Uma estrangeira no mundo

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Manifestação pacífica no dia da inauguração do Templo de Salomão: O $how tem que parar!


“O que está escrito nessa faixa que está deixando o pessoal lá no outro lado tudo bravo?”

blog143Quinta-feira, dia 31/7, 6:15h. Há pouco havia chegado à calçada em frente ao Templo de Salomão, que seria inaugurado na noite deste mesmo dia, com a presença ilustre da Presidente da República, Governador de S. Paulo, Prefeito de S. Paulo e políticos, desembargadores, juízes, artistas, donos e representantes de grandes veículos de comunicação. Enfim, quem detém poder financeiro, político ou de influência midiática estaria ali, dando apoio, honras e glórias ao Edir Macedo, idealizador e dono da maior catedral gospel da América Latina.

Ao chegar ao local, estendi uma faixa com os dizeres de Atos 17.24-25:

O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens;
Nem tampouco é servido por mãos de homens, como que necessitando de alguma coisa; pois ele mesmo é quem dá a todos a vida, e a respiração, e todas as coisas.

Em pouco tempo passei a ser abordada por pessoas na rua, que liam a faixa. Muitos compreenderam o propósito da manifestação e apoiaram.

Penso que nada é por acaso. Inicialmente pretendíamos confeccionar panfletos e distribui-los durante a manifestação. Porém, não houve tempo hábil para isso. E, por ser dia útil, todos os que gostariam de participar não puderam. Eu só participei porque consegui uma folga no serviço.

Onde a faixa foi estendida fica bem em frente ao Templo de Sataná…, digo, de Salomão. E bem em frente há um ponto de ônibus, e logo depois um farol (ou semáforo, para os não paulistas) que insistia em ficar vermelho quando os ônibus chegavam.

Grande providência divina!!! Os ônibus, muitos (pois é uma importante via de ligação entre a zona leste e o centro), paravam em frente à faixa. Daí todo o mundo nos ônibus se viravam para ler a faixa, e as reações iam desde faces em reflexão até apoios abertos, com sinal de positivo, buzinas por parte de motoristas, muitos tirando fotos com seus celulares. Mesmo se tivéssemos panfletos, naquele lugar, naquela situação, poucos seriam distribuídos.

Em todo o tempo, principalmente de manhãzinha, os “guardiões do templo” ficaram bastante atentos à nossa presença. Por volta das 7h, dois deles vieram falar conosco. Deu um certo frio na barriga, afinal “fisicamente” estava sozinha, embora Deus tenha me cercado de anjos (os espirituais, claro, e os humanos – fiscais da SPTrans e da CET, que estavam ali fechar a rua na hora necessária e moradores de rua e comerciantes próximos). Graças a Deus, vieram em paz. Foram educados, embora cegados espiritualmente pela aparente grandeza do monumento de pedra que eram obrigados a guardar.

Entre 7 e 9h houve um grande movimento de, penso eu, pastores, bispos e suas esposas. Passavam a todo o momento procurando táxis e carregando malas, além de ternos e vestidos em cabides (para não amassar). E os ônibus, abarrotados de pessoas indo para o trabalho, observando a faixa, além de muitos que pararam para conversar.

Um senhor se aproximou, dizendo ter participado da construção do tal templo, porém disse: “minha fé é inabalável”. E descreveu alguns absurdos que presenciou durante a obra e em cultos, pois tinha permissão para participar. Entre os absurdos, ele ouviu do próprio Macedo: “Deus escolheu essa casa para habitar”.

Católicos, evangélicos e até sem religião deram apoio aos dizeres da faixa. Também, não era para menos, afinal eram apenas versículos do livro que os que se dizem cristãos (e isso inclui os membros e líderes da IURD) deveriam seguir. Porém, em certo momento um rapaz chegou e me fez a pergunta que abriu esse artigo:

“O que está escrito nessa faixa que está deixando o pessoal lá no outro lado tudo bravo?”

Na calçada do templo, casais faziam “selfies”, homens e mulheres tiravam fotos suas em frente ao templo (em frente, pois entrar ali já é outra história). Percebia-se os pastores e suas esposas pelo grande esforço em parecerem elegantes e em conformidade com as normas do templo. Esses, praticamente sem exceções, cumpriam o mesmo ritual ao ler a faixa: homens e mulheres riam, só que as mulheres não apenas riam, mas gargalhavam ao longe. Cegos, cegos, tão cegos que, penso eu, não tinham noção de que estavam rindo das palavras contidas no livro que, em seus corações, dizem seguir. Do lugar onde estava, apenas tinha uma tristeza profunda por aquelas almas.

Alguns veículos de imprensa estiveram lá pela manhã e tiraram fotos da faixa. Porém, que eu saiba só saiu alguma coisa no jornal O Diário de S. Paulo. Abaixo, o vídeo da reportagem (menos de 3 minutos):

Em certo momento, um senhor me perguntou: “não está cansada de segurar essa faixa?”, e eu respondi: “não, obrigada, estou bem”. E a resposta: “quando cansar, me avisa que eu seguro”.

Por volta de 11h, recebi uma garrafa de água mineral da parte de um dos fiscais da SPTrans, que me contou sua história em denominações cristãs e sua grande fé em Jesus, apesar de algumas igrejas.

E, às 11:30h, retiramos a faixa e fomos embora. Foi mais uma vez providência divina, porque minutos depois da minha saída o local onde me encontrava encheu-se de viaturas e motos da Polícia Militar, a ponto de eu achar que a bandidagem poderia trabalhar tranquila no resto do dia, pois boa parte da corporação estava ali, para proteger aquela obra faraônica e as autoridades e artistas que chegariam horas depois.

E, falando em horas depois, a Rede Record noticiou até cansar como foi a tal inauguração do Templo de Sata…, digo, de Salomão. Teve direito até a carregamento, via tapete vermelho, de uma réplica da Arca da Aliança. E, em meio à festa mundana e pagã com ares de espiritualidade, Jesus Cristo foi negado e crucificado de novo.

Como o propósito era apenas levar quem lesse as faixas à reflexão, e não afrontar ou confrontar os adoradores do novo templo, foi providencial termos ido pela manhã. Glorifico a Deus, pois permitiu que muitos lessem a faixa e refletissem sobre sua mensagem. E O glorifico por ter me permitido estar ali, logo eu, grande pecadora e insubmissa que sou. Como um dia Ele usou uma mula para exortar um pecador, nessa manhã do dia 31/7 Ele me permitiu ser um poste para estender Sua Palavra. E O glorifico por ter me dado forças para permanecer ali.

A Deus, toda a honra e toda a glória para sempre.

Voltemos ao Evangelho puro e simples,
O $how tem que parar.

blog24

EM TEMPO: O que dizer de uma seita que, no lançamento da pedra fundamental do tal Templo de Salomão, literalmente ENTERRA a Palavra de Deus???

Anúncios

8 comentários em “Manifestação pacífica no dia da inauguração do Templo de Salomão: O $how tem que parar!

  1. Luís
    02/08/2014

    Vera,
    Deus continue lhe abençoando com disposição, sabedoria vinda da parte d´Ele para que dessa forma você seu esposo e os outros continuem nessa batalha pelo evangelho de Jesus Cristo.

    Curtir

  2. Marcos Nascimento
    02/08/2014

    Parabéns. Tenho certeza que seu trabalho e disposição naquele dia ajudou muita gente a refletir e diminuir a cegueira espiritual do deus deste século. Saudações de Joinville, Estado de Santa Catarina e fique na paz do Senhor Jesus, filho do Deus vivo e divino Pai eterno.

    Curtir

  3. Denia G.Nascimento.
    03/08/2014

    SHALOM amada irma.apartir de agora estarei orando por voces.DEUS os abencoe e proteja sempre nesta dificil jornada,e que voces possam fazer o que JESUS plantou em seus coracoes.no amor do MESTRE JESUS CRISTO!

    Curtir

  4. Rosangela
    06/08/2014

    AQuerida, cega infelizmente e vc, aproveita esse tempinho vago na sua vida e pedi perdao a Deus, Que Ele tenha misericordia de vc, pois vc nao se levantou contra o BISPO Macedo mas contra Deus pense nisso.

    Curtir

  5. rafael
    16/08/2014

    todos com dor de cutuvelo , vai se comverter

    Curtir

  6. rafael
    16/08/2014

    seria melhor voce lavar uma losa

    Curtir

  7. ajie barbosa
    20/08/2014

    Vc fez a pior besteira da sua vida, vc precisa procurar ganhar almas para o reino de DEUS. Porqer vc não vai fechar um centro de macuba? A minha resposta para vc. Vc esta pior do eles. visite uma igreja universal mais próxima de sua casa, na 3ª feira do descarrego . Aque DEUS Te abençoe .

    Curtir

  8. Geovanna
    25/10/2014

    Olá! Bem vamos a minha opinião sobre isso. Não concordo com sua opinião sobre o templo, mas acho que deve haver respeito pelo menos. Em muitos trechos desse post você desrespeitou o templo mencionando-o como “Templo de Satanás”, pelo amor de Deus? Afinal você não é santa que sabe perfeitamente o que Deus pensa sobre tudo? Faça me um favor né. Vocês adoram falar coisas sujas e repugnantes sobre o Bispo e seus feitos mas não ganham nenhum terço das almas que ele ganha todos os dias. Qual é o problema de construir um Templo? Grandioso sim, mas o próprio Bispo disse que a grandeza não estava no material mas sim na espiritualidade que habita naquele lugar. Você mal tem argumentos pra julgá-lo! O único argumento que tem, é o mesmo ridículo e monótono; dinheiro. Ele não tirou absolutamente nada do seu bolso qual o problema então? O templo é um lugar que teve reconhecimento sim dos artistas, políticos e deputados, mas no ponto de vista deles, o que há de “bonito” digamos, é a obra, não o que a obra material quis representar. Não concordo com você em absolutamente nada. Quando teve a copa gastaram milhões, não é mesmo? E ninguém reclamou de absolutamente nada, agora quando se trata de algo pra Deus e não pro mundo vocês hipócritas simplesmente querem destruir. O templo foi construído por FIÉIS não por “cegos” , mais respeito por favor. Dízimo todas as igrejas pedem, inclusive a sua (se você pertence à uma). Agora, só porquê é a Universal vocês criticam? Acaso isso não estava nos mandamentos? Pois é estavam. Agora por favor largue de hipocrisia e antes de criticar ganhe as almas que ele ganha. Não quis desrespeitar ninguém, estou apenas expondo minha opinião sobre esse post e sobre todas essas concepções negativas em relação ao Templo de Salomão. 😉

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: