Uma estrangeira no mundo

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Filme A Troca: uma lição de Igreja


Nesse final de semana alugamos alguns filmes (não pegue o tal do A Rota pois é horrível, uma imitação com seríssimas restrições orçamentárias do sucesso Tropa de Elite), entre os quais o A Troca, com a “horrorosa” da Angelina Jolie e John Malkovich (irreconhecível como o Reverendo Briegleb).

Não convém contar a história do filme, apenas que por conta do que diz o título todo o enredo se desenvolve, numa sucessão de injustiças a fim de se esconder um erro. Afinal, reconhecer erros não é o forte do ser humano, ainda mais quando imbuído de poder. Tudo ficaria por isso mesmo, não fosse a intervenção do Rev. Briegleb e sua congregação.

Você quer ver na prática a Igreja como portadora e buscadora da Justiça? Quer ver a Igreja como baluarte da ética? Quer ver um líder religioso cumprindo sua missão, que é verdadeiramente pastorear as ovelhas, importando-se mesmo com quem não faz parte do seu rebanho?

Assista a esse filme. O melhor de tudo é que é uma história baseada em fatos reais, ocorridos nas décadas de 20 e 30. Quem tem fome e sede de justiça sofrerá e se alegrará muito com esse filme, cuja mensagem final é de ESPERANÇA para todos, inclusive para a Igreja.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 28/09/2009 por em Ser estrangeira e marcado , , , .
%d blogueiros gostam disto: