Uma estrangeira no mundo

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

SOS Acre – vamos continuar de braços cruzados?


O Estado do Acre costuma ser lembrado, na internet, como um lugar que “não existe”. Essa é a piada geral sobre este Estado, e as notícias sobre tal lugar acabam aí.

Acabavam. Infelizmente, estamos tendo notícias do Acre nos últimos dias, mas por conta da tragédia que está acometendo o lugar. Uma enchente como nunca se viu antes fez desaparecer casas, ruas, bairros inteiros debaixo d’água. Imagino que, até pela dificuldade geográfica, não está sendo fácil chegar mantimentos aos desabrigados.

Por isso, como Igreja de Cristo, não podemos ficar de braços cruzados. Talvez seja complicado o envio de mantimentos, mas um depósito numa conta do Banco do Brasil ou da CEF, que têm agências instaladas em quase todos os municípios do país, não é tão complicado assim.

Para quem interessar possa (e espero em Deus que muitos se interessem por essa causa):

Banco do Brasil
Ag. 0071-X
C/c.: 100.000-4

Caixa Econômica Federal
Ag. 3320
C/c.: 71-7

Ambas as contas em nome da Coordenação Estadual da Defesa Civil.

Sonho com um dia em que nós, cristãos, seremos conhecidos pelo AMOR, não pela ingenuidade ante os lobos em pele de cordeiro.

Que Deus ampare e abençoe os acreanos, pois sim, eles existem e são amados do Pai.

Anúncios

3 comentários em “SOS Acre – vamos continuar de braços cruzados?

  1. Obrigado pela divulgação e oração minha irmã.. o povo do Acre agradece. DEus abençoe vc, sua familia e seu grupo que tem lutado por um Evangelho Verdadeiro e prático. Paz.

    Conte comigo sempre que precisar e com meus irmãos acrianos.

    Curtir

  2. Welandro
    29/02/2012

    Parabéns pela divulgação! Com certeza não há a promessa de receber “unção financeira” quem ajudar, por isso, temo que os primeiros que deveriam ajudar sejam os retardatários a fazê-lo. Em todo caso, Deus abençoe por informar as contas. Quem passar por aqui terá a chance de contribuir com algo.
    Abraços!

    Curtir

  3. Antonio
    29/02/2012

    Os destaques na passagem são intencionais.

    “Também, irmãos, vos fazemos conhecer A GRAÇA DE DEUS CONCEDIDA às igrejas da Macedônia; porque, no meio de MUITA PROVA DE TRIBULAÇÂO, manifestaram abundância de alegria, e a PROFUNDA POBREZA deles superabundou em grande riqueza da sua generosidade.
    Porque eles, testemunho eu, na medida de suas posses e mesmo acima delas, se monstraram voluntários, PEDINDO-NOS, com muitos rogos, A GRAÇA DE PARTICIPAREM DA ASSISTÊNCIA AOS SANTOS.” 2Co8.

    Esse conceito na passagem acima, é o que a teologia da prosperidade ou da “barganha” não prega, porque na visão dela, uma igreja TRIBULADA E POBRE, teria que orar a favor de si própria, rogando por riqueza, sem olhar para o próximo. Contra fatos não há argumentos, e o fato é que a teologia da prosperidade não procede de Deus, é uma doutrina criada por homens de cobiça.

    Segundo o EVANGELHO PURO E SIMPLES, a riqueza que a igreja da Macêdonia experimentou, foi a da VIRTUDE (generosidade), e fez do seu próximo; os cristãos de Jerusalém; o alvo das suas orações, cuja GRAÇA lhes foi concedida.

    Assim como fez com a igreja da Macêdonia, o Senhor está nos concedendo a GRAÇA de ajudar aos nossos irmãos do Acre.

    Paulo, Vera e famíla; e aos demais irmãos ; a graça e a paz do Senhor!

    Antonio SJCampos/SP

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 28/02/2012 por em Ser estrangeira e marcado , , , , , , .
%d blogueiros gostam disto: