Uma estrangeira no mundo

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Culto de cura, de libertação, de vitória, de prosperidade, dos empresários… estamos cultuando a Deus ou a nós mesmos?


blog82Basta passar em frente a uma igreja evangélica e logo vê-se a faixa: “Grande culto da vitória”, “Culto de cura e libertação”, “Culto das causas impossíveis”, “Culto dos empresários”, “Grande campanha da prosperidade financeira”. Mas isso é bíblico?

Em primeiro lugar, vamos situar o que é culto, e para quem deve ser feito. A palavra culto vem do latim cultus, que significa cuidado, cultivo, adoração, reverência, segundo o site Origem da Palavra. Em tese, podemos adorar ou reverenciar pessoas e divindades. Porém, como cristãos, devemos prestar culto apenas a Deus.

Mas aí vamos à igreja prestar culto a Deus, em tese. Só que vamos na “terça-feira da prosperidade financeira”, pois estamos passando por um momento difícil e, nesse dia específico, será feita uma “oração forte” para ajudar os endividados a mudarem de vida.

blog83Sinceramente: estamos indo a esse culto para adorar a Deus ou para tentar resolver nosso problema?

Cultuar, adorar, prevê se humilhar diante de Deus. Prevê demonstrar que nada podemos sem Ele. Prevê afirmar que, não importa o que Ele permita que aconteça em nossa vida, ainda assim O reconhecemos como Soberano Senhor e Salvador de nossas vidas. Então, por que misturamos isso com nossos desejos pessoais?

Veja bem, creio que é lícito orar a Deus e pedir por tudo aquilo que precisamos. Esse é um ponto. Porém, quando nomeamos um culto de “noite da libertação” tiramos a centralidade do culto na adoração a Deus, para coloca-la na busca por libertação dos fiéis. É uma coisa sutil, mas é.

E por que as igrejas passaram a fazer essas “campanhas” específicas nos dias de culto ao Senhor?

blog84Estratégia para fidelizar a clientela. Se uma igreja tem apenas “culto”, atrai poucos fiéis. Mas, se tem a “sexta-feira forte da cura das doenças”, aí serão muitos fiéis, ávidos por aquilo que é prometido: no caso, cura. São fiéis não buscando a Deus pelo que Ele é, mas pelo que Ele pode fazer em nosso favor.

Mas é esse o culto que Deus espera de nós?

Veja o que Jesus nos ensinou:

“Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?
Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?
E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?
E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam;
E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles.
Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé?
Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos?
Porque todas estas coisas os gentios procuram. Decerto vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas;
Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.” – Mateus 6:25-34

blog85Deus sabe das nossas necessidades, e Ele ouve nossas orações em secreto. Assim, Ele, como Pai Amoroso, está pronto para nos prover naquilo que precisamos, se essa for Sua vontade. Não é preciso, para isso, que façamos um culto de vitória, para buscar vitória nos nossos empreendimentos, ou campanha dos empresários (por que ninguém faz a campanha dos auxiliares gerais?), para cativar quem pode dar melhores dízimos e ofertas, ou culto de cura, afinal vemos nos Evangelhos que as curas aconteciam sem sequer a necessidade de um culto específico.

A grande verdade é que um líder gospel com visão negocial e de marketing descobriu que dar qualidades ou características místico-poderosas às reuniões de culto aumentaria a plateia. Afinal, cá para nós, entre assistir ao culto com o pastor fulano, que faz milagres extraordinários, e assistir a um culto comum, sem um nome chamativo que o torne especial, em qual culto a maioria de nós iria?

blog86Com o tempo, muitas igrejas passaram a imitar esse método, considerado por muitos como algo vindo de Deus. Mas Deus quer que O cultuemos por amor, temor e tremor, ou por interesse pessoal?

“Eu sou o Senhor; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura.” – Isaías 42:8

Sim, muitos de nós – eu, inclusive – nos aproximamos de Deus por conta da busca de satisfação de algum interesse (saúde, finanças, família, etc). Porém, à medida em que caminhamos com Cristo, Ele nos faz perceber que devemos amar a Deus primeiramente e independentemente de qualquer coisa que Ele venha ou não a fazer por nós. Uma igreja que vive de cultos específicos para os fiéis e campanhas intermináveis não permite que seus membros cresçam e aprendam essa lição, estagnando-os ao estado inicial da fé, aquele em que, por desconhecimento de Deus, ainda O buscamos apenas por interesse pessoal.

Em outras palavras: quem vive de culto de campanha vive cultuando para si mesmo.

blog8O amadurecimento espiritual está em buscar a Deus pelo que Ele é. E o amadurecimento espiritual do líder cristão está em deixar de depender de seus próprios métodos humanos, de marketing, para buscar a adesão de novos fiéis. Afinal,

“E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações.
E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos.
E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum.
E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister.
E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração,
Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.” – Atos 2:42-47

blog9Igreja cheia não é e nunca foi sinônimo de multidão de cristãos verdadeiros. Infelizmente, muitas igrejas estão cheias de cristãos puramente nominais, que frequentam o lugar porque ali lhes é apresentado um evangelho agradável ao mundo, no qual Deus é um mordomo a nosso serviço, que é obrigado a nos dar o que pedimos se fizermos direitinho o que o líder religioso mandar. E, entre as ordens, está a de frequentar os cultos de campanha e trazer bons dízimos e ofertas alçadas em cada um deles (com a desculpa de que não se pode aproximar do altar de mãos vazias – já ouvi muuuuito isso!!!).

Se for da vontade de Deus, você será curado(a), provido(a), terá seu lar restaurado, independente de participar de algum culto específico para tal. Deus olha o seu coração, não a faixa na frente da igreja para agir na sua vida.

“E eu vos digo a vós: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á;
Porque qualquer que pede recebe; e quem busca acha; e a quem bate abrir-se-lhe-á.
E qual o pai de entre vós que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, também, se lhe pedir peixe, lhe dará por peixe uma serpente?
Ou, também, se lhe pedir um ovo, lhe dará um escorpião?
Pois se vós, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?” – Lucas 11:9-13

Voltemos ao Evangelho puro e simples,
O $how tem que parar!

19 comentários em “Culto de cura, de libertação, de vitória, de prosperidade, dos empresários… estamos cultuando a Deus ou a nós mesmos?

  1. Gente!!! Um panfleto de uma mulher sorrindo ao receber uma chuva de dólares!!! Igrejas ‘pentecostais’ indo além nos erros do que as neopentecostais!!

    Curtir

  2. Paulo Roberto
    11/11/2013

    De onde acha que vem as igrejas neo- pentecostais, a tendência é que as próprias pentecostais andem por este caminho, algumas são mais explicitas do que outras nos seus ensinos, mas mesmo assim estas práticas que tanto vemos estão ali…

    Curtir

  3. RAIMUNDO
    15/11/2013

    As pessoas precisam ser estimuladas na area financeira tbm ,nada de mais isso.Cultuar vc cultua em qualquer lugar o importante pra Deus é a qualidade do culto e não o lugar do culto.

    Curtir

  4. joel antiqueira
    06/04/2014

    GRAÇAS A DEUS QUE AINDA TEM MUITOS QUE COMBATE OS GIZISTA DE HOJE,

    Curtir

  5. Eliane Andrade
    26/07/2014

    gostei da mensagem
    inda bem que nos dias de hoje a inda existe pessoas com visão de Deus

    Curtir

  6. thiago pereira da silva
    22/01/2015

    concordo com algumas coisas que você escreveu, porem descordo com muitas que você a escreveu, ofertas fazem parte de qualquer culto,outra o dízimo é bíblico,e só da o dízimo quem verdadeiramente se converteu ao evangelho,que não fica em sua cabeça dizendo que dízimo é para enricar pastores etc, e quanto as campanhas ou os cultos vai quem quer.a Bíblia fala que comais que bebais que façais quaisquer coisa faça para a gloria de Deus.se você é contra os pastores que fazem campanhas fique só pra voce. reverendo. blz a paz de cristo.

    Curtir

  7. Reginaldo Gomes
    22/02/2015

    Cara! estava procurando um modelo de carta para culto de curas e milagres, e encontrei este comentário e li. Pois não é que deu bem no meu meio rsrs, Não importas as outras respostas e sim o que Deus me alertou. Obrigaduuuuu!

    Curtir

  8. Charles Douglas
    04/03/2015

    A prosperidade de alguém não depende de culto, nem de campanha, mas da fidelidade a Deus, a prosperidade é consequência da minha vida diante do Senhor.

    Curtir

    • webert
      09/01/2017

      concordo com vc amigo! mas tambem acho que muitas pessoas pensam que fazer culto direcionado a prosperidade é errado. na minha opniao os cultos devem ser feitas com o principal e unica razão pra adorar a Deus, pq quando vc o adora em espírito e em verdade e andando certinho nos caminhos do senhor (e isso inclui tambem dizimar os 10% de tudo o que vc recebe) ele te abençoa grandiosamente, não só pq vc entregou o dizimo mas por vc está lá de coração puro. Deus não quer que as pessoas o adore por interesses, mas o adore pq ele tem que ser adorado

      Curtir

  9. paulo
    13/03/2015

    espero que na sua casa esteje todos libertos de coraçao.

    Curtir

  10. Enoque Barbosa costa
    27/03/2015

    eu só sei de uma coisa e que diz as escrituras que a palavra de deus não volta vazia então pra mim não interessa qual seja o motivo que as pessoas venha a igreja o importante e que elas venham porque assim eles conhecem a verdade que e o que liberta agora: cabe aos pastores não se tornarem em cães que fala em apocalipse e ficarão de fora os cães; e não e de cachorro que a bíblia fala não porque deus não tem nada a ver com os cachorros essa e a minha opinião certo?

    Curtir

  11. Claudia leite
    29/05/2015

    As pessoas ainda não entenderam o sacrifício da Cruz, o dia que passarem a entender vão se acabar certos dilema a respeito da palavra de Deus. É só seguir o que está em Deuteronômio 28

    Curtir

  12. Daniel
    27/07/2015

    Os que são contra a esse comentário estão como Nicodemos, precisando nascer de novo e conhecer o que é o verdadeiro evangelho de Cristo.O mais não passa de invencionice humano.

    Curtir

  13. Ronaldo almeida ramos
    20/08/2015

    gotaria de pedir cura e libertaçao para Rosalia silverio que orem pela alma dela queridos e amados irmaos agradeço Ronaldo ararangua sc.se ler este pedido e tocar no seu coraraçao.amado.

    Curtir

  14. jose albino alveres
    05/11/2015

    gostaria de mais orientação sera que é biblico

    Curtir

  15. Marina
    03/01/2016

    AO INVÉS DE FICAREM GENTE DISCUTINDO ,PORQUE NÃO ORARMOS NESSE EXATO MOMENTO , POR ESSES PEDIDOS ACIMA, VAMOS ORAR, MAS QUEM FAZ A OBRA É O ESPÍRITO SANTO

    Curtir

  16. Juarez Salles
    15/05/2016

    Ofereço a todos os pastores e irmãos em Cristo a “Teologia da Cruz” de Martinho Lutero/Mark shaw. Mas leia com muita seriedade. Não temos que adorar a Jesus pelo que Ele faz…sim, pelo que Ele é. Tente confrontar a verdade com os fatos.
    Deus seja louvado!!!

    Curtir

  17. Umberto
    02/01/2017

    Não esqueçam desta ordenança de Jesus:
    E, indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus.
    Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai.
    Mateus 10:7,8

    Curtir

  18. Welandro Damasceno Ramalho
    11/01/2017

    Quando dizimamos é porque agradecemos ao que Deus já nos concedeu. Apresentamos um pouco do muito que Deus por Seu agrado nos tem dado (independentemente do que venha a acontecer no futuro, pois o Apóstolo Paulo aprendeu a se contentar na fartura e também na FALTA).

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: