Uma estrangeira no mundo

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Sobre o jejum “nacional” conclamado pelo Presidente Bolsonaro


Na liturgia católica, hoje celebra-se o Domingo de Ramos. Lembra-se da chegada triunfal de Jesus em Jerusalém, num jumentinho, e o povo O recebendo com ramos de oliveira. Porém, logo depois Ele seria preso, torturado e crucificado como um bandido por essa mesma multidão.

Mas o Presidente Bolsonaro dará um novo significado a essa data, pois conclamou para hoje o Jejum “Nacional” dos evangélicos. Não é a primeira vez que os evangélicos usurpam de importantes datas católicas. Basta lembrar que, embora tenha sido sancionado pelo então Presidente Lula (na época aliado dos evangélicos e autoridade enviada por Deus) um Dia da Marcha para Jesus a ser comemorado no primeiro sábado após os 60 dias da Páscoa, a Marcha para Jesus em São Paulo ocorre todos os anos numa quinta-feira, justamente no dia de Corpus Christi. Intrigante, não? Mas essa ânsia dos evangélicos brasileiros em tentar se sobressair e até apagar o catolicismo já é tema para um outro artigo.

Eis o convite oficial do evento:

jejum

As contradições são bastante claras e são o motivo das aspas na palavra “nacional” neste artigo. Se é nacional, é para toda a nação, correto? E se é para toda a nação, deve incluir cidadãos de todos os credos e até quem não tem credo nenhum, certo?

Os líderes do Ministério Aviva, que deram a sugestão do jejum ao Presidente, também pensavam assim. Veja abaixo trecho em que eles pedem ao Presidente que convoque o jejum, que seria seguido por todos, evangélicos, católicos, espíritas (0:35 minuto):

Porém, como visto acima, na convocação saiu: “a todos os líderes EVANGÉLICOS do nosso Brasil e seus respectivos ministérios”.

Entende o jejum “nacional”?

Alguns pontos:

O evangélico “médio”, ou seja, os de algumas igrejas pentecostais (pois há muitas pentecostais sérias) e neopentecostais acredita que só evangélico de carteirinha vai para o Céu. Falam palavras em hebraico, tocam shofares, colocam mezuzás no batente das portas, mas nem os judeus eles creem que serão salvos caso não “aceitem” a Jesus. O que dirá, então, dos católicos e cristãos ortodoxos (tidos como idólatras), espiritualistas e demais? Os pobres indígenas em aldeias inalcançadas, e que nunca ouviram falar do Cristo, esses já nasceram predestinados para o Inferno. Assim, o evangélico “médio”, liderado por Malafaias, Macedos, Hernandes, Terra Novas, Duques, Santiagos, Ferreiras e Soares da vida, esse não vai querer se misturar com os infiéis. Só o jejum deles tem poder junto a Deus.

O Presidente Bolsonaro passa por tempos difíceis. Lembra muito a ex-Presidente Dilma Rousseff no início do seu segundo mandato, quando a opinião pública se voltou contra ela por conta dos problemas na economia. Bolsonaro tem perdido todo o dia apoios importantes. Políticos, artistas e militares que antes o apoiavam cegamente, agora retiram o apoio, principalmente após a exótica posição tomada pelo Presidente a respeito das medidas a serem tomadas para contar a pandemia de Coronavírus. Até seu mestre e mentor Donald Trump já mudou de opinião e preconiza o #fiqueemcasa, mas Bolsonaro bate o pé (juntamente com o super importante, diplomaticamente falando, Presidente da Bielorrússia) de que precisamos voltar à normalidade em favor da economia. Com a perda de tantos apoios, inclusive recebendo ameaças de impeachment, resta ao Presidente se irmanar com o único setor que ainda o apoia incondicionalmente: as lideranças evangélicas. E se elas pedem um jejum, um ato profético, Bolsonaro é praticamente obrigado a fazer para garantir mais um respiro no cargo. Lembremos que Dilma não aceitou as condições de Eduardo Cunha – de dar uma força para barrar as investigações contra ele – e deu no que deu. E, só por curiosidade, você lembra qual era o credo de Cunha?

Ou seja, nunca seja inimigo de evangélicos “médios”, pois eles sabem se vingar (coisa que não aprenderam de Jesus, o Cristo, pois não é a Ele que seguem, obviamente).

Veja agora o vídeo oficial convocando para o evento de hoje. Com raras exceções, conseguiram unir num mesmo vídeo a maior parte de aproveitadores do Evangelho, uma façanha!

Só por curiosidade, você reparou nas profecias que Silas Malafaia fez sobre o poder do jejum “nacional”?

“Depois que passar isso aí, vai vir um tempo de prosperidade pro Brasil que nunca houve, e que todas as previsões catastróficas estão aniquiladas no nome de Jesus!” (3:28 minutos)

Alguém viu alguma semelhança com as profecias de Malafaia, Morris Cerullo e Mike Murdock, de que quem lhes desse 900 reais, 1.000 reais, 640 reais, 10.010 reais (dependendo do ano) receberia a unção financeira dos últimos dias, e que prosperaria absurdamente? Profecias essas que nunca se realizaram, e das quais Malafaia já não comenta mais, fazendo questão de ajudar seus seguidores cegos a também se esquecerem…

Jejum é coisa muito séria. É uma consagração do Eu ao próprio Deus. É o negar a si mesmo aquilo que nos é tão importante e satisfatório. E esse negar só é possível se estamos constritos, sentindo as dores que são consequência do nosso pecado, e por isso nos arrependemos amargamente. O jejum é um pedido de socorro a Deus. Fora disso, se não há arrependimento, perdão aos outros, busca verdadeira de Deus, inexistência de outros objetivos egoístas pessoais (como objetivos políticos, por exemplo), não é mais jejum: é regime. Aliás, muito bem-vindo nesses tempos em que, confinados em nossos lares, muitos têm ganhado peso extra. Mas, sendo regime, não é agradável a Deus.

Mas se muitos estamos exagerando no consumo de calorias, em muitos outros lares o regime – ou jejum – já está sendo feito há dias. Muitos estão sem condições de alimentar a si e a suas famílias. Muitos estão passando por grandes dificuldades, e o quadro só tende a piorar, pois não há ainda uma data para o fim da quarentena. Alguns falam em 2 meses ou até mais.

Mas então, o que devemos fazer?

Clama em alta voz, não te detenhas, levanta a tua voz como a trombeta e anuncia ao meu povo a sua transgressão, e à casa de Jacó os seus pecados.
Todavia me procuram cada dia, tomam prazer em saber os meus caminhos, como um povo que pratica justiça, e não deixa o direito do seu Deus; perguntam-me pelos direitos da justiça, e têm prazer em se chegarem a Deus,
Dizendo: Por que jejuamos nós, e tu não atentas para isso? Por que afligimos as nossas almas, e tu não o sabes? Eis que no dia em que jejuais achais o vosso próprio contentamento, e requereis todo o vosso trabalho.
Eis que para contendas e debates jejuais, e para ferirdes com punho iníquo; não jejueis como hoje, para fazer ouvir a vossa voz no alto.
Seria este o jejum que eu escolheria, que o homem um dia aflija a sua alma, que incline a sua cabeça como o junco, e estenda debaixo de si saco e cinza? Chamarias tu a isto jejum e dia aprazível ao Senhor?
Porventura não é este o jejum que escolhi, que soltes as ligaduras da impiedade, que desfaças as ataduras do jugo e que deixes livres os oprimidos, e despedaces todo o jugo?
Porventura não é também que repartas o teu pão com o faminto, e recolhas em casa os pobres abandonados; e, quando vires o nu, o cubras, e não te escondas da tua carne?
Então romperá a tua luz como a alva, e a tua cura apressadamente brotará, e a tua justiça irá adiante de ti, e a glória do Senhor será a tua retaguarda.
Então clamarás, e o Senhor te responderá; gritarás, e ele dirá: Eis-me aqui. Se tirares do meio de ti o jugo, o estender do dedo, e o falar iniquamente;
E se abrires a tua alma ao faminto, e fartares a alma aflita; então a tua luz nascerá nas trevas, e a tua escuridão será como o meio-dia.
E o Senhor te guiará continuamente, e fartará a tua alma em lugares áridos, e fortificará os teus ossos; e serás como um jardim regado, e como um manancial, cujas águas nunca faltam.
E os que de ti procederem edificarão as antigas ruínas; e levantarás os fundamentos de geração em geração; e chamar-te-ão reparador das roturas, e restaurador de veredas para morar.
Se desviares o teu pé do sábado, de fazeres a tua vontade no meu santo dia, e chamares ao sábado deleitoso, e o santo dia do Senhor, digno de honra, e o honrares não seguindo os teus caminhos, nem pretendendo fazer a tua própria vontade, nem falares as tuas próprias palavras,
Então te deleitarás no Senhor, e te farei cavalgar sobre as alturas da terra, e te sustentarei com a herança de teu pai Jacó; porque a boca do Senhor o disse. – Isaías 58:1-14

vvÉ importante para o cristão ter um tempo com Deus. Seja jejum ou oração. Mas é importante que nossa proximidade com Deus se manifeste em atos de justiça, de amor ao próximo, de cuidado com os necessitados. Se cada um de nós ajudar um amigo ou vizinho que está em dificuldades nesse período de quarentena, veremos a realidade de muitos brasileiros mudar, e o Brasil mudar junto. Basta que sigamos às instruções que nosso amado e misericordioso Deus nos dá.

Se quiser, jejue hoje. Mas cumpra Isaías 58 em todos os demais dias, senão seu jejum será inócuo.

Deus é Santo Santo Santo. Não se mistura com politicagens, e não se mistura com líderes que, nos bastidores de suas mega-igrejas, cultuam ardentemente a Mamom. Esses são os verdadeiros idólatras, e seguidos por muitos, infelizmente.

Não cultue a Mitos. Preste culto somente a Deus.

De Deus não se zomba.

Que Ele tenha misericórdia do nosso país, dos nossos governantes e do nosso povo tão sofrido.

Que Sua misericórdia se estenda a todo o planeta.

Arrependamo-nos enquanto há tempo.

Voltemos ao Evangelho puro e simples,
O $how tem que parar”

A DEUS toda a honra e toda a glória para sempre.

 

5 comentários em “Sobre o jejum “nacional” conclamado pelo Presidente Bolsonaro

  1. Ferreira
    05/04/2020

    Concordo com você! Mas não vejo problema em jejuar e orar pelo governo brasileiro, em especial por Bolsonaro.
    Quanto aos lideres evangélicos, eles querem voltar a “normalidade” ,o mais rápido possível, para continuarem explorando a fé dos incautos .
    Com os templos vazios, por causa da quarentena, fica difícil arrecadar dinheiro, isso ruim para os negócios, porque se não tem culto não tem arrecadação.
    mas qual deve ser o nosso papel? Paulo responde: “Antes de tudo, recomendo que se façam súplicas, orações, intercessões e ações de graças por todos os homens; pelos reis e por todos os que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranquila e pacífica, com toda a piedade e dignidade” (1 Tm 2.1-2).
    Portanto, sou a favor de jejuar e orar pelo nosso país SIM.
    Portanto, se você é daqueles que anseia a paz, o melhor a fazer é orar. Comece Já! Aproveite o movimento da campanha.
    A Bíblia diz: Jeremias 29:7 diz: Procurai a paz da cidade para onde vos fiz transportar; e orai por ela ao SENHOR, porque, na sua paz, vós tereis paz. … na sua paz, vós tereis paz.
    Lembre-se que, assim como o povo hebreu nos tempos do Antigo Testamento, o cristão é submisso diretamente ao governo de Deus, e sua medida de emergência para situações desesperadoras é a ordem de procurar a paz da cidade e orar por ela.

    ABRAÇO

    Curtido por 1 pessoa

  2. marcos roberto
    05/04/2020

    ´É mais fácil acreditar nos 400 profetas de Acabe (2Cr18) do que se arrepender dos caminhos errados. Esta liderança não entendeu que o problema começa neles.
    Sempre é mais fácil arrumar um inimigo externo. Quando Jesus veio, Ele forçava as pessoas a olharem primeiramente para si (Mt7.5).

    Curtir

  3. Há muito tempo deixei de seguir movimentos como o defendido por este blog. Não apenas porque hoje estou na Assembléia de Deus (uma das denominações mais atacadas pelos que fazem parte deste movimento), mas também porque de nada adianta procurar defeito em tudo o que as lideranças cristãs fazem ou deixam de fazer enquanto milhões de almas continuam indo para o inferno. Causar ou incentivar divisão entre os próprios cristãos nos enfraquece ainda mais diante de ataques constantes do diabo para nos destruir.
    Assista o vídeo abaixo e entenda aonde quero chegar. Espero que um dia o Espírito Santo abra os olhos de vocês.

    Curtido por 1 pessoa

    • Waldinea Borges
      22/04/2020

      É o que penso também. O que contribui passar o tempo todo apontando erros e defeitos?!! Qual é o proveito de ficar evidenciando a pecaminosidade e a corruptibilidade que permeia o ser humano, caído ou restaurado, que compõe a Igreja? Cristo Jesus já nos ensinou de modo perfeito sobre isto. A Bíblia nos exorta a orarmos pelas autoridades e não a nos colocarmos em oposição ferrenha e a despeito de qualquer ação benéfica que possa ser percebida. Principalmente agora, quando temos um líder de Governo que evoca os princípios conservadores que devem nortear uma sociedade, principalmente aquela que chama para si o nome de cristã. (sic!) Quantas vezes esta blogueira e seus colegas de manifestos orou pelo Presidente Jair Bolsonaro, sua família e sua equipe de Ministros?!! Cristo não defendeu nenhuma ideologia, não foi um revolucionário, foi Deus na Terra ampliando a compreensão dos Princípios Eternos estabelecidos desde a Eternidade, conservando-os portanto. Todo cristão só pode ser um Conservador, e neste sentido, temos um líder que apregoa exatamente o que se opõe a tudo que vimos sendo estabelecido nas últimas décadas pútridas e perversas dos governos dos líderes anteriores, que estiveram a serviços de Satanás, haja a vista, a situação a que chegamos. Então não se trata de não poder jamais discordar, mas de assumir uma perversa posição de nunca dar apoio.
      Este blog estava cadastrado e as publicações vinham para o meu e-mail, mas acabo de descadastrá-lo, a tempos que percebi que é inútil e está caminhando em desacordo com a maneira que Cristo ensinou para a Igreja caminhar. Que o Espírito Santos encha seus corações de Toda Verdade.

      Curtir

      • Estrangeira
        24/04/2020

        Quantas vezes você esteve no meu quarto, contando quantas vezes orei pelo presidente e demais autoridades? Muito obrigada por me deixar de seguir. Que Deus abra os olhos do Seu povo.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 05/04/2020 por em Ser estrangeira e marcado , , , , , , , .
%d blogueiros gostam disto: