Uma estrangeira no mundo

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Nada a Perder: a triste história de alguém que preferiu ganhar o mundo


biografia-de-edir-macedo-e1479390612452

Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma? – Marcos 8:36

Na semana em que relembramos os momentos que antecederam a morte e a ressurreição de Jesus Cristo há a no mínimo irônica estreia nos cinemas do filme autobiográfico Nada a Perder, que conta a história do Bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus (segundo sua própria visão, é claro). Não assisti ao filme e não posso tecer grandes comentários sobre, mas posso analisar alguns pontos que estão expostos na mídia, chegando à conclusão de que esse filme, estreado especificamente nesta data, é uma grande cusparada de satanás na memória da Cruz.

O filme é baseado na trilogia de livros Nada a Perder, o que sugere que serão feitos mais 2 filmes. E a intenção dos livros e dos filmes neles baseados é uma só: glorificar Edir Macedo e sua IURD.

O site Entretenimento UOL traz 2 acontecimentos da época retratada nesse primeiro livro/filme, mas que foram “esquecidos”, apesar de sua grande importância e repercussão na época:

    • Divisão dos dólares de dízimo em Nova York

      A primeira parte do filme não mostra a expansão da igreja Universal para os Estados Unidos. A única menção à cidade americana ocorre ao final da projeção, quando Edir Macedo é alertado de uma situação muito grave que pode destruir a igreja. Uma reportagem da TV Globo, desta época, mostrou o bispo junto com outros pastores sorrindo enquanto contava dólares que estavam dentro de várias sacolas de dízimo. Os religiosos estão nos fundos da igreja ao final do culto, enquanto eles contam o dinheiro no chão.

    • “Ou dá ou desce”

      Em uma das cenas mais emblemáticas da biografia do bispo Edir Macedo é a “aula” que ele dá a outros pastores sobre como conseguir mais dízimo dos fiéis. “Se quiser [dar o dízimo], bem. Se não quiser, que se dane. Ou dá ou desce”, diz o pastor. Anos depois, Edir comentou sobre o vídeo em uma entrevista ao SBT e disse não se arrepender. “Ou você se entrega para Deus ou desce, vai para o inferno”, justificou o pastor na entrevista a Roberto Cabrini (fonte: Entretenimento UOL).

O fato é que, com seu falso evangelho do “dá ou desce”, Edir Macedo conseguiu erguer um império na Terra. Comprou sua própria emissora de tevê (Rede Record), tem redes varejistas, construiu templos no Brasil e no exterior e até um majestoso Templo de Salomão numa das regiões mais pobres de São Paulo. E, há cinco anos, foi citado pela Revista Forbes como o pastor mais rico do Brasil.

É emblemática a resposta que Edir Macedo deu sobre sua menção como pastor mais rico do Brasil na Revista Forbes. Sua resposta, cheia de ironia e sarcasmo, foi que a revista errou, pois na verdade ele era o pastor mais rico do mundo.

E o mais triste: ver a plateia rindo e concordando com isso, como se fosse algo bom, prova da bênção de Deus sobre a vida desse (im)pastor.

Não bastasse tudo isso, estão distorcendo – para não dizer falsificando – o número de expectadores do filme Nada a Temer. Assim como já fizeram com Os Dez Mandamentos, há suspeitas de que a IURD tem “convidado” seus membros a comprarem milhares de ingressos na pré-estreia, para alavancar as estatísticas do filme. A prova disso seria que, apesar de sessões com ingressos esgotados, poucos têm sido os lugares realmente ocupados. Afinal, no mundo do falso evangelho da Teologia da Prosperidade, tem que parecer maior do que os demais. Já o verdadeiro Evangelho nos ensina a sermos os menores diante dos irmãos.

Sobre isso, veja o que observou o repórter do jornal O Estado de São Paulo:

“No Espaço Itaú de Cinema da Pompeia, no shopping Bourbon, o filme foi exibido em 14 sessões espalhadas por três salas. Porém os postos de venda exibiam como ocupados assentos que na verdade estavam vagos. Na sessão das 18h, na sala 7, a única opção disponível era a primeira fileira, mas durante a exibição do longa havia apenas um espectador na segunda fileira, dois na terceira e pouco menos da metade das poltronas ficaram vazias.

Já no Cinemark do Central Plaza Shopping, a lotação foi ainda menor. Após o início da exibição do filme, havia apenas cerca de 10% dos ingressos para a sessão das 20h20, na sala 1, e somente quatro poltronas estavam indisponíveis para compra na sessão das 20h40, na sala 8. Apesar de quinta-feira ser o dia das estreias cinematográficas, havia pouco movimento próximo à entrada do cinema.”

Ou seja, o dinheiro do “dá ou desce” nunca foi usado segundo os preceitos bíblicos de ajuda aos órfãos, viúvas, estrangeiros e necessitados. Na IURD, ele serve para comprar emissoras que transmitem programas como A Fazenda, para tornar seu líder o mais rico do mundo (esse é o desejo dele) e para financiar suas excentricidades, como a produção de filmes de autoidolatria e a compra de todos os ingressos possíveis e impossíveis, para, pelo menos estatisticamente, torná-lo um grande sucesso de bilheteria.

Sim, Edir Macedo se esforçou (com meios não tão santos) e conquistou o mundo. Mas Jesus fala sobre os que agem como o tal bispo:

“E começou a ensinar-lhes que importava que o Filho do homem padecesse muito, e que fosse rejeitado pelos anciãos e príncipes dos sacerdotes, e pelos escribas, e que fosse morto, mas que depois de três dias ressuscitaria.
E dizia abertamente estas palavras. E Pedro o tomou à parte, e começou a repreendê-lo.
Mas ele, virando-se, e olhando para os seus discípulos, repreendeu a Pedro, dizendo: Retira-te de diante de mim, Satanás; porque não compreendes as coisas que são de Deus, mas as que são dos homens.
E chamando a si a multidão, com os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me.
Porque qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, mas, qualquer que perder a sua vida por amor de mim e do evangelho, esse a salvará.
Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma?
Ou, que daria o homem pelo resgate da sua alma?
Porquanto, qualquer que, entre esta geração adúltera e pecadora, se envergonhar de mim e das minhas palavras, também o Filho do homem se envergonhará dele, quando vier na glória de seu Pai, com os santos anjos.” – Marcos 8:31-38

Quando Jesus ensina a repartir e Edir Macedo ensina a ajuntar para si, esse (im)pastor está se envergonhando das Palavras de Deus.

Quando Jesus ensina a ser o menor e Edir Macedo ensina a ser o maior, esse (im)pastor está se envergonhando das Palavras de Deus.

Quando Jesus ensina que devemos morrer para esse mundo e Edir Macedo ensina a conquistar e usufruir o máximo possível das dádivas desse mundo, esse (im)pastor está se envergonhando das Palavras de Deus.

Quando Jesus ensina que não devemos tirar a vida de ninguém e Edir Macedo ensina que aborto é bom e ele gosta, esse (im)pastor está se envergonhando das Palavras de Deus.

Quando Jesus nos pede nosso coração e Edir Macedo nos pede todos os nossos bens em Seu Santo Nome, esse (im)pastor está se envergonhando das Palavras de Deus.

Quando Jesus ensina: “vem e segue-me” e Edir Macedo ensina que devemos seguir a ele, esse (im)pastor está se envergonhando das Palavras de Deus.

Um cego leva os demais cegos para o abismo. Veja quem você está seguindo.

Voltemos ao Evangelho puro e simples,
O $how tem que parar!

A DEUS – e não a Edir Macedo e cia. – seja toda a honra e toda a glória para sempre.

2 comentários em “Nada a Perder: a triste história de alguém que preferiu ganhar o mundo

  1. marcos roberto do nascimento rosa
    31/03/2018

    Não li o livro e nem vi o filme, mas certamente ele deve ter usado de memória seletiva, como sempre.

    Curtir

  2. Denise Sousa
    01/04/2018

    Òtimo post, parabéns pela coragem e por expor tão bem essa vergonha que se tornou o mundo gospel e a teoria da prosperidade.
    Deus te abençoe!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: