Uma estrangeira no mundo

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Um tristemunho que Deus transformou em testemunho


Este artigo vai ser um pouco mais longo que os demais. É um resumo de parte da minha vida, em especial o porquê de eu ter me “convencido”, e depois como fui verdadeiramente convertida a Cristo. Demorei para escrever sobre isso, por ser um assunto muito dolorido. Porém, as dores se passaram, tudo se fez novo, e espero que esse testemunho sirva para ajudar a muitos que sofrem por aí, inclusive por causa de “revelamentos” nas igrejas.

Desde sempre fui católica. Lembro-me pequenina, dez ou onze anos, indo sozinha à Igreja Nossa Senhora da Glória, no Cambuci (São Paulo), assistir à missa semanal e para participar dos grupos (catecismo, filhas de Maria, depois grupo de jovens e Renovação Carismática). Sempre fui considerada uma pessoa muito inteligente, com uma incrível facilidade para aprender e para escrever (nunca faço rascunho dos meus textos, começo a escrever e rapidamente termino, com as idéias colocadas em ordem – talvez, se rascunhasse, poderia escrever coisas melhores). Essa “inteligência” fez com que, com o passar dos anos, embora continuasse aparentando a menina meiga e prestativa de sempre, por dentro me enchesse de orgulho e vaidade.

Dos meus quinze aos dezessete anos aconteceram coisas meio absurdas. Eu morava no último andar de um pequeno prédio e não havia imóveis altos ao redor, de modo que eu podia ver todo o céu da minha sacada. Todas as noites, eu “ouvia” um chamado para ir à sacada, e lá estavam um, dois, três, quatro OVNI’s que ficavam bailando na minha frente. Bastava eu gritar para alguém da minha casa ver os discos e eles fugiam na velocidade da luz. Mas na próxima noite lá estavam de novo, e então me cansei de chamar os outros e passei a curtir sozinha aquelas aparições.

Aos dezoito anos prestei meu primeiro concurso público, e passei. Aos vinte, comecei a trabalhar. E, um mês depois, começaram a acontecer coisas horríveis e inexplicáveis comigo.

Era muito estranho. Bastava chegar no trabalho, e eu começava a exalar cheiros horríveis, de forma que todo o setor ficava incomodado. Eram cheiros de enxofre, peixe, borracha queimada, suor, urina, fumaça. Era totalmente absurdo, mais ainda porque bastava eu sair do serviço e os cheiros sumiam. Pegava os ônibus, metrô, chegava em casa e tudo ia bem.

Isso ocorreu durante um ano, após o que tirei férias. Nesse tempo, todos os dias orava o terço inteiro em casa, louvava com meu violão, clamava a Deus, a Maria, e nada. O pessoal da igreja católica ia à minha casa fazer novenas, todos oravam comigo e nada adiantava. Durante minhas férias os cheiros desapareceram. Saía, passeava, tudo normal. Porém, no meu primeiro dia de trabalho tudo voltou. Pedi demissão, já que o problema parecia ser o serviço, mas acabei sendo afastada.

Fui ao médico. Primeiro, exames neurológicos, que não acusaram nada. Check-up também deu negativo. Então me enviaram para o psiquiatra, que passou a me tratar como esquizofrênica, afinal a esquizofrenia pode dar ilusão de cheiros. Durante sete anos estive licenciada, sendo que nos primeiros três fiz uso de vários medicamentos (Anafranil, Rivotril, Frontal, Efexor etc). Após isso, passei a mentir que tomava os medicamentos, já que não via resultado algum.

E nesses sete anos fui obrigada a repensar meu orgulho e vaidade. Ora, de que adiantava ser uma pessoa com um QI razoável, se não conseguia sequer colocar um pé na rua, com medo de cheirar mal e as pessoas me humilharem? Numa comparação tosca, dadas as devidas proporções, me sentia meio “Jó”, pois de uma hora para outra perdi meu serviço, meus estudos (queria fazer faculdade, mas como?), meus amigos (afastei-me de todos, não retornava ligações, afinal se me encontrasse pessoalmente poderia “cheirar mal”), meu namorado de seis anos (que se separou, afinal segundo ele eu era um “fracasso”). Só não perdi minha família, afinal morava com eles.

Duas vezes por semana eu precisava ir no psiquiatra. Então elaborei uma estratégia: aprendi a fumar. Assim, bastava colocar o pé na rua que eu acendia um cigarro, e fumava um atrás do outro até chegar novamente em casa, pois achava que o cheiro do cigarro poderia disfarçar outros cheiros que surgissem. Também descobri que, se estivesse “alegrinha”, os cheiros não aconteciam. Então, quando era necessário sair com os amigos, tomava todas as cervejas possíveis e impossíveis, até chegar num estado de um mínimo de lucidez, porém tendo que ser escorada pelos amigos. E cigarro, sempre.

No primeiro dos sete anos, passei a buscar explicação na Parapsicologia. Lá descobri que os cheiros eram materializações da minha mente, de coisas ruins que estavam em meu inconsciente. Fiz terapia por um ano com uma parapsicóloga e nada adiantou. Deixei o catolicismo e busquei o Mahikari (uma religião oriental que trabalha com energização por imposição de mãos). Depois frequentei a Messiânica (outra religião oriental), e minha ex-futura-sogra me indicou o espiritismo kardecista. Lá descobri que era “médium”, e que os cheiros eram dos espíritos desencarnados, que ficavam me atormentando, afinal eu tinha a capacidade de fazê-los se comunicar com os vivos mas não desenvolvia tal faculdade. Aí, a duras penas fiz o curso de médiuns e passei a trabalhar num centro espírita, onde fiquei por seis anos.

Numa das sessões, aconteceu algo que me encheu de esperanças: a sala se encheu com perfume de rosas, todos ficamos impregnados com tal perfume. Assim, achei que se continuasse lá poderia ser usada para a criação de cheiros bons, não ruins. Mas foi tudo uma ilusão.

Bom, como não tinha contato com seres de carne e osso (exceto no centro espírita e no psiquiatra), passei a viver pela internet. Lá conheci o Paulo Siqueira, hoje meu marido. Encontramo-nos, depois passamos a namorar. O engraçado é que ele nunca sentiu cheiro nenhum, e eu continuava sentindo quando saíamos, e percebia que as pessoas ao redor também sentiam. Mas enfim, depois de um ano de namoro deixei o centro espírita e me converti (hoje digo “me convenci”, pois me converti aos ensinos de um falso evangelho).

Passei a frequentar uma igreja perto de casa, que estava imergindo na batalha espiritual e G12. O pastor, apesar de muito bom e bem intencionado, estava naquelas loucuras de que é tudo eram satanistas atrás dos cristãos, tanto que logo de entrada me recomendou a leitura da trilogia do Daniel Mastral, livros que falavam sobre como o satanismo supostamente agia nas igrejas. Nem é preciso dizer que passei a ver o demo em tudo quanto era lugar, mas tinha que obedecer cegamente à minha liderança, um dos preceitos do G12.

Participei do tal “encontro”, fui no púlpito dizer que ele era “tremendo”, mas algo me incomodava. Cinco dias depois criei coragem e, após pesquisar na internet sobre o assunto, descobri que tinha cometido heresias naquele “encontro”. Pedi perdão a Deus, com o tempo deixei a denominação, e fui para outra.

Nessa outra, o pastor me disse que meu problema seria resolvido indo na Neuza Itioka. Inscrevi-me, contrariando o Paulo, afinal era a esperança de voltar a ter uma vida normal, sem cheiros ruins. Eu não sabia o que me esperava lá.

Quando fui chamada para a salinha, lá estavam a Liliam Latorraca e uma intercessora. Essa tal Latorraca é braço direito da Itioka, e disse que tinha sido “sacerdotisa da Fraternidade Branca”, ou alguma organização de et’s. Quando leu minha carta (todos têm que escrever todos os contatos esotéricos que porventura tiveram, mesmo antes de aceitarem a Jesus) e viu que eu via OVNI’s na adolescência, se exasperou, afinal já tinha tido o “revelamento”: os et’s haviam me abduzido, colocado chips em meus ombros e apagado esse fato da minha memória. Os chips eram para eu ser monitorada pelos demônios-et’s 24 horas por dia, segundo ela, e só ela sabia como tirar tais chips. Porém não poderia fazer nada por mim, pois eu havia pecado um mês antes e ela não acreditava que nunca mais eu iria pecar – caso eu pecasse, abriria uma brecha para os demônios-et’s atormentarem a mim e a ela, e a coitada temia isso.

Fui para casa arrasada, e arrasada fiquei por dois anos, tempo em que fiquei esmolando para os ministérios de libertação e cura interior Ágape (Neuza Itioka) e Shekinah (Jesher Cardoso) para ser atendida. Já tinha voltado a trabalhar (deixei a licença logo que me “convenci”), mas os episódios de mau cheiro continuavam. Não era o tempo todo, mas de uma hora para outra acontecia. Escrevi várias cartas, emails, ligava para esses ministérios, mas não conseguia ministração. Cheguei a me inscrever no Curso de Libertadores do Ágape (nesse consegui ser aceita, bastava manter em dia as mensalidades), mas abandonei, pois os “demos” não pareciam permitir – certa vez, estouraram os pneus do carro do Paulo no caminho para lá, em plena Radial Leste no horário de pico (18 horas).

Também tentava em outros ministérios. Fui, por exemplo, num “encontro apostólico” qualquer, e o preletor ficou uns 40 minutos falando de dinheiro, de oferta, e disse que quem desse seu melhor naquela noite, Deus lhe daria três desejos que ele colocaria em nossa mente até o final daquele ano. Eu tinha esquecido o talão de cheques justamente naquele dia, e como nunca ando com dinheiro (e como aquele encontro era antiquado, não tinha maquininha de cartão), o jeito foi dar o relógio que o Paulo tinha me dado meses antes. Porém, o tal ano acabou e os desejos (entre eles, minha cura dos cheiros) não foram realizados.

Enfim, minha vida cristã se resumiu, por anos, em obedecer a homens na tentativa de ser curada por Deus. Até que, finalmente, o Espírito Santo me abriu os olhos espirituais e minha ficha caiu (para a felicidade do Paulo), e passei a entender o verdadeiro Evangelho de Cristo, que nada tem dos aprisionamentos e superstições gospel.

Começamos a escrever em nossos blogs. Começamos a fazer protestos pacíficos em prol da volta do ensino do verdadeiro Evangelho. Pessoas feridas vieram nos procurar, e tudo isso foi sendo um bálsamo para mim, embora os cheiros volta e meia aparecessem para estragar meu dia.

Casei, um ano depois engravidei, amamentei meu filho até outubro de 2010. Em novembro do mesmo ano, ainda de licença-maternidade de 6 meses + férias, assisti por acaso (mentira: por obra e graça do Senhor) a um episódio do Enigmas da Medicina, e pasmem, nesse episódio o Espírito Santo me deu a resposta que procurei por tanto tempo…

Os cheiros que me perseguiam não eram obra de espíritos zombadores, como me diziam os kardecistas. Também não eram materializações do meu inconsciente, como a Parapsicologia me fez pensar. Muito menos cheiros dos locais por onde as naves espaciais passaram quando me abduziram, como me fez pensar o pessoal dos ministérios de libertação e cura interior. E muito menos eram obra de demônios que visavam me enlouquecer, como o “espírito santo” revelou a muitos profetas e profetisas de igrejas pentecostais, nas quais passei. Era muito mais simples do que tudo isso.

TMAU ou Trimetilaminúria. Esse é o nome da doença que, desconhecida pelos médicos e pela população brasileira, provoca cheiros horríveis ao redor dos seus portadores. Tudo ocorre por uma falha genética (gene FMO3, graças a Deus bem recessivo), que não permite que o fígado quebre as moléculas de trimetilamina e seus precursores (colina e carnitidina) dos alimentos. A não quebra das moléculas faz com que esse gás se acumule no organismo, até chegar num ponto em que ele sai por quaisquer poros do corpo. A válvula de escape dos cheiros tem ligação emocional, e isso explica eles não acontecerem quando eu estava em casa, mas sempre quando estava perto de outras pessoas (meu medo de algo acontecer desencadeava o processo). Não há cura ainda para esse mal, porém uma dieta bastante restrita controla a doença.

E é o que tenho feito desde então. São muito poucas as coisas que posso comer, e tenho usado suplementos alimentares para repor vitaminas. Sempre gostei muito de comer, e no começo foi muito difícil, mas agora já estou adaptada. E melhor, depois que descobri sobre a doença passei a pesquisar mais, e posso dizer que pelo menos 10 pessoas em todo o Brasil, que também sofrem desse mal, já entraram em contato comigo e estou passando para eles minhas experiências. No início, através de emails. Agora, através do blog TMAU Brasil.

Muitas foram as lições de tudo isso. Sei que bem daria um livro, e até um poderá ser. Mas as coisas mais importantes, resumidamente:

– tem muito “profeta” falando da sua mente, ou por direção de demônios, e achando que é pelo Espírito Santo. Ora, em todos esses anos, em todas as igrejas e congressos evangélicos que fui, com todos os líderes que oraram e impuseram suas mãos sobre mim, será que o Espírito Santo não ia dizer que meu problema era apenas uma doença rara? Por que Ele me faria achar ser uma endemoniada, ou uma atormentada por demônios-et’s? Bem sabemos quem é o Pai da mentira, e o que ele veio fazer. Quantos cristãos não são mortos em sua fé por conta de “revelamentos”?

– por mais talentos que tenhamos, não somos nada sem Deus e Seu Amor.

– tem muito líder pregando falsos evangelhos, evangelhos de escravidão, não de liberdade. Nesses ministérios de cura interior, por exemplo, Jesus Cristo não serve de nada, já que é preciso confessar todos os pecados seus e de seus antepassados. Um pecadinho que seja, escondido, é a desculpa deles para o milagre da libertação não acontecer. Fora isso, fica claro em meu testemunho que eles aproveitam as coisas que escrevemos para então dizer que foi “deus” quem revelou. Será que eu seria uma abduzida-chipada, caso não tivesse relacionado meus contatos com OVNI’s?

– enquanto buscava as orientações dos homens de Deus para a cura do meu problema, nada de bom aconteceu. Só obtive a “cura” quando finalmente deixei meu problema em segundo plano e passei a buscar a Deus simplesmente por quem Ele é, não pelo que Ele pode fazer. Maldito o homem que confia no homem.

– por mais problemas que parecemos ter, sempre há alguém que podemos ajudar. Essa doença bizarra e raríssima me proporcionou uma busca e pesquisa que está sendo de grande ajuda para alguns, e espero, muitos brasileiros que sofrem silenciosos por conta de uma doença que não é diagnosticada por desconhecimento, e que por isso mesmo é muito fácil de espiritualizar e, literalmente, de demonizar. Quantos, nesse Brasil afora, estão sendo vítimas de igrejas que “revelam” serem problemas espirituais doenças desconhecidas do grande público? E quantos não estão morrendo por causa disso?

– o verdadeiro Deus não deixa Seus Filhos sem resposta (embora, às vezes, ela pareça demorar a chegar). E a resposta sempre vem no tempo certo. Se eu soubesse do TMAU antes, faria a tal dieta paupérrima em colina, substância essencial para o desenvolvimento dos neurônios dos bebês. Meu filho poderia ter sérios problemas de retardo mental, mas é saudável porque pude me alimentar com todos os nutrientes que ele precisava. MUITO OBRIGADA JESUS, O SENHOR SEJA LOUVADO SEMPRE!!!!

Anúncios

33 comentários em “Um tristemunho que Deus transformou em testemunho

  1. ROGERIO LÁZARO
    07/05/2012

    IMPRESSIONANTE!!! HÁ MUITO TEMPO UM RELATO NÃO MEXIA TANTO COMIGO!! QUANTO AOS CONTATOS COM OVNI’S, CONFORME MENCIONADO POR VOCÊ, CONFESSO QUE FIQUEI PASMO! NÃO IMAGINAVA SER POSSÍVEL, OU MELHOR, É ALGO QUE VAI MUITO ALÉM DA MINHA CAPACIDADE DE COMPREENSÃO… PODERIA ESMIUÇAR MAIS ESTA QUESTÃO? SE NÃO QUISER PUBLICAR DETALHES SOBRE O ASSUNTO FIQUE À VONTADE PARA UTILIZAR MEU E-MAIL COMO CANAL. SERÁ UMA GRANDE SATISFAÇÃO!

    GRAÇA E PAZ DA PARTE DO ALTÍSSIMO!!!

    ROGERIO LÁZARO
    RIO DE JANEIRO – RJ
    (21)4106-6***
    (21)8000-6***
    rogeriolazaro@msn.com

    Curtir

    • monica
      20/04/2013

      Olá tudo bem?
      Infelismente eu tenho essa doença humilhante…
      Gostaria de saber se no Brasil existe clinica para esse ti pode exame?
      .Sofro todo tipo de humilhaçao…gostaria de ter exames que comprovasse essa doença rara…
      por favor me ajude….

      Curtir

      • Estrangeira
        21/04/2013

        Monica, a Paz (apesar de tudo)!

        Dê uma lida no meu outro blog (http://tmaubrasil.wordpress.com), que é sobre essa doença. Lá tem o site do DLE, um laboratório que faz exame para TMAU. Lá tem tb algumas dicas de alimentação, para amenizar o problema. Se precisar me mande um email e conversamos melhor.

        Que Deus lhe abençoe e fortaleça!

        Vera

        Curtir

  2. Com certeza este é o melhor artigo que você publicou em toda a história deste blog, pois mostra a razão de ser do mesmo. Muitos que criticam ou perseguem você nunca tiveram a mínima noção do que você passou para ter as convicções que tem hoje, as quais certamente foram amadurecidas em sua mente e em seu coração pelo próprio Espírito Santo de Deus.
    Que Deus continue a abençoá-la e a fortalecê-la cada vez mais apesar de todas suas dificuldades, usando este testemunho escrito e também seu testemunho diário para a transformação de muitas vidas.

    Curtir

  3. janer777
    07/05/2012

    Realmente muito forte seu testemunho, acho que tudo que voce passou foi
    parte do maravilhoso plano de Deus
    em sua vida, pois assim hoje voce trabalha com tanto discernimento e
    racionalidade dentro deste campo tão explorado pela ignorancia alheia.
    Parabéns querida Vera pela sua Vitória em Cristo, pela sua batalha constante.
    Que Deus te abençoe com porção dobrada do Seu Espírito!

    Curtir

  4. «73n £1Øn»
    07/05/2012

    Reblogged this on …para esses dias…e comentado:
    Muito emocionante, recomendo a leitura.

    Curtir

  5. Christiane
    07/05/2012

    Muito lindo seu testemunho!!!Você ve que até mesmo nas coisas erradas que fazemos Deus está a cima de tudo!!!!!
    Eu sei que esses ET’S que vc via eram demônios!
    Mais graças a Deus que vc foi liberta!!Vc precisa passar isso para o mundo todo!!!!
    Deus abençoe sua vida!!!

    Curtir

  6. Welandro
    09/05/2012

    A paz do SENHOR!
    Estou pasmo! Deus excede nosso entendimento!
    EU Li o comeco desse testemunho e a correria veio e nao pude ler todo o texto. Mas liguei o tablet e falei comigo “hora de ver a mao de Deus agir” e foi isso que vi. Estou escrevendo com dificuldades, mas nao poderia de registrar que Deus sabe o quanto foi importate para mim ler esse testemunho. Me faltam palavras.
    Gloria a Deus. Esse e’ o maior testemunho de pessoa viva que conheco. Deus reafirmou minha fe nesse momento. Era tudo o que precisaval. Deus te abencoe cada vez mais.!!!

    Curtir

  7. Camila
    17/05/2012

    Descobri seu blog hj e gostei muito! Testemunho incrível! E a chave de tudo é buscar a Deus por Ele msm e não por o que Ele pode fazer.

    Curtir

    • romildo carlos
      03/06/2012

      Bendito è o homem, que confia no SENHOR, e cuja esperança è o SENHOR. Jeremias 17:07,08. Você de abençoada passou à abançoadora para muitos com este testemunho. Porque é como árvore plantada junto às aguas, que estende as suas raizes para o ribeiro e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e no ano da sequidão, não se pertuba, nem deixa de dar fruto. (ÁRVORE PLANTADA) Você/nós, colocamos nosssas vidas em risco, em luta pelo evangelho da: AGUA DA VIDA, que é JESUS. Sua raiz está cravada na ROCHA, JESUS.(NÃO RECEIA) porque maior é o que está em nós do que o que está no mundo. E quanto os frutos, muitos ja são conhecidos, creio que muitos só serão conhecidos na eternidade. para teu conforto, eu testemunhei, (FOLHA SEMPRE VERDE) a tua intrepidez, em lutar pelo evangelho da VERDADE, alegria de ter ao teu lado um homem de DEUS, o lindo filho que recebeu do nosso eterno PAI, amigos que te amam, verdadeiros irmãos, isto porque vc está inundada em Jeremias 17:7-8. Também conheço a sua tristeza por multidão mergulhada no engano, debaixo da maldição de confiar no homem; Jeremias 17:5-6. Maldito o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço e aparta o seu coração do SENHOR.
      Porque será como arbusto solitário no deserto e não verá quando vier o bem; para nosso conforto, quase todos que são chamados por DEUS, para a sua causa, carrega no corpo algum tipo de espinho. e este espinho é o nosso testemunho.
      Mas graças à aquele que pagou por nós uma divida impagável. A SUA GRAÇA NOS BASTA.

      Curtir

  8. gold price
    29/05/2012

    O médico disse que ela não enxergaria nunca mais. “Fiquei internada 7 dias. No segundo, peguei um copo d’água, orei com fé e passei o líquido nos olhos. Na manhã seguinte, já enxergava. Depois, as bolhas foram cicatrizando e retornei bem para casa.” A dona de casa voltou à IURD. “Por meio das correntes, me livrei da depressão, insônia, dores e feridas. A luta foi grande, mas venci”, comemora.

    Curtir

  9. GENISE
    14/11/2012

    MOÇA EU ACHO QUE TENHO ESSA DOENÇA,TOU SOFRENDO MUITO PRECONCEITO E É MUITO GRAVE O MAU CHEIRO QUE SAI DO MEU ORGANISMO, JA FIZ MUITOS EXAMES, CONSULTEI VARIOS ESPECIALISTAS MAIS NUNCA DESCOBRI A CAUSA DO MAU CHEIRO.PRECISO MUITO DE AJUDA.

    Curtir

    • Estrangeira
      17/11/2012

      Genise, tente começar uma dieta restrita em colina e veja se há cura/melhora. Se houver, vc é portadora de TMAU. Deixei algumas informações num blog específico sobre a doença, visite: http://tmaubrasil.wordpress.com. Fique na Paz que excede todo o entendimento!

      Curtir

      • jeymenson
        04/08/2013

        Oi estrangeira gostaria de trocar informações com vc sofro do mesmo problema os cheiros se manifestam mais quando estou ancioso so que o. cheiro q sai e mais fecal alem do cheiro de queimado urina etc, mas é mais fecal procede tbm da tmau? Paz do Senhor, obs: estou entrando em depressão…

        Curtir

      • Estrangeira
        04/08/2013

        Sim, pode ser TMAU. Aliás, é bem provável… Visite o blog http://tmaubrasil.wordpress.com, lá tem algumas dicas de alimentos que vc precisa evitar a partir de agora. Comece a dieta e veja se no decorrer das semanas (a melhora demora um pouco, pois seu corpo está saturado de colina) há alguma melhora. Não há uma dieta definitiva, pois cada caso é um caso. E não adianta recorrer a médicos, pois eles não conhecem essa doença. Qq coisa me escreva no email particular (no link Fala que eu te escuto, na parte de cima deste blog). Não se entregue, creia, afinal Deus é conosco!!!

        Obs.: hoje, domingão, já comece a eliminar todas as carnes. Feijão, feijoada e afins nem pensar, viu?

        Curtir

    • Lourdes
      20/07/2015

      Querida me indicaram kombucha dizem que em cápsula e mais eficaz má atém cha e suco também pelo mercado livre p quem mora no Brasil aqui rua têm no wall mart
      Eia
      Estados Unidos

      Curtir

  10. Bella
    20/11/2012

    Estou sem palavras. Primeiro gostaria de agradecer o espaço e sua iniciativa, vc esta plantando a esperança em nossos corações. Eu sofro deste mal há 15 anos, e descobri a causa deste tormento ha pouco mais de 3 meses, e foi justamente no seu blog. Quando assisti os videos me senti ali. E em todos esses anos sempre achei que fosse coisa de minha cabeça, que era psicologico, pois acontecia comigo principalmente na escola e quando estava junto de amigos. Nunca imaginei que pudesse ser algo da nossa genetica. E o pior, não tem cura!!! Cheguei a perder a fé, a perder as forças. Me pergunto PORQUE eu??? Sempre fui boa pessoa, independente disso. Meu Deus, e em todos esses anos sofri tanta humilhação, já fui chamada de tudo que não presta, e logo eu que me cuido tanto. Mas encontrei aqui uma resposta. Me achava a unica no planeta com esse problema, pois nunca vi ninguem assim, sair do banho axalar mal cheiro. Quer dizer, não que eu sentisse, na verdade os comportamentos, indiretas e as piadinhas das pessoas que nos mostram. O cheiro que sinto é fumaça e as pessoas sentem odor de suor, e o que sempre me deixou encucada é que minhas roupas são cheirosissimas. Algumas vezes por esta ciente de que era psicologico, eu tentava manter o comportamento normal que minha amigas tinham, mas só era pra passar vergonha. Minha mãe sempre disse que isso era coisa da minha cabeça, pois lavava minha farda depois de uma semana de uso e ela estava cheirosa. Não tenho com quem conversar sobre isso, meu marido nunca sentiu e pelo contrario sempre diz que estou cheirosa. Tenho vergonha de procurar ajuda medica, pois ja imagino que vou sair da consulta com um encaminhamento pra um psicologo e a receita de um medicamento tarja preta. Prefiro tambem ficar na minha, um assunto assim são raras as pessoas que podem levar a serio, vão rir da minha cara e achar que é desculpa de quem não tem higiene. Hoje tenho consciencia, eu sou portadora de TMAU. Já começei a fazer a dieta, sofri um pouco com a restrição de alguns alimentos, principalmente feijão e produtos industrializados que contem a bendita lecitina de soja. Ainda não posso afirmar se realmente houve uma melhora, ja que estou em casa devido minha licença maternidade. Mas voltarei a vida de trabalho e faculdade. Tenho esperança que terei uma melhora significativa. Estou firme e forte, e conto que brevemente teremos uma resposta mais concreta sobre a cura deste mal. Não adianta nada culpar Deus por isso, hoje tenho certeza que foi ele que tocou meu coração e me fez procurar uma resposta pra isso. Que Deus nos abençoe. Obrigada a todos! Fiquem na paz.

    Curtir

  11. CINTIA GONZAGA TASCA
    01/08/2013

    meu deus cura minha esquizofrenia;diabetes,leucemia,desemprego….me socorra agora,em nomke de jesus!!!

    Curtir

  12. CINTIA GONZAGA TASCA
    01/08/2013

    jesus abençoa os meus reais verdadeiros amigos,em nome de jesus!!!

    Curtir

  13. Cintia Gonzaga
    01/08/2013

    MEU DEUS ABENÇOA A MIM E AOS MEUS REAIS VERDADEIROS AMIGOS E AMIGAS,EM NOME DO SENHOR JESUS CRISTO!!!

    Curtir

  14. Cintia Gonzaga
    01/08/2013

    MEU DEUS CURA A ESQUIZOFRENIA,DIABETES,PRESSAO ALTA

    Curtir

  15. Bianca
    04/11/2013

    Oi meu nome e bianca tenho 16 anos pasei 4 anos da minha vida sofrendo com isso e tudo que como o cheiro fica em mim queria saber se vc pode me ajudar falando os alimentos que pode ajudar no cheiro .

    Curtir

    • Estrangeira
      08/11/2013

      Bianca, evite totalmente carnes, grãos, álcool, leite condensado. Pode comer abobrinha, mandioca, mandioquinha, um pouco de tomate e batata, batata-doce, beringela… dá uma olhada no outro blog, http://tmaubrasil.wordpress.com, lá tem mais informações. Vc não está só, Deus é contigo, força Nele!!!

      Curtir

  16. bella
    02/08/2014

    Olá estrangeira, fiquei mto preocupada pois o seu blog do tmau não está sendo encontrado, vc tirou do ar??? Agora nos direciona pra mebo….ele era mto importante para todos nós. Ontem estava lendo sobre o cardio mariano, uma planta que cura males no dna do fígado, ja ouvistes falar?? Estou escutando tbm a cura por sons em frequência alfa….sei que isso sozinho vai resolver mas enquanto não existe nenhuma novidade vamos provando de outras coisa. Gostaria de manter contato com vc para trocar informações. Bjs e mta paz pra todos nós!

    Curtir

  17. cintia gonzaga
    23/08/2014

    DEUS ARRUME UM BOM EMPREGO PARA MIM ;UM BOM ESPOSO E FILHOS LINDOS EM NOME DE JESUS!

    Curtir

  18. CINTIA
    28/09/2014

    DEUS ARRUME UM EMPREGO PARA MIM

    Curtir

  19. DEUS PROTEJA MINHA FILHA CINTIA AGORA E RÁPIDO

    Curtir

  20. Michelle
    24/11/2014

    Li seu relato, e a cada momento que identifiquei situações idênticas vividas por mim, caí em prantos, é como se fosse eu contando parte de alguns momentos desta história. Sinto que de tanto pedir a Deus, ele me revelou nesta noite o que pode vir a ser meu problema. Só hoje tomei conhecimento desta doença por acaso procurando soluções para luta contra suor excessivo, não consigo ficar tranquila perto de ninguém, não aguento meu cheiro ruim e sei que as pessoas também não. Noto as pessoas falando de mim, já passei por situações em que pessoas borrifavam fragâncias cheirosas toda hora na mesma sala em que eu trabalhava, pessoas já me chamaram de fedida, meu ex-marido me disse que eu era uma fracassada. Sei que isso não é paranóia minha, a muito tempo venho observando o modo em que as pessoas do meu ambiente de trabalho me tratam, elas não tem coragem de falar pra mim, mas sei quando coçam o nariz quando chegam perto de mim, não ficam perto de mim, quando ficam tampam o nariz. Já fui no dermatogolista e relatei a situação com muita vergonha é claro, ele não deu muita importância, isso me incomoda muito não tenho com quem desabafar, vou quebrar as barreiras que há em mim pois sinto muita vergonha disso até mesmo para procurar ajuda médica. Já tive depressão, hoje imagino que a causa possa ter sido disso, hoje com a graça de Deus eu vivo, mas ainda por causa disso me isolo, não me relaciono com ninguém, com muita dificuldade assisto aula na faculdade porque não fico a vontade, no trabalho dou o melhor de mim, porque preciso trabalhar e sustentar meu filho, mas me sinto não a pior pessoa do mundo porque tenho um grandioso Deus que me dá forças todo dia, mas me sinto triste e muito constrangida. Obrigada por dar seu testemunho, porque me ajudou a entender melhor sobre o que pode ser o meu problema.

    Curtir

    • Jaime
      20/08/2016

      Mas os cheiros dependem do lugar,pq no meu caso depende.

      Curtir

    • anônimo
      20/08/2016

      o Deus cheiros dependem do lugar para acontecer

      Curtir

  21. anônima
    19/04/2015

    Gostaria de manter contato por email ficaria muito grata

    Curtir

  22. Juliana Ferreira
    14/03/2017

    Mais eu acredito que essa doença rara, foi desencadeada pelo mal.!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: