isto. O que ? Dar os dizimos… sem esquecer de praticar o juízo a misericórdia e a fé.

    Oferta em Dinheiro ( Já na graça )
    Marcos
    12:42 Vindo, porém, uma pobre viúva, deitou duas pequenas moedas, que valiam meio centavo.

    Lucas 20
    22 É-nos lícito dar tributo a César ou não?
    23 E, entendendo ele a sua astúcia, disse-lhes: Por que me tentais?
    24 Mostrai-me uma moeda. De quem tem a imagem e a inscrição? E, respondendo eles, disseram: De César.
    25 Disse-lhes então: Dai, pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus.

    No verso acima, Jesus responde aos interrogatórios sobre, tributo, que era dado em dinheiro a Cezar.
    Dai a Cezar ( dinheiro ) o que é de Cezar, e a Deus(dinheiro) o que é de Deus.

    Houve um tempo, que não havia dinheiro, os negócios eram feito na base de troca. Tipo 10 ovelhas por uma vaca leiteira, etc… Depois apareceu o dinheiro, sendo moedas de prata, de ouro,etc, e o comércio ficou misturado…horas se negociava mercadoria por mercadoria, horas mercadoria por dinheiro.

    Vemos este exemplo em Ananias e Safira, que venderam a propiedade e trouxeram o dizimo em dinheiro.
    Atos dos Apóstolos 5:
    1 Mas um certo homem chamado Ananias, com Safira, sua mulher, vendeu uma propriedade,
    2 E reteve parte do preço, sabendo-o também sua mulher; e, levando uma parte, a depositou aos pés dos apóstolos.

    Pena que tiveram um final trágico, por haverem mentido.

    Nos nossos dias, apareceram, dinheiro, cartão de crédito, promissórias,etc…

    Interessante que no tempo de Jesus, não tinha carro, avião, hoje temos e com certeza usamos.

    Porque somos tão ignorante em aceitar a atualização das demais coisas e não aceitamos a atualização administrativa na area economica ?

    Hoje ninguém da oferta e dizimo de animais, vegetais,etc, porque se tornou mais comodo negociar usando o dinheiro.

    Se vc ganhar um carro, que fará ? Vai avaliar o carro e tirar umas peças dele, pra dar de dizimo ? rsrsrsrsrs…

    Acho que não. Penso ser mais lógico, avaliar o carro, e digamos, vale R$ 30.000,00, então coloco no envelope R$ 3.000,00 e entrego na igreja onde sou membro.

    Se o Pastor usar mau, problema dele com Deus, minha benção depende da minha fidelidade e não da administração dele.

    Referente aos funcionários da igreja. No tempo dos LEVITAS não existiam leis trabalhista. Hoje existe. Se somos pela verdade, devemos respeitar as leis, pois as autoridades são constituidas por Deus.

    Só não devemos obedecer a lei, se ela nos colocar em contradição a lei DIVINA.

    As igrejas podem não ser empresa, mas tem as mesmas nescessidades de uma empressa para funcionar. Então precisa de LEVITAS para cuidar dela. Os levitas comem do dizimo e das ofertas. Então, pagar funcionários para cuidar da igreja, é o mesmo que alimentar os levitas para cuidar do templo.

    Penso que vocês estão sendo muito arcaimo, preso na linha do tempo, e querendo destruir uma forma justa do povo manter as igrejas em funcionamento.

    Os dizimos e ofertas sempre funcionaram.

    O que estou de acordo e incentivo, é que os membros legalmente registrados no rol de mebresia das igrejas, nas reuniões mensais, com respeito, solicitem averiguações dos movimentos economicos da igreja, como ação fiscalizadora, e em caso de observarem malversação,
    solicitarem a diretoria uma posição corretiva.

    Fazemos isto na nossa igreja.

    O Pastor tem a ajuda estabelecida, os funcionários também, com recibos assinados e a igreja marcha de maravilha, sem problemas.

    Temos assistencial social, missões, creches,etc…

    Acho que vocês estão, sem perceber, sendo uma pedra de tropeço na vida economica das igrejas, com estes argumentos infundados contra o dizimo, confundindo a mente de muitos… Espero que os vossos olhos se abram em tempo oportuno.

    Correm o risco de uma colheita insatisfatória, pois tudo o que plantamos colhemos, cuidado.

    Gálatas
    6:7 Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.

    Estou a inteira disposição para contatos pacíficos.

    email e msn: proliver@hotmail.com

    Curtir

    • Olá Gilson,
      Leia o texto abaixo.

      22 Certamente darás os dízimos de todo o fruto da tua semente, que cada ano se recolher do campo.
      23 E, perante o SENHOR teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome, comerás os dízimos do teu grão, do teu mosto e do teu azeite, e os primogênitos das tuas vacas e das tuas ovelhas; para que aprendas a temer ao SENHOR teu Deus todos os dias.
      24 E quando o caminho te for tão comprido que os não possas levar, por estar longe de ti o lugar que escolher o SENHOR teu Deus para ali pôr o seu nome, quando o SENHOR teu Deus te tiver abençoado;
      25 Então vende-os, e ata o dinheiro na tua mão, e vai ao lugar que escolher o SENHOR teu Deus;
      26 E aquele dinheiro darás por tudo o que deseja a tua alma, por vacas, e por ovelhas, e por vinho, e por bebida forte, e por tudo o que te pedir a tua alma; come-o ali perante o SENHOR teu Deus, e alegra-te, tu e a tua casa;
      27 Porém não desampararás o levita que está dentro das tuas portas; pois não tem parte nem herança contigo.
      28 Ao fim de três anos tirarás todos os dízimos da tua colheita no mesmo ano, e os recolherás dentro das tuas portas;

      A bíblia não erra.

      Curtir

  33. GILSON DE OLIVEIRA
    25/02/2010

    Sr. josé vicente de sousa neto

    Sinceramente, fiquei de boca aberta com teu comentário desprovido de verdade e clara explicação.
    O pior cego , não é o que não encherga, mas sim aquele que encherga e teima errar no caminho…

    Leia novamente a matéria exposta acima… E espero que tua alma consiga ver, o que teu cérebro esta te negando.

    Passar bem.

    Curtir

  34. GILSON DE OLIVEIRA
    26/02/2010

    Sr. josé vicente de sousa neto

    Antes de mais nada, quero deixar claro que não sou polêmico e nem estou preocupado em te convencer de uma verdade que você não consegue ver.
    Penso que o material postado acima, para uma pessoa bem esclarecida, é suficiente para responder as tuas diversas indagações, porém, infelismente, veja o que Jesus falou:
    Mateus 13:13 Por isso lhes falo por parábolas; porque eles, vendo, não vêem; e, ouvindo, não ouvem nem compreendem.
    Infelismente, esta sendo o teu caso.
    Além do mais, segundo meus estudos e pesquizas, tenho entendido, que Jesus veio pobre de bens materiais, pelo processo da restauração. Ele como segundo Adão, veio recuperar o que o primeiro adão perdeu…

    Veja o que diz em:
    1 Coríntios 2:14 Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.

    Penso que você esta se armando de lógicas infundadas, não compreendendo as coisas do Espírito de Deus.

    I Corintios 15: 45 Assim está também escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito em alma vivente; o último Adão em espírito vivificante.

    Quem é o último Adão ? Resposta: o último Adão é o espírito vivificante.

    Espírito Vivificante ? Espirito que da vida

    João 10:10 O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.

    Romanos 5:17 Porque, se pela ofensa de um só, a morte reinou por esse, muito mais os que recebem a abundância da graça, e do dom da justiça, reinarão em vida por um só, Jesus Cristo.

    Agora tente entender. O segundo Adão veio sem nada, pra recuperar tudo o que o primeiro Adão perdeu.

    I Corintios 15:22 Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo.
    23 Mas cada um por sua ordem: Cristo as primícias, depois os que são de Cristo, na sua vinda.
    24 Depois virá o fim, quando tiver entregado o reino a Deus, ao Pai, e quando houver aniquilado todo o império, e toda a potestade e força.
    25 Porque convém que reine até que haja posto a todos os inimigos debaixo de seus pés.
    26 Ora, o último inimigo que há de ser aniquilado é a morte.
    27 Porque todas as coisas sujeitou debaixo de seus pés. Mas, quando diz que todas as coisas lhe estão sujeitas, claro está que se excetua aquele que lhe sujeitou todas as coisas.
    28 E, quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então também o mesmo Filho se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeitou, para que Deus seja tudo em todos.

    Veja acima, esta claro que Jesus Cristo veio para sujeitar todas as coisas de volta a Ele e ao Pai.

    Foi Jó mais santo que Jesus ? No entando, era o homem mais rico da sua época. E que dizer do Pai Abrãao, Isaque e Jacó ? e Salomão, que comia em pratos de plata e bebia em taças de ouro ?

    Jesus Cristo, veio, como o Adão que restaura, que toma de volta as almas perdidas e as bençãos espirituais e materiais, roubada pelo diabo.

    Creio que se Ele viesse hoje, viria, como um homem social equilibradissimo, e que teria sim, boa casa, bom carro,etc…Até mesmo porque Ele usou os meios de locomoção da época. ( Burrinho, barcos,etc…)

    Que me diz desta promessa ?
    Marcos 10.29 E Jesus, respondendo, disse: Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho,
    30 Que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no século futuro a vida eterna.

    Vai lá brigar com os traficantes, que moram em mansões, que andam e limuzine e que bombardeiam a terra com as drogas…

    Porque os perversos podem e os filhos de Deus não ?

    Ignorancia e falta de interplatação da maioria.

    Se Jesus Cristo prometeu dar ” cem vezes tanto, já neste tempo ” quem somos nós, meros mortais, para querer contradizer ?

    Graças a Deus, estou vendo esta promessa na minha vida, a cada dia, em todos os sentidos.

    Sabe, escutei um senhor de idade, falando sobre a sindrome da dor de cotovelo…rsrsrsrs

    Quem sofre disto, é um crítico enfermo, que não mede as palavras e conseguencias, e tenta se basear em argumentos destituídos de veracidade.

    Se o Pastor, chega a pé na igreja: ESTE PASTOR É UM MISERÁVEL, NÃO TEM FÉ PRA TER UM CARRO.

    Se o Pastor chega de carro na igreja: HUM, NO MINIMO JÁ ESTA ROUBANDO A IGREJA.

    A esposa do Pastor, vem vestida simples: ESSA MULHER NÃO TEM NÍVEL SOCIAL, É UMA VERGONHA PRA IGREJA…OLHA A ROUPA RIDICULA DELA.

    A esposa do Pastor vem bem vestida: SAÍ DELA ESPIRITO DE JEZABEL

    kkkkkkkkkkk

    Sinceramente, tem um povo que se diz cristão, mas que precisam pedir a Deus mais sabedoria no discernir as verdades sociais e eternas.

    Veja o que diz em:
    Provérbios 13:4 A alma do preguiçoso deseja, e coisa nenhuma alcança, mas a alma dos diligentes se farta.

    Por favor, estude a passagem que segue e aplique a semântica (do grego σημαντικός, derivado de sema, sinal) refere-se ao estudo do significado, em todos os sentidos do termo. A semântica opõe-se com frequência à sintaxe, caso em que a primeira se ocupa do que algo significa, enquanto a segunda se debruça sobre as estruturas ou padrões formais do modo como esse algo é expresso (por exemplo, escritos ou falados). Dependendo da concepção de significado que se tenha, têm-se diferentes semânticas. A semântica formal, a semântica da enunciação ou argumentativa e a semântica cognitiva, por exemplo, estudam o mesmo fenômeno, mas com conceitos e enfoques diferentes.

    2 Coríntios 9:
    1 Quanto à administração que se faz a favor dos santos, não necessito escrever-vos;
    2 mapa Porque bem sei a prontidão do vosso ânimo, da qual me glorio de vós para com os macedônios; que a Acaia está pronta desde o ano passado; e o vosso zelo tem estimulado muitos.
    3 Mas enviei estes irmãos, para que a nossa glória, acerca de vós, não seja vã nesta parte; para que (como já disse) possais estar prontos,
    4 A fim de, se acaso os macedônios vierem comigo, e vos acharem desapercebidos, não nos envergonharmos nós (para não dizermos vós) deste firme fundamento de glória.
    5 Portanto, tive por coisa necessária exortar estes irmãos, para que primeiro fossem ter convosco, e preparassem de antemão a vossa bênção, já antes anunciada, para que esteja pronta como bênção, e não como avareza.
    6 ¶ E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará.
    7 Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.
    8 E Deus é poderoso para fazer abundar em vós toda a graça, a fim de que tendo sempre, em tudo, toda a suficiência, abundeis em toda a boa obra;
    9 Conforme está escrito: Espalhou, deu aos pobres; A sua justiça permanece para sempre.
    10 Ora, aquele que dá a semente ao que semeia, também vos dê pão para comer, e multiplique a vossa sementeira, e aumente os frutos da vossa justiça;
    11 Para que em tudo enriqueçais para toda a beneficência, a qual faz que por nós se dêem graças a Deus.
    12 Porque a administração deste serviço, não só supre as necessidades dos santos, mas também é abundante em muitas graças, que se dão a Deus.
    13 Visto como, na prova desta administração, glorificam a Deus pela submissão, que confessais quanto ao evangelho de Cristo, e pela liberalidade de vossos dons para com eles, e para com todos;
    14 E pela sua oração por vós, tendo de vós saudades, por causa da excelente graça de Deus que em vós há.
    15 Graças a Deus, pois, pelo seu dom inefável.

    Em destaque:
    I Corintios 15:
    11 Para que em tudo enriqueçais para toda a beneficência, a qual faz que por nós se dêem graças a Deus.
    12 Porque a administração deste serviço, não só supre as necessidades dos santos, mas também é abundante em muitas graças, que se dão a Deus.
    13 Visto como, na prova desta administração, glorificam a Deus pela submissão, que confessais quanto ao evangelho de Cristo, e pela liberalidade de vossos dons para com eles, e para com todos;

    Espero que o Espirito de Deus, abra teu entendimento.

    Mateus
    13:15 Porque o coração deste povo está endurecido, E ouviram de mau grado com seus ouvidos, E fecharam seus olhos; Para que não vejam com os olhos, E ouçam com os ouvidos, E compreendam com o coração, E se convertam, E eu os cure.

    Ta cheio de Satanistas, se fazendo passar por cristão, nos blogs e sites, tratando de confundir a mente dos menos avisados.

    Graças a Deus pelo Espirito de Deus, que nos guia em toda verdade e justiça.

    João 16:13 Mas, quando vier aquele Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir.

    Depois desta, por favor, me poupe !!!

    Abraços fraternos a todos.

    Curtir

  35. Pr. Antonio Carlos
    26/04/2010

    Bom dia estrangeira, ao ler o seu artigo com muita atenção me sentir muito comovido e triste, chorei. Por lembrar o quanto alguns lideres evangélicos estão brincando com a fé dos nossos irmãos, simplesmente por sordida ganancia.

    Mais felismente Deus tem neste mundo alguns homens fieis que se importam com as vidas das ovelhas e não da sua lã.
    “(II Timóteo 3:1) – SABE, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.
    (II Timóteo 3:2) – Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos…

    Quanto ao dízimo entendo que seja a maneira mas correta instituida por Deus, para a contribuição humana, pois tanto rico como pobres podem contribuir da mesma forma sem que haja qualquer tipo de vangloria. No entanto o Novo Testamento nos mostra que deve ser administrado de forma voluntariosa e generosa, cada um contribuindo com o que tem e não com o que não tem. (ICo.16:2). A ganancia de alguns líderes é que tem trazido tantas duvidas e ferido a homens e mulheres, como você.
    Mas, Deus não se esqueceu de você, volte para ele !

    “(Isaías 64:4) – Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti que trabalha para aquele que nele espera.

    Curtir

  36. Oliveira
    26/04/2010

    Completamente de acordo com o Pr. Antonio Carlos. que de forma simples e objetiva, disse tudo !!!

    Abraços

    Curtir

  37. Paulo de Tarso
    27/04/2010

    Graça e Paz!

    Impressionante.

    Alguns são até capacitados em suas denominações, mas não fogem a regra de atribuir coisas da antiga aliança como se fossem para os que estão debaixo da Graça.

    Confundem mordomia cristã com dízimo, mas o fazem dolosamente, pois, em tese, são estudiosos e têm conhecimento.

    Contudo, não vivem por fé, como pregam; o que os leva a pregar o dízimo, equivocadamente, sob qualquer vertente, das mais comezinhas , como pagamento de luz, às mais nobres, como missões. Quem têm olhos leia.

    Laus Deo

    Curtir

  38. Oliveira
    30/04/2010

    Penso sinceramente que se dependesse dessa raça ANTI DIZIMO que tem aparecido nos últimos dias, as igrejas já teriam fechado as portas faz tempo.

    Se não estão a favor de usar o padrão dos 10% imigrado do Antigo Testamento, e que por sinal não se ve nehuma neutralização do mesmo no Antigo Testamento, então, entreguem os 100% como fizeram os primeiros cristãos, conforme se ve no livro de Atos dos Apostolos 4:34 – Não havia, pois, entre eles necessitado algum; porque todos os que possuíam herdades ou casas, vendendo-as, traziam o preço do que fora vendido, e o depositavam aos pés dos apóstolos.

    Claro que estes ” cupins espirituais ” andam por aí, usando de argumentos até que convincente, tratando de deturpar conceitos que sempre funcionaram e foram de base, para o apoio equiparado entre os membros de cada igreja.

    Até parece que esta gente esta defendendo o povo, mas na verdade, estão se levantando contra a subsistencia da igreja no mundo capitalista e levando os menos esclarecidos a se tornarem opositores a manutenção economica da igreja.

    Sempre fui dizimista, e mesmo que não recebece nada em troca, sou feliz em apoiar uma igreja que esta ali, sendo de benção para muitas vidas, com tudo, leia o que esta escrito em
    II Corintios 2:
    6 ¶ E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará.
    7 Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.
    8 E Deus é poderoso para fazer abundar em vós toda a graça, a fim de que tendo sempre, em tudo, toda a suficiência, abundeis em toda a boa obra;
    9 Conforme está escrito: Espalhou, deu aos pobres; A sua justiça permanece para sempre.
    10 Ora, aquele que dá a semente ao que semeia, também vos dê pão para comer, e multiplique a vossa sementeira, e aumente os frutos da vossa justiça;
    11 Para que em tudo enriqueçais para toda a beneficência, a qual faz que por nós se dêem graças a Deus.
    12 Porque a administração deste serviço, não só supre as necessidades dos santos, mas também é abundante em muitas graças, que se dão a Deus.
    13 Visto como, na prova desta administração, glorificam a Deus pela submissão, que confessais quanto ao evangelho de Cristo, e pela liberalidade de vossos dons para com eles, e para com todos;
    14 E pela sua oração por vós, tendo de vós saudades, por causa da excelente graça de Deus que em vós há.
    15 Graças a Deus, pois, pelo seu dom inefável.

    Abram os olhos e não se deixem enganar por esta raça de incrédulos e de avarentos.

    Paz e graça

    Curtir

  39. Jean
    21/05/2010

    dizimo pregado em malaquias é velho testamento o qual foi por Jesus cristo abolido como diz em 2 aos corintios cap.3 vs.14 Mas seus sentidos foram endurecidos: por que até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por cristo abolido .
    Mateus:26 vs.28 porque isto é o meu sangue, o sangue do novo testamento que é derramado por muitos para remissão dos pecados e em malaquias diz que cp.3 vs8 roubará o homen a Deus?todavia vós me roubeis ,e dizes em que te robamos ?nos dizimos e nas ofertas alçadas versiculo 9 com maldição são amaldiçoados.
    Aos Gàlatas cp.3 vs12 Ora a lei não é da fé; mas homem, que fizer essas coisas, por elas viverá. versiculo 13 cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo se maldição por nós, por que está escrito:Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro.
    Resumindo quem segue ou ensina velho testamento dizimo malaquias é ingrado com o sangue de jesus por que como podi uma pessoas se lavada no sangue do cordeiro e nega o mesmo batizou mas não creu pq se crese seguiria, não tem como vc servir a Deus e ao dinheiro o crente de verdade tem que ajunda tesouro no céu.
    eu sou de uma igreja evangélica mas não estou para fazer propaganda dela pq tudo lá é movido pelo espirito santo de Deus e não quéro exalta a ela mas sim o envangelho de Jesus cristo quem tem ouvido ouça o que os espiritos dizem as igrejas

    Curtir

  40. marcia regina de souza
    03/06/2010

    SR.OLIVEIRA

    Suas palavras não são de um servo de Deus, usa termos baixos para defender o dízimo . Complicado não é?

    Curtir

  41. SR.OLIVEIRA
    09/06/2010

    PARA: marcia regina de souza

    Mostre-me os termos baixos ?
    raça ANTI DIZIMO / esta ?
    cupins espirituais / esta ?
    raça de incrédulos e de avarentos / esta ?

    Se for, então que me diz do Mestre Jesus ao se dirigir aos Farizeus dizendo:
    Mateus 12:34 – Raça de víboras, como podeis vós dizer boas coisas, sendo maus? Pois do que há em abundância no coração, disso fala a boca.

    Achei você muito infantil no teu argumento…

    Curtir

  42. BISPO ARGEMIRO
    24/06/2010

    DIZIMO É COMPLEMENTO DE CULTO RACIONAL A DEUS. VOCE VAI A IGREJA PARA: ADORAR O CRIADOR DOS CEUS E A TERRA.PARA RECEBER UMA PALAVRA PROFETICA, PARA SALVAÇÃO DE NOSSAS VIDAS;E PARA DIZIMAR E OFERTAR AO SENHOR.
    1 ADORAR EM ESPIRTO EM VERDADE; COM LOUVORES E COM A ALMA.
    2 RECEBER UM PALAVRA BIBLICA VINDO DO CORAÇÃO DE DEUS ATRAVES DA BOCA DO MINISTRO DE DEUS.
    3 SE EU NAO CRER QUE O SENHOR JESUS MORREU NA CRUZ DO CALVARIO E RESULSITOU AO TERCEIRO DIA EU NAO POSSO ESTA FALANDO DE DIZIMO E NEM DAS COISAS DO PAI CELESTIAL.
    4 -DIZIMO JA É DE DEUS COMO VOCE VAI DEVOLVER A DEUS E UM PROBLEMA SEU DE ORDEM ESPRITUAL. SE VOCE NAO DEVOLVE VOCE ESTA ROUBANDO A DEUS.
    5 OFERTA. ALGUEM PODERIA ESTA QUESTINANDO NESSE PONTO. QUANDO A PALAVRA DE DEUS RETRATA TRAZER OS DIZIMOS EAS OFERTAS PARA CASA DE DEUS E FAZEI PROVA DE MIM DISSE O SENHOR. O DIZIMO JA E DELE SE VOCE NÃO DEVOLVE, VOCE MESMO BRIGA CONSIGO MESMO CONTRA : DEVORADOR, CORTADOR,MIGRADOR E O DISTRUIR CADA UM VAI DEIXANDO UM POUQUINHO PARA OUTRO. QUANDO VOCE OFERTA AI SIM VOCE ESTARA ALEGRANDO O CORAÇÃO DE DEUS E VERA A PROPERIDADE EM SUA VIDA. TALVES SEJA A RESPOSTA PARA MUITO QUE RECEBE PROSPERIDADE POR OFERTAR E NÃO DIZIMAR. SÃO PROPEROS, MAIS DOENTES,FAMILIA DESTRUIDAS, CARROS NOVOS MAIS QUEBRAM, ROUBAM. EM FIM ISSO NÃO PROPERIDADE, ISSO E UMA FALSA PROSPERIDADE.
    QUANTO ADMINISTRAÇÃO DOS DIZIMOS E OFERTAS CABE AOS LIDERES COM DFEUS NO FINAL DESSA JORNADA NA TERRA SE SÃO BONS ADMINISTRADORES, RECEBERÃO GALARDÕES E SE NÃO SÃO SERÃO COBRADOS NO FOGO ETERNO COMO REZA A PALAVRA DE DEUS.
    PEÇO FINEZA. SO RESPONDA ESSA CARTA OS QUE VERDADEIRAMENTE CONHEÇA DEUS. JO OUVIA FALAR DE DEUS, QUANDO FOI PROVADO ELE MESMO RELATOU AGOARA EU VEJO DEUS EU OUVIA FALAR. TAMBEM ELE RELATOU QUEM É ESSE QUE VEM NOS ABENÇOA VAI EMBORA, TORNA VOLTAR ABENÇOANDO A SUA VIDA E VOCE NÃO VE. JÓ 9.11 QUEM SABE DEUS ESTA ME USANDO COMO MINISTRO DO EVANGELICO PARA ABENÇOAR A SUA VIDA E VOCE NÃO QUER ENCHERGAR.ASS. BISPO ARGEMIROLIMA

    Curtir

  43. SR.OLIVEIRA
    24/06/2010

    AO SR. BISPO ARGEMIRO

    Com todo respeito que o senhor merece, mas tenho que dizer a verdade…
    Teu argumento apesar de fraco, baseado mais em palavra do que conceito, valeu em algo na defesa da tese, porém, sinceramente, acho que o senhor deveria melhorar um pouquinho tua escrita e teu português.
    O meu portugu~es não é lá dos melhores, até mesmo porque falo español e estudo ingles, mas, para uma pessoa que segundo tenho entendido, esta como BISPO, embaixador do reino, deveria se preocupar um pouco com isto.
    Não se ofenda, pois este argumento tem a mais pura intenção de contribuir com tua vida cultural.
    Abraços

    Sr.Oliveira

    Curtir

  44. Sergio Santiago
    07/08/2010

    Fui pastor durante 13 anos de igreja pentecostal,sempre pregava sobre o dízimo e sempre no texto de malaquias e citando sempre Abraão,mas um dia resolvi examinar a questão mais a fundo,pois não via na igreja tantos resultados de prosperidade.
    Fui criado no evangelho e aprendi assim,estudei a fundo a questão,li varios livros sobre o assunto e cheguei a conclusão de que precisava informar aos irmãos que o dízimo não tinha nada a ver com a nova aliança e que era algo da lei,mas como dizer isso depois de tantos anos pregando o dízimo??

    Num belo domingo pregando sobre o assunto soltei a frase:

    “Irmãos o dízimo é biblico,mas não é Cristão”

    Acredito que li isso em alguns dos livros, não é de minha autoria,mas ficou tão fixado isso que falei.

    Foi uma bomba na igreja,dai comecei a pregar sobre outros assuntos que não entendia como a denominação entendia, resultado,sai e me afastei da igreja.
    Lógico que outros fatores influenciaram,mas hoje tambem não frequento igreja,mas tenho me reunido com o grupo dos irmãos unidos, tem sido benção na minha vida.

    Deus abençoe vc estrangeira.

    A paz de Cristo, nosso Senhor.

    Curtir

  45. Sr.Oliveira
    10/08/2010

    PARA O SENHOR SERGIO SANTIAGO

    Infelismente o senhor cometeu um grande erro…Lançou uma “bomba” contra os bons costumes da igreja e como
    existe a lei da semeadura…o senhor acabou bombardeado porque colheu o que plantou.
    O povo se sente edificado em saber que estão contribuindo com o “Reino de Deus” na terra.
    Falar contra o dizimo vocês “raça de anti-dizimistas” estão criando confusão no meio do povo de Deus e por esta causa acabam confundidos.
    Sou empresário, dou meu dizimo pra igreja e uma oferta gorda pro meu pastor, sabe porque ? Não quero ficar pra trás dos filhos das trevas que através do trafico de droga, armas,etc, estão contribuindo com o crescimento do reino das trevas e ainda dão do bom e do melhor pros cabeça do tráfico…
    Deixem de ser ignorantes e vamos apoiar sim, se possível com mais de 10% a obra de Deus na terra…
    Se o pastor usar mau, terá que render conta com a Diretoria da Igreja, e se a Diretoria deixar gastar mau, renderão conta com Deus…Minha parte fiz, faço e farei sempre e com alegria…
    MELHOR É TER PRA DAR DO QUE NECESSITAR RECEBER.

    SAI DELS ESPIRITO DO ENAGANO E DA MÃO DE VACA…rsrsrs

    Curtir

    • josé vicente
      10/08/2010

      Brincalhão…

      Curtir

      • Gilson de Oliveira
        07/10/2012

        Graças a Deus, além de amor pela verdade tenho bom humor…o senhor não tem humor ? É canrracudo / Espero que não…

        Curtir

  46. Sergio Santiago
    10/08/2010

    Olá Sr. Oliveira,

    eu respeito sua maneira de pensar e peço que respeite a minha,o Sr não entendeu muito bem meu post,eu não sou contra as contribuições na igreja,só vi pela palavra que não existe a necessidade de um numero, tipo 10%,pode ser até mais ou menos, desde que seja com alegria e não seja dado com a intenção de receber doações divinas em troca,ok.

    A paz de Cristo.

    Curtir

  47. josé vicente
    10/08/2010

    Olá Sr. Oliveira,
    Percebi que o senhor tem sérias dificuldades em separar “carnal” de “espiritual” e acaba misturando as coisas.
    O sr. faz referencia ao “reino de Deus na terra”.
    A este respeito, Jesus Cristo disse: “Meu reino não é deste mundo”.
    O sr. sabe, então, de onde é o reino de Deus?
    Se o reino de Deus não é deste mundo, porque ele precisaria de dinheiro?
    O sr. acredita, sinceramente, que o dinheiro pode nos levar ao reino de Deus e nos garantir a salvação?
    Toda igreja precisa se manter e pagar suas contas em dia. Mas igreja não precisa de carro importado, não precisa de avião, não precisa de rede de televisão, não precisa de tv por assinatura.
    Qualquer igreja sobrevive, e muito bem, com as ofertas, que são voluntarias e conforme o coração de cada um.
    O sr. considera como voluntária uma oferta onde o principal beneficiário estipula o valor dela?
    O sr. acha que é mais importante dar o dízimo, ou amar a Deus e ao próximo incondicionalmente?
    A viúva pobre não deu o dízimo, mas tudo o que tinha.
    O bom samaritano gastou boa parte do seu dinheiro com alguém que ele nem conhecia.
    Na parábola do fariseu e do publicano, o fariseu era dizimista fiel mas o publicano, não.
    O sr. pode nos mostrar uma passagem bíblica onde o dízimo tenha sido dado em dinheiro?
    Se o dízimo implica em salvação, e a salvação nos foi dada por Jesus Cristo, porque ele não deu o dízimo, nem ordenou que nós déssemos?
    Pense direitinho, senhor Oliveira.

    Curtir

    • Gilson de Oliveira
      07/10/2012

      O senhor é bem cabecinha de alfinete né ? Leia as materias postadas acima…não to a fins de repetir o que já foi postado… Deixe de ser preguisoso e pesquize… DINHEIRO NÃO SALVA NINGUEM… em nenhum momento fiz referencia a isso…TENHO QUASE ABSOLUTA CERTEZA QUE O SENHOR É APENAS UM MEMBRO…NUNCA ADMINISTROU UMA IGREJA PRA SENTIR NA PELE O QUE OS PASTORES SENTEM… QUE TEM VIGARISTAS TEM, MAS… VAI GENERALIZAR ? P Q TEU VIZINHO É LADRÃO OU GAY, O SENHOR É TAMBÉM ? o senhor se tronou cansativo…desculpe a sinceridade

      Curtir

      • Gilson de Oliveira
        07/10/2012

        O Reino não é deste mundo…mas engraçado que o proprio Jesus ensinou dizendo – OREM DIZENDO…VENHA A NÓS O TEU REINO – e depois disse – O REINO DE DEUS ESTA ENTRE VÓS ( Lucas 11:2 /// 17:21)

        Curtir

  48. silvana farias de sá
    18/09/2010

    foi com grande confusão em meu ser que me afastei da minha igreja,pois depois de ser ministrada a respeito da nova visão que ela adotaria,me senti completamente fora da mesma falo a respeito da visão do g12 da qual discordo completamente e percebo uma busca incessante das igrejas por bençãos por grandes templos, grandes avivamentos e curas e nos meus passeios pela net percebo com grande alegria muitas pessoas incomformadas como eu a busca pela volta de um evangelho puro e simples graças a Deus por isso.

    Curtir

  49. fabio
    02/10/2010

    Ola, irmã em Cristo Jesus.

    A questão em estudo realmente levanta inumeros comentários. Certamente você deve ter passado uma situção muito desagradavel quanto ao seu casamento. Ninguém sonha em casar-se na casa dos pais. Mas o importante é que você ainda está casada e creio em Deus que seu casamento será uma bencão para todo o sempre !
    Não vou comentar sobre o dizimo, pois vendo os inumeros comentários não me restam argumentos para basear uma tese no sentido contrário, muito menos no sentido exposto com felicidade por V.Sa.
    Não vou perder de vista seu próximo artigo, pois adoraria saber e, quem sabe, poder comentar com uma base sólida sobre o seu afastamento/desligamento de uma religião.

    Fica na paz !

    Curtir

  50. Edimar
    19/11/2010

    Noite passada assistir na TV, senas profundamente CHOCANTES, de famílias famintas, no lixão disputando com urubus e porcos a comida encontrada e separando objetos, papelão para vender e em outra sena uma senhora( impossibilitada de trabalhar) vasculhando o que restou da feira, para levar para os três netos menores que sustenta e em outra sena um casal que tiveram bens, perderam tudo, (o homem com defeito físico), morando em casebre e sem o que comer e outra sena um pai de família que sustenta a família(mulher e quatro filhos) com um salário mínimo, quando chega o 20º dia do mês, a geladeira encontra-se vazia. Culpo a hipocresia dos nossos governantes e as Igrejas que se dizem FILANTRÓPICAS (não pagam impostos mas cobram dízimo, ofertas, arrecadam em festas, em cantinas, vendem livros, CD , enfim, arrecandam absurdo) e onde é empregado este dinheiro? Nós sabemos, é só ligar a TV, Rádio, ler Revistas e Jornais, são empregados em construção de Mega-Templos, compra de TVs, Rádios, Editoras, Gravadoras, Carrões, Aviões. Será que foi isto que Jesus ensinou? Claro que não, ele ensinou AMAR O PRÓXIMO COMO A SI MESMO.

    QUE DEUS ESTEJA NO MEIO DE NÓS

    Curtir

  51. junior
    29/11/2010

    as palavras da bíblia e para serem obedecidas e não discutidas.
    em malaquias fala que devemos traze o dizimo, para que aja mantimento em minha casa.
    se a casa que a bíblia se refere não for a igreja e o que então?

    Curtir

    • josé vicente
      30/11/2010

      Dízimo é sinonimo de dinheiro?
      Na Congregação Cristã no Brasil não há dízimo. Como será que eles sobrevivem? E olha que eles possuem templos no mundo inteiro.

      Curtir

  52. junior
    30/11/2010

    vicente!

    aguem de alguma forma deve patrocinar o ministério,
    isso não deixa de ser um dizimo ou uma oferta.

    e impossível no mundo de hoje ter uma igreja nesse porte sem que aja dinheiro.

    Curtir

  53. Jose Jovino Martins
    11/12/2010

    Estrangeira. Parabens por sua visão quanto a obra do altissimo.Para si ele proverá, e digo ainda mais o provedor é o Senhor e não o homem.Fp 4.19 diz isso -2º Co 9.7 faça sua doação expontanea , com alegria,e não obrigado todo mes dar o que não os pastores te pesaram sobre os ombros. Deus seja conosco.abs

    Curtir

  54. Jose Jovino Martins
    11/12/2010

    Estrangeira. Parabens por sua visão quanto a obra do altissimo.Para si ele proverá, e digo ainda mais o provedor é o Senhor e não o homem.Fp 4.19 diz isso -2º Co 9.7 faça sua doação expontanea , com alegria,e não obrigado todo mes dar o que os pastores te pesaram sobre os ombros. Deus seja conosco.abs
    Sou Evangelista e cultuando estou ao meu DEUS,em casa,pois meu dizimo tam mais valor do que a minha pessoa.Dou aos pobres, estrangeiros e as viúvas, ou a quem o meu Deus me tocar.

    Curtir

  55. SAMUEL
    31/12/2010

    O TEMPO DA GRAÇA SOMENTE DEPOIS DA CRUZ!!!!!!!!!
    O DÍZIMO DOS SACERDOTES ERAM DADOS PELOS LEVITAS: DÍZIMOS DOS DÍZIMOS…

    Curtir

  56. SAMUEL
    31/12/2010

    O TEMPO DA GRAÇA SOMENTE DEPOIS DA CRUZ.
    O DÍZIMO DOS SACERDOTES ERA DADO PELOS LEVITAS: DÍZIMOS DOS DÍZIMOS.QUE SOMENTE OS LEVITAS PODERIAM RECEBER.
    ERAM DOZE TRIBOS, ONZE DAVAM 10%, PORTANTO OS LEVITAS, PARA NÃO FICAREM COM 110, DAVAM 10% AOS SACERDOTES, FICANDO, ASSIM COM 99 PARA AJUDAREM AOS NECESSITADOS…

    Curtir

  57. Dr. JNS
    02/03/2011

    Lí quase tudo que escreveram. Todos estão certos, curiosos e duvidosos! Quero dizer que como o dona da mateira, também sou pastor. Na verdade que aprendí, dei tudo que tinha, saí pelas riberinhas, alagando-me nas fortes torrentes amazônidas, minha esposa sem saber nadar, vivi 20 anos assim. Olhei todos os meus companheiros a maioria enriquecendo e outros, como eu empobrecendo. Questionei-me por 10 anos. Parei, pensei e resolvi. Entreguei a igreja que era pastor, e resolvi fazer curso de direito. E os dízimos, não quero mais recebê-los e sim os dar. Mesmo sabendo que na bíblia existe sim a doutrina dos dízimos, Jesus disse: “dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus, e falando de dinheiro. Sem dinheiro as igrejas não podem sobreviver. Mas a ganância de muitos pastores, que na verdade não tem nada de pastores, mas são “lobo devoradores” e que muitas vezes querem só receber e não dar; enquanto que coisa mais bem aventura e dar do que receber. Aí está o erro grotesco, que faz muita gente se perder! Sai dessa meu cara, meu irmão. Entregue seus dízimos, seja abençoado, pois só entrega dízimos quem ganha, e o mendigo apenas mendiga. Saiba separar os verdadeiros pastores de Jesus e do Espíorito Santo e os obreiros fraudulentos do diabo e viva feliz!!! – ABRAÇOS DOS IRMÃOS DA AMAZÔNIA

    Curtir

  58. Isaiassl
    01/04/2011

    ESTRANGEIRA, CORAÇÂO FERIDO….
    O meu ponto de vista é (ja que cada um pode expressar opniões diferentes com decência)

    Primeiro leia -> Levitico 27:30 – 34
    Tudo oque possuimos, incluido a vida, é dom de Deus, Deus estabelece que uma porção de tudo fosse dedicado e consagrado a ele.
    Veja em Lucas 16 (em Lc 16:13 As riquezas eram repreesentadas por Mâmon (veja no Fim). Jesus Usou a ilustração dos dois senhores para descrever um coração dividido, ao mesmo tempo devotado ao dinheiro e a Deus, ele quiz mostrar que o serviço às riquezas ímpedia total entrega a Deus.)
    Deveriamos nos preoculpar menos com dinheiro e sim em fazer a obra de Deus. Sendo que a obra de Deus é Oque?
    É só ler o cap. de Lucas de nº 10 vers.25 à 37. Você vai ver que o amor é o mais importante. Amor ao próximo, amor a Deus, a vida, amor a tudo que foi criado por Deus,
    ao Espirito Santo, a Igreja, Deus é amor. Já praticando oque lhe é verdade e obrigado verdadeiramente por Deus no caso o Amor como esta escrito em Romanos 13:v8 e v10.
    porque ele é amor 1ª João 4:v16, os demais são preenchidos.
    Veja: Se vc tem amor a Deus acima de tudo, tudo que vc tiver por gratidão vc dará a ele não por obrigação e sim por amor.
    A lei não somente biblica mas vivida e estipulada pelos homens veio pra nos ensinar, nos moldar e alcançarmos a perfeição.
    Ex: se vc mata alguem vc vai ser preso (lei homem) se vc mata alguem vc esta condenado ao inferno (Lei Deus). “Na lei doa homens a lei se aplica pra vc não cometer o mau, nas lei de Deus para se Obter a Vida Eterna. Não significa que vc preciza seguir. cada qual vc terá a consequência.
    Voltando ao Principal, O DIZIMO sim ele era uma obrigação estipulada ao levitas, e até hoje tbm é obrigado. Sim vc no minimo é obrigado por gratidão a Deus a dar não só o dizimo, mais oferta, amor ao proximo, se preocupar com a casa dele. digo VC É OBRIGADO mas no sentido (figurado, isto é, é o minimo que vc pode fazer para Deus, por ele, pela Casa d’Ele) já que tudo que vc tem, a vida, os sentimentos, o seu emprego, o seu dinheiro, a sua casa, sua familia, tudo… foi dado por ele.

    Claro com sabedoria. Ex: Não vá pegar o dinheiro de seu aluguel, e ao invez de paga-lo entrega-lo de oferta, vc vai ser envergonhado e não dará um bom testemunho.
    Deus não quer que vc passe a vida sendo envergonhado, Deus quer te dar prosperidade. Mas quando vc estiver em tempo de prosperidade. Apenas honre ele já que foi Ele quem lhe deu.

    PRATIQUEM digo tanto eu quanto vc que esta lendo. Primeiro o reino dos céus e as demais coisas vos serão acrecentadas Mateus 6:33

    PRATIQUEM O AMOR, A DEUS, AO PROXIMO A OBRA….
    I Corintios 3:21 “Portanto ninguém se glorie nos homens; porque tudo é vosso”

    DICIONARIO:
    MAMON
    Mamon é um termo, derivado da Bíblia, usado para descrever riqueza material ou cobiça, na maioria das vezes, mas nem sempre, personificado como uma divindade. A própria palavra é uma transliteração da palavra hebraica “Mamom” (מָמוֹן), que significa literalmente “dinheiro”. Como ser, Mammon representa o terceiro pecado, a Ganância ou Avareza, também é um dos sete princípes do Inferno. Sua aparência é normalmente relacionada a um nobre de aparência deformada, que carrega um grande saco de moedas de ouro, e “suborna” os humanos para obter suas almas. Em outros casos é visto com uma espécie de passáro negro (semelhante ao Abutre), porém com dentes capazes de estraçalhar as almas humanas que comprara.

    Deus te abençoe…

    Curtir

  59. lucinhah
    16/10/2011

    Poxa sou cristã a 9 anos e ando muito desanimada por conta dessa questões financeiras na igreja.Agora depois da pregação nem o apelo de salvação se faz mais,o pastor já pula para o momento das ofertas,a reforma da igreja durou quase 4 anos,e agora todo mes tem um sacrificio novo.A umas semanas atrás aconteceu uma coisa que achei o cumulo do absurdo,sou atalaia e estava em uma das portas,a irmã me deu uma bronca porque eu estava esperando os irmãos pedir o evelope de ofertas,ela disse que eu ñ tinha que esperar pedir eu tinha que enfiar os envelopes na pessoas(foi essa mesmo a expressão que ela usou)que tinha muita gente com o dinheiro no bolso e ñ queria dar,ai eu falei:mais irmã a palavra diz que é com alegria e ñ por obrigação,ela falou que nada irmã ,ese povo é muito pão duro.Eu simplismente ri e não acreditei naquilo.Mais estou orando a Deus porque eu sei que qndo nos decepcionamos com o homem acabamos nos afastando dele.e isso eu não quero,não quero voltar ao que eu era antes,porque a minha alegria esta nele.estou pesquisando ver se acho aqui na baixada santista-sp,uma igreja que não cobre dizimo,se alguem poder me ajudar agradeço.

    Curtir

    • LUIS
      11/04/2012

      PROCURE A CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL,NA BAIXADA SANTISTA EXISTEM MUITOS TEMPLOS, LÁ NÁO SE COBRA DÍZIMO QUE É UMA ORDENANÇA AO POVO JUDEU DO VELHO TESTAMENTO, MAS SIM SÃO FEITAS AS COLETAS VOLUNTÁRIAS DE ACORDO COM O NOVO MANDAMENTO ENCONTRADO EM 1 CORINTIOS 16 QUE DIZ PARA “CONTRIBUIR VOLUNTARIAMNETE SEGUNDO A PROSPERIDADE DE CADA UM”. ESTA CONTRIBUÇÃO É SECRETA, (OBEDECENDO A JESUS “NÃO SAIBA A SUA ESQUERDA O QUE FAZ A SUA DIREITA QUANDO FOR CONTRIBUIR) NINGUEM SABE QUANTO VOÇE CONTRIBUI E SE CONTRIBUI E A MAIOR PARTE DO DINHEIRO É PARA A AJUDA DOS POBRES POIS NA CONGREGAÇÃO NINGUÉM TEM SÁLARIO, TODOS TABALHAM VOLUNTÁRIAMENTE ,MESMO OS DIRIGENTES.,POIS DIZ A “PALAVRA DE GRAÇA RECEBESTE DE GRAÇA DAI”. O APÓSTOLO PAULO EM ATOS CAP.20 DEU UMA AULA AOS PASTORES DE ÉFESO DE COMO DEVERIAM DIRIGIR AS IGREJAS, TRABALHANDO COMO ELE (ÉRA CONSTRUTOR DE TENDAS) PARA NÃO SER PESADO A NINGUEM, POREM OS PASTORES NÃO PREGAM PARA A IGREJA ATOS 20 E 1 CORINTIOS 16 , ( E OUTROS CAPITULOS MAIS) POIS ISTO OS DEIXARIA NUMA SITUAÇÃO MUITO DIFÍCIL PERANTE SEU REBANHO QUE ABRIRIAM OS OLHOS PARA A VERDADE OCULTADA. O QUE DA PENA É QUANDO LEMBRAMOS O QUE JEZUS DISSE ;”PODE UM CEGO GUIAR OUTRO CEGO,NÃO CAIRÃO AMBOS NA MESMA COVA”. VOÇE ESTA CERTA ,PROCURE SERVIR A DEUS E NÃO A MERCENÁRIOS. DEUS ABENÇOE.ATT LUIS.

      Curtir

      • Gilson de Oliveira
        06/10/2012

        Aplique a Semântica (do grego σημαντικός, sēmantiká, plural neutro de sēmantikós, derivado de sema, sinal), é o estudo do significado. Incide sobre a relação entre significantes, tais como palavras, frases, sinais e símbolos, e o que eles representam, a sua denotação. ) em cima deste texto : 1 CORINTIOS 16 QUE DIZ PARA “CONTRIBUIR VOLUNTARIAMNETE SEGUNDO A PROSPERIDADE DE CADA UM”. Essa passagem faz referencia ao dizimo sim senhor, pois fala de ser EQUITATIVO (Sinônimos: equilibrado certo justo igualitário imparcial distributivo equitativo apropositado apropriado arrazoado bom consciencioso devido direito exato harmonioso íntegro justiceiro legítimo merecido nobre probo reto são desapaixonado equânime insubornável linheiro vertical mais… ) e nada mais equitativo do que o dizimo. Ninguem da mais ou menos no valor e sim, na porcentagem, de acordo a prosperidade de cada um. Ganhou 10 mil = 10% = mil de dizimo / Ganhou mil = 100 R$ de dizimo. QUEM DEU MAIS ? Ninguem, pois cada um contribuiu de acordo com sua prosperidade e houve uma contribuição justa… Do obreiro, que vive 100% em favor da igreja, nada mais justo do que a igreja alimenta-lo, dando o salario justo, veja: O Apostolo Paulo disse: ” Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho. 1 Coríntios 9:14″ e disse mais…” Porque na lei de Moisés está escrito: Não atarás a boca ao boi que trilha o grão. Porventura tem Deus cuidado dos bois? Ou não o diz certamente por nós? Certamente que por nós está escrito; porque o que lavra deve lavrar com esperança e o que debulha deve debulhar com esperança de ser participante. Se nós vos semeamos as coisas espirituais, será muito que de vós recolhamos as carnais? Se outros participam deste poder sobre vós, por que não, e mais justamente, nós? Mas nós não usamos deste direito; antes suportamos tudo, para não pormos impedimento algum ao evangelho de Cristo. Não sabeis vós que os que administram o que é sagrado comem do que é do templo? E que os que de contínuo estão junto ao altar, participam do altar?
        Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho. 1 Coríntios 9:9-14 “ VAMOS ESTUDAR BIBLIA POVO DE DEUS E PARAR DE FALAR SEM METOLOGIA DE INTERPLETAÇÃO BIBLICA…
        [editada propaganda de faculdade de teologia não reconhecida pelo MEC – perda de tempo e de dinheiro, uma vez que o conhecimento se dá com maior qualidade em faculdades reconhecidas pelo MEC] Abraços

        Curtir

  60. Irmão Quarto
    23/11/2011

    666 é o número DA BESTA; 10% é o número DOS BESTAS

    Curtir

  61. Noamordecristo
    01/12/2011

    O que eu vejo é que o SENHOR “Caiu Sábio” (codinome do Caio Fábio) rsrsrs, tá criando só monstrinhos!!!! Quem quiser que dê o quanto achar conveniente. Se eu quiser dar os 10%, eu tenho base bíblica pra isso! Pronto!!!!!! Parem de ficar perdendo tempo tentando descredibilizar as igrejas, que ainda são os melhores recuperadores sociais de nossos dias. Caiu Sábio não conseguiu pegar a “boquinha” e agora fica detonando todo mundo, pois o dossiê Cayman derrubou o profeta, mas ainda não derrubou o orgulho desse homem!!!!! Vamos parar com essa hipocrisia!!!!!

    Curtir

    • lucinhah
      01/12/2011

      Gostaria de fazer uma pergunta para vc,prque naquela passagem de jesus com o jovem rico qd ele manda ele vender td para seguilo ele não manda ele da o dizimo,ele podia ter falado né,vai vende td da o dizimo,da o restante aos pobres.porque sérá né????Quanto a igreja ser recuperadora social não creio nisso,creio no Espirito Santo como regenerador e restaurador de vidas,porque todo dinheiro que entra na igreja é usado em causa própria,porque se vc precisar de ajuda financeira é a maior burocracia.Quero te dizer tm que eu não sou contra o dizimo sou contra o uso que se faz dele,porque se a base biblica é la do velho testamento o uso tem que ser como antigamente.Lá naquele tão famoso texto de malaquias 3,Deus disse tragam todos os dizimos a casa do tesouro para que não falte ALIMENTO,e não um sálario de 20 mil reais para um pastor.
      OBs:eu nunca assisti a nenhuma pregação do Caio fabio.
      Fica na paz do senhor.

      Curtir

  62. Noamordecristo
    02/12/2011

    O Espírito Santo realmente é o regenerador de vidas, mas Ele usa pessoas, minha querida! E vc não precisa crer no óbvio, a igreja é sim grande regeneradora social através do Espirito Santo de Deus! É só observar quantos ex-traficantes, ex-drogados, ex-ladrões, ex-prostitutas… Nossa! Ficaria aqui o dia inteiro fazendo esta lista de “ex”! Contra fatos, qualquer argumento é nulo! Agora o que alguns pastores corruptos fazem com esse dinheiro é problema deles com Deus! Eu não tenho nada a ver com isso! Diante de Deus cada um responderá por si!
    Abraços,
    Que Deus abençoe sua vida!

    Curtir

  63. Noamordecristo
    03/12/2011

    Ah! só lembrando do jovem rico. O dízimo é embasado no salário e não nos bens que já tínhamos adquirido! Nesse caso ele daria tudo o dantes já possuía. Não há neste texto nenhuma aferência à salário!
    Abraços!

    Curtir

    • lucinhah
      03/12/2011

      pois é mas não é isso que é pregado nos pupitos.Ser dizimista fiél se tornou um estatus,não importando se vc é fiél aos outros mandamentos de Deus.Todos fazem questão de enfatizar a maldição sobre a vida daqueles que não são dizimistas,mas não vejo o mesmo empenho na hora de pregar o “ide fazei discipulos” tenho certeza que Deus tem mauis enterresse nas vidas perdidas do que em dinheiro.
      Abraços e paz.

      Curtir

      • Gilson de Oliveira
        06/10/2012

        Seja mais educado e não generalize… Isto não é verdade. Dizimo é antes da lei, durante e depois, vcs querendo ou não. Além do mais, na igreja que eu frequento, quase nunca se fala sobre dinheiro, mas o povo por amor e pelas bençãos derramadas tem prazer em contribuir de com a igreja com seus dizimos e ofertas e se os líderes administram errado, problemas deles com Deus na eternidade. A intenção de quem contribui é a de apoiar a obra do Reino de Deus, nesse mundo capitalista, onde Deus , faz de nós, corpo de Cristo, mão de Cristo, perna de Cristo, e nós com a benção do Senhor geramos os recursos para a manutenção da obra. E vem voces com este papo aparentemente puro, porém polemico e destrutivo… Se formos ser radicais então te ordeno que faça como os do tempo da graça, da igreja primitiva, que NÃO DAVAM DIZIMO, DAVAM TUDOOOOOO ! Acha que dizimo ta errado ? ENTÃO DE TUDO O QUE VC TEM PELO MENOS, NÃO ESTARÁ APENAS ENCHENDO AINTERNETE DE LOROTA , MAIS ESTARÁ COM O SEU TUDO, PRATICANDO BIBLIA E AJUDANDOA OBRA DE DEUS NA TERRA. OBS: Não é nescessario dar o tudo…eles faziam isso porque achava que iria termiar tudo naquele tempo presente. Voce sendo fiel no dizimo, estara apoiando a obra e ainda ficando com 90% pra cuidar da tua vida debaico das promessas da multiplicação. Abraços a todos. QUER UM ESTUDO MP3 SOBRE O DIZIMO ? peça pro Pr.Gilson pelo email: proliver@hotmail.com Abraços

        Curtir

  64. Noamordecristo
    04/12/2011

    Deus realmente não precisa de dinheiro, Ele é Dono de tudo! O que eu não gosto é de generalização! Colocam todo mundo num pacote só, como se toda igreja evangélica fosse corrupta. Sabemos que isso não é verdade! Há muitas igrejas sérias e compromissadas com o evangelho de Jesus!
    Que Deus lhes abençoe!

    Curtir

  65. Reforma Já
    09/03/2012

    Olá, a paz Estrangeira!

    Muito bom o seu conceito sobre o dízimo e igreja – uma Lei sem Graça – o título é também é fantástico! Gostei também quando você escreveu: “Daria contribuições voluntárias, talvez nem na igreja, mas para os irmãos-de-banco. Lembro-me, nesses anos todos, de muitas vezes em que dei meu dízimo com dificuldade, e ao meu lado havia irmãos ainda mais necessitados, mas que não recebiam nada da igreja.”

    Em face do artigo veiculado acima, gostaria de convida-la e o(s) amigo(s) a ler um TCC acadêmico/teológico sobre o dízimo que está postado no site [ http://www.reformaja.org ] no link “arquivos”: A sombra do Templo no Dízimo e na Igreja.

    Também acreditamos que o material produzido faça parte do vosso ambiente de estudo e análise. Por esta razão, leia a pesquisa até o fim se for possível, pois o desenvolvimento do texto é realmente “desafiador”.

    Um abraço!

    Curtir

  66. ailton amaral costa
    18/04/2012

    a paz para todos,li e achei importante o seu comentario e acredito que vc se decepcionou muito com a maneira de administrar da sua igreja local,entendo que a comunhao ,o culto e a presença de deus em sua vida é e sera muito mais importante do que uma forma de administraçao de uma denominaçao, o seu culto racional foi simplismenteretirado de sua vida por algo que vc nao terá que dar contas.sou pastor e aqui na igreja o dizimo nao é um imposto ou uma obrigatoriedade, antes de tudo é um dos momentos do culto onde viemos ao altar com o coraçao livre de qualquer pecado e oferecemos ao senhor com base no at e no nt as nossas ofertas e dizimos.nao quero magoar a irma, mas DEUS quer muito mais do que o dizimo e a oferta financeira,ELE quer vc com um coraçao contrito e pronto a fazer a sua votade.talvez vc esteja transferindo a resonssabilidade de sua vida espiritual,ou seja , sua conduta crista,ao fato de haver muita gente irresponssavel com relaçao aos dizimos e ofertas na epoca em que estamos vivendo.digo isto minha irma porque os escandalos estao cada vez mais em evidencia,no entato eu e vc, bem como todos os que um dia conheceram a CRISTO,devem servi-lo em um ambiente de comunhao.que é a igreja, acredito que DEUS esta lhe chamando para lhe dar a visao do evangelho genuino e nao apenas uma concepsao sobre como administra dizimo e ofertas.o evangelho é e sempre ser´´a o poder de DEUS maior do que dizimos e ofertas que é algo pessoal e vc faz se quizer ou em reconhecimento a um DEUS que pra mim prove todas as coisas.finalizo dizendo o que paulo disse”o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males” e se vc esta longe da comunhao da igreja isto é um mgrande mal.foi um przer ler o seu artigo e estou a sua disposiçao para entender-mos melhor esta questao. sou pastor no vale do jequitinhonha e aqui temos aprendido a servir o senhor pois esle tem cuidado de nos. 33-3732 1403 pastor ailton amaral costa.

    Curtir

  67. Graziely Freitas
    14/07/2012

    Oi gente!!Sou de goiania-goias e tambem me decepcionei com esse evangelho lixo pregado nas igrejas.Infelizmente a igreja de Atos esta bem loooonge do que acontece hoje.Prefiro mais a comunhao dos irmaos em casa,muito mais genuino!Tambem parei de “dizimar “ha anos e nada tem me faltado.Diariamente Adonay tem suprido minhas necessidades e dos meus filhos.Nao precisamos de frequentar igreja e nem dar dinheiro para nenhum pastor,prefiro ajudar os irmaos que precisam e dividir o pouco que tenho!No Brasil e de praxe pastor nao trabalhar e viver dos mega salarios dos clientes,oops,fieis…..Adonay quer nos abençoar na medida em que Ele esta no controle de nossa vida 100%.Ele nao precisa do nosso dinheiro…O Messias nunca pediu dinheiro pra fazer nenhum milagre,pediu? Joao 14:15..se me amais guardareis meus mandamentos….!Isso Ele disse!Agora,obedecer aos mandamentos de Deus ninguem quer!Estou falando dos 10 mandamentos,guardar o sabado!!..Olha,leiam a Biblia com atençao,nao essa Biblia traduzida para o portugues pelo papado que alterou o sentido de boa parte do novo testamento.,desvirtuando o real sentido,introduziram a trindade,a adoraçao ao domingo…Adonay mandou santificar o sabado e hoje se santifica o domingo.O Messiass nunca anulou a Lei!Ele veio mostrar como obedecer a Adonay.Olha,sou missionaria e evangelizo com dinheiro tirado do meu bolso,com o dinheiro do trabalho que Adonay me concede.Nao dependo de igreja nenhuma que alias nunca me ajudou em nada.Eu obedeço a voz do Eterno,onde me envia eu vou e se nao tenho dinheiro,Ele providencia de forma maravilhosa!Se nao tenho dinheiro pra comer,Ele nos envia,ate no chao de restaurante ja achei dinheiro pra pagar o nosso almoço,pois vivemos pela fe!Irmaos,vivam diariamente pela fe mesmo,ore e deixem Adonay cuidar de nossas vidas,Ele vai entrar com sua providencia,sua cura,seus milagres!Sua intimidade com o Eterno nao depende de dizimo nem de ofertas,depende de sua obediencia a Ele! Igrejas de cimento estao todas um lixo!N ahora de ajudar um irmaozinho,os pastores e cia saem de fininho,sao raros os pastores que ajudam e se ajudam ja querem logo que vc frequente a igreja deles pra dar dizimo!Congregar nao e ir para templo nao, e reunir ,mas reunir em qualquer lugar!Sou serva deAdonay,guardo o sabado ordenado por Adonay, em Exodo capitulo 20,procuro viver uma vida em obediencia a Ele,sou missionaria,estou a serviço do Rei de Israel,Ele que me banca,que supre todas as minhas necessidades e quem me salvou foi o Messias judeu que morreu na cruz do calvario.E orem pelos nossos irmaos que sao judeus tambem e que estao sendo perseguidos e mortos em Israel por aceitarem e crerem no Messias que foi crucificado pelos nossos pecados, o filho de Adonay.Eles se reunem nas casas uns dos outros ou em sinagogas messianicas que nao cobram o dizimo porque o templo foi destruido em 32 DC pelo general Tito que invadiu Jerusalem e destruiu a cidade e o templo e nao ha mais levitas la, nem sacerdotes minha gente!!!Somente no Brasil que esse conceito de “dizimo” teve tanto exito assim.Nao dizimamos e nao iremos dizimar nunca porque o Adonay,o Eterno nao se compra com dinheiro!Acordem por favor! Vivam pela fe!Fe, a certeza que quando colocamos nosso problema diante Dele e descansamos nosso coraçao,Ele ira nos ajudar,nos dara uma saida!Gente,tambem sou diarista e passo roupas! Foi essa a porta que o Senhor me abriu e nao tenho vergonha de dizer isso apesar que aqui no Brasil as pessoas discriminam,ainda possuem uma mentalidade tao antiquada.,tao pobre!Se eu precisar capinar lote,vou tambem! Vergonhoso e humilhante e roubar e sugar o dinheiro dos outrso,a corrupçao dos politicos em brasilia ea mesma dos pastores que cobram dizimo.Se nem em Israel se cobra dizimo,porque que aqui vai se cobrar? Por causa do jeitinho brasileiro?Que o Eterno supra anecessidade de todos! Shalom! Obs: meu teclado esta com as teclas de acentuaçao estragadas,ok? TTAMBEM SOU UMA ESTRANGEIRA NO MUNDO !!!

    Curtir

  68. Regino
    28/07/2012

    SOU MUITO GRATO A DEUS PELA SUA MISERICORDIA DE TER ME TIRADO DO MEIO DOS FALSIFICADORES DO EVANGELHO E ME MOSTRADO A VERDADEIRA GRAÇA A QUAL TUDO É DE GRAÇA COMO CRISTO DECLAROU,,TER ME DADO O ENTENDIMENTO DO EVANGELHO DA SALVAÇAO.,,, ONDE SIRVO A DEUS NAO SE PREGA DIZIMO,,,SE PREGA VIDA ETERNA,,,SALVAÇÃO ,E AS DEMAIS COISAS SAO ACRESCENTADAS EM NOSSAS VIDAS.

    Curtir

  69. João Celso
    12/08/2012

    Ola amigos leitores, olha a muitos anos me questiono, sobre boa parte desses comentários postados por muitas pessoas, sobre dizimo, forma absurda de usar o nome de Deus para tirar proveito distorcendo o o objetivo real do dizimo, para arrecadar milhões, muitas vezez tirando o alimento de muitas bocas, para construção de obras faraónicas, e compra bens e imóveis lujuosos, para o bem estar de uma minoria. e parabnes pela sua iniciativa de esclarecer a muitas pessoa sobre esse absurdo usado por muitas igrejas.

    Curtir

    • Gilson de Oliveira
      13/08/2012

      O que acho um absurdo é que a maioria dos que postam aqui, mensagens contra o dizimo, gastam 10% com roupas, 10% com agua, 10 com luz, 10% com Coca Cola, 10% com Sorvete, 10% com farmacia, 10% com outras coisas, mais na hora de gastar 10% pra ajudar a igreja existir como organismo ficam questionando… Isso sim que é um absurdo. Generalizar roubo ou malversação de fundos é outro absurdo. Chamem os bois pelo nome. Edir Macedo e sua raça de víbora, Apostolo Valdomiro e sua raça de víbora e outros estão sim sendo mercenarios gospel, mas isso não pode ser motivo de desmerecimentos para diversas igrejas e pastores honestos que dependem do apoio financeiro dos fieis para a manutenção e avanço da igreja no seu todo. O valor 10% é equitativo pois faz da contribuição algo “igual para todos” indiferente do valor depositado, pois vai de acordo ao ganho de cada um. Além do mais o Dizimo foi antes da lei e não esta proibido e nem revogado no tempo da graça. Penso em particular que esta é mais uma artimanha do diabo para tentar neutralizar as finanças das igrejas e prejudicar o avanço do Reino de Deus na terra. Infelismente muitos mau formados e mau informados estão aqui neste blog, contribuindo não com 10% pra obra de Deus na terra e sim com 100% de comentarios destrutivos a favor do inferno. Quer um estudo em MP3 gratuíto sobre o dizimo, com duração de 45 minutos ? me mande teu email. O meu é : proliver@hotmail.com Abraços com carinho a todos. Paz e graça.

      Curtir

      • Paulo Jurley
        04/10/2012

        Eu acho que vc deveria estudar mais a Bíblia antes de afirmar coisas que vc não sabe, quando afirma que ” o dízimo não foi revogado no tempo da graça”! se não, vai ser um cego guiando um montão de outros cegos e ambos vão cair todos no buraco do inferno!

        Quem é guiado pelo Espirito Santo não precisa da Lei do dízimo como cabresto para contribuir e ajudar na igreja.

        Eu contribuo na igreja sempre, às vezes mais do que meu dízimo, às vezes menos, mais uma coisa eu sei, sempre contribuo de coração, pois na graça é assim, “que cada um contribua conforme propôem em seu coração” II Cor 9:7.

        Cuidado com esses “estudos”, pois para mim o único estudo real e verdadeiro é a bíblia sagrada.

        Obs- Você não sabia que diversas igrejas já se mantem sem o dízimo, como a exemplo a congregação cristã do Brasil, que aliás é muito mais bonita e organizada do que muitas que cobram dízimo.

        e aí como fica agora?

        igreja sem dízimo é possível sim e temos várias.

        Estarei orando para que Deus te revele a “Verdade”

        Curtir

  70. elandruda
    01/09/2012

    Quanto Jesus disse a Pedro, pegue o dinheiro na boca do peixe e vá pagar impostos (quem estará errado, a bíblia ou Jesus ?)
    Alguém poderia lembrá-lo !!! OPS….e o dízimo…..esqueceu…(Ou as igrejas de hoje estão mais certas que ambos).

    Curtir

  71. elandruda
    01/09/2012

    Muitos dizem: Se der o dízimo, Deus vai abençoar suas vidas !!!. Aí logo penso, o apóstolo Paulo morreu em uma prisão sem nada, Pedro e muitos outros. Deus não olhou para Eles !!. Seriam então infiéis, que Cristianismo é esse? Bem…Jesus nunca pregou cristianismo…..mas “O CAMINHO”.

    Curtir

    • Gilson de Oliveira
      06/10/2012

      Voces não estão defendo o evangelho e sim “suas denominações, que também tem suas formas particulares de interpletar a biblia ” No teu caso, pelo pouco QUE LI, VC DEVE SER DAQUELE GRUPO DE IRMÃOS QUE A IGREJA NÃO TEM NOME, no entando é conhecida por ” IGREJA SEM NOME ” ou ” IGREJA DO CAMINHO ” ou ” outra nomenclatura, que afinal, não deixa de ser um nome…Veja o que segue abaixo: Aplique a Semântica (do grego σημαντικός, sēmantiká, plural neutro de sēmantikós, derivado de sema, sinal), é o estudo do significado. Incide sobre a relação entre significantes, tais como palavras, frases, sinais e símbolos, e o que eles representam, a sua denotação. ) em cima deste texto : 1 CORINTIOS 16 QUE DIZ PARA “CONTRIBUIR VOLUNTARIAMNETE SEGUNDO A PROSPERIDADE DE CADA UM”. Essa passagem faz referencia ao dizimo sim senhor, pois fala de ser EQUITATIVO (Sinônimos: equilibrado certo justo igualitário imparcial distributivo equitativo apropositado apropriado arrazoado bom consciencioso devido direito exato harmonioso íntegro justiceiro legítimo merecido nobre probo reto são desapaixonado equânime insubornável linheiro vertical mais… ) e nada mais equitativo do que o dizimo. Ninguem da mais ou menos no valor e sim, na porcentagem, de acordo a prosperidade de cada um. Ganhou 10 mil = 10% = mil de dizimo / Ganhou mil = 100 R$ de dizimo. QUEM DEU MAIS ? Ninguem, pois cada um contribuiu de acordo com sua prosperidade e houve uma contribuição justa… Do obreiro, que vive 100% em favor da igreja, nada mais justo do que a igreja alimenta-lo, dando o salario justo, veja: O Apostolo Paulo disse: ” Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho. 1 Coríntios 9:14″ e disse mais…” Porque na lei de Moisés está escrito: Não atarás a boca ao boi que trilha o grão. Porventura tem Deus cuidado dos bois? Ou não o diz certamente por nós? Certamente que por nós está escrito; porque o que lavra deve lavrar com esperança e o que debulha deve debulhar com esperança de ser participante. Se nós vos semeamos as coisas espirituais, será muito que de vós recolhamos as carnais? Se outros participam deste poder sobre vós, por que não, e mais justamente, nós? Mas nós não usamos deste direito; antes suportamos tudo, para não pormos impedimento algum ao evangelho de Cristo. Não sabeis vós que os que administram o que é sagrado comem do que é do templo? E que os que de contínuo estão junto ao altar, participam do altar?
      Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho. 1 Coríntios 9:9-14 “ VAMOS ESTUDAR BIBLIA POVO DE DEUS E PARAR DE FALAR SEM METOLOGIA DE INTERPLETAÇÃO BIBLICA…
      [editada propaganda de faculdade de teologia não reconhecida pelo MEC] Abraços

      Curtir

  72. Gercino P Lima
    11/11/2012

    tema conplicado este dizimo.
    na minha umilde opiniao .pagar dizimo e rejeitar cristo por isso nao sou mais dizimista
    so que as grandes enpresas religiosas munca vai aceitar a verdade
    e preciso que nos que pela misericordia de Deus. estamos livres em cristo
    damos testemulho da verdade.

    Curtir

  73. fabiana andrade
    26/11/2012

    Congrego numa igreja pequena onde há a imposição da “devolução” do dízimo, porém como esta imposição nunca me soou bem, pelo contrário, as poucas vezes q dei o dízimo, não havia paz no meu coração. Paz e tranquilidade eu sempre senti e sinto com o ato voluntário de ofertar. Bom, com isso decidi não mais ser dizimista independente do q pensem d mim, pois sei q Deus conhece meu coração…Uma certa noite de domingo o pastor da minha igreja pregou sobre dízimo (malaquias), chamou uma irmã p dar um testemunho de prosperidade. Ouvi td atentamente, mas foi ali q pensei “posso estar num lugar congregando com um grupo não estando d acordo com tal imposição”?, afinal de contas não sou “crente de banco”. Eu canto na igreja, q por sinal está mt carente neste aspecto e estou ali com a intenção de ajudar mesmo. Foi então q falei com o pastor q gostaria de conversar com ele em cima do tema dízimo…ele já soltou p mim “mas o dízimo é bíblico” e eu disse “velho testamento pastor. Se seguirmos uma lei e as demais não, tb estamos errados, isso eu sei q esta na biblia”. Resumindo, queria mt uma ajuda, pois vou conversaremos com mais calma, e como ele é formado em teologia e td mais, nao gostaria d, ainda q nao seja convencida (dificil) d q devo pagar o dizimo, ficar calada sem ter como defender a minha interpretação sobre o tema por me faltar manejo ou domínio com as escrituras.

    Curtir

  74. PERICLES
    28/11/2012

    JESUS disse nao busquei tesouros na terra onde a traça e a ferrugem consome
    se tende com que se vestir e comer estejais contentes com isso
    a unica promessa que DEUS fez ao homen e a vida eterna
    ele naoprometeu riqueza pra ninguem neste mundo
    da o melhor que temos pra DEUS issoe o que importa e deixa que ele vai cuidar de cada um conforme
    a sua vontade
    abraço a todos e fiquem na paz do SENHOR

    Curtir

  75. Teresa Queiroz Aliberti
    24/03/2013

    Paz irmãos!
    Também me encontro no mesmo dilema, por isso cheguei até aqui, pesquisando sobre o assunto, pois me sinto triste, decepcionada com o que pregam em todas igrejas as quais congreguei. Ñão há necessidade de ser teólogo para entender o evangelho, o qual é feito para os simples de coração. Sempre peço orientação ao Espírito Santo para me guiar na verdade, e entendí ser o dízimo forma de coação e um desserviço para o Reino de Deus. As igrejas precisam sim de auxilio financeiro para levar a palavra, mas que não é dizimo não precisa ser teólogo para saber que não é. Nas igrejas tanto católicas como protestantes as quais frequentei, me fizeram sentir culpada e ladra, destinada a sofrer sob ação do devorador. Mas Deus conhece os que são seus e maior é quem está em nós do que o que está no mundo, Aleluia!!

    Curtir

  76. alessandro
    29/09/2014

    sou cristão, e não concordo com o dízimo, e todos os irmãos q comento acham um absurdo a minha posição quanto o assunto, mais tenho convicção, pois vivo no tempo da graça. Muitos pastores não querem ver a verdade, lhes falta fé em crer q DEUS PODE suprir a igreja

    Curtir

  77. Oswaldo
    19/10/2017

    https://polldaddy.com/js/rating/rating.js2Corintios 3:14-18, diz: Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por Cristo abolido;
    E até hoje, quando é lido Moisés, o véu está posto sobre o coração deles.
    Mas, quando se converterem ao Senhor, então o véu se tirará.
    Ora, o Senhor é o Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade.
    Galatas 3:10, diz: Todos aqueles, pois, que são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las.
    Hebreus 7:9-16, diz: E, por assim dizer, por meio de Abraão, até Levi, que recebe dízimos, pagou dízimos.
    Porque ainda ele estava nos lombos de seu pai quando Melquisedeque lhe saiu ao encontro.
    De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque, e não fosse chamado segundo a ordem de Arão?
    Porque, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei.
    Conclusão: O Velho Testamento foi por Cristo abolido. Quem esta debaixo da Lei esta debaixo da maldição. Mudou o sacerdócio, mudou a Lei. Logo, a igreja que esta debaixo do dizimo esta debaixo da MALDIÇÃO.
    Nota:a Palavra de DEUS diz que tem dois senhores: O Senhor Jesus Cristo ou Mamon.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 19/07/2009 por em Ser estrangeira e marcado , , , , , , , , .
%d blogueiros gostam disto: