Uma estrangeira no mundo

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Mais uma vez na Marcha para Jesus em S. Paulo


Vaias. Frases de efeito: “Jesus te ama”, “vai se converter”. E por que tudo isso? Por conta das faixas a seguir:
blog33blog34
Sim, é isso mesmo. Fomos considerados “fariseus” porque portávamos faixas e camisetas com versículos bíblicos, versículos que deveriam fazer parte do livro que a multidão que seguia os trios-elétricos gosta de dizer que lê e estuda.

Pensando bem, não fomos vaiados. Quem foi vaiada foi a Palavra de Deus.

Um dos diálogos durante a marcha em São Paulo:

(um dos nossos, quando os versículos das faixas eram repudiados por uma manifestante): “Você precisa estudar a Palavra!”
(manifestante): “Eu não quero a Palavra, eu quero é Jesus!”

Esse diálogo nos explica muita coisa! Explica que muitos que seguem “marchando”, “pisando na cabeça de satanás” (como a oração do Apóstolo Hernandes pedia), “declarando vitória”, lá estão sem nem saber quem é realmente Jesus. Se soubessem, saberiam da importância de conhecer e estudar a Palavra. Saberiam que apenas o estudo da Palavra nos impede de cair na armadilha dos lobos devoradores e seus discursos cheios de meias-verdades que tendem a parecer verdade absoluta. Se o povo que se diz evangélico conhecesse e estudasse a Palavra, não haveria campo para a expansão da Teologia da Prosperidade e outras pseudo-doutrinas cristãs.

043Mas o povo, no geral, não quer a Palavra, pois estuda-la é chato, dá trabalho, toma tempo, as letrinhas são muito pequenas, o livro tem muitas páginas, haja paciência. O negócio é ir direto ao ponto, seguindo o ensino preguiçoso de muitos líderes: querer Jesus, como se esse querer fosse um comando mágico que mudasse nossa vida e história num piscar de olhos.

Não é assim. É preciso que nos despojemos de nós mesmos, que tomemos nossa cruz e O sigamos, e segui-Lo implica em fazer as coisas que Ele ensinou. E tudo isso só se aprende na Palavra de Deus.

Não ficamos chateados ou amedrontados por sermos alvo de vaias e frases que nos acusam de não sermos cristãos. O que nos chateia, frustra, magoa, entristece e até dá uma certa ira santa é ver tanta gente que se diz evangélica, cristã, mas que, como me disse outra manifestante, está vivendo a “modinha do momento”. Afinal, hoje o legal é ir na igreja, comemorar na balada gospel sem álcool, dizer que foi no congresso do apóstolo (?) do momento, participar do show gospel e da marcha para Jesus. Isso hoje em dia é até chique, é “da hora”, é muito bom diante da sociedade.

blog36Ser evangélico hoje é tão bom que nos damos até o direito, aqui no Brasil, de lutar pelos nossos interesses pessoais e políticos. A “modinha” pegou tanto e tão bem que hoje temos representantes em todos os setores do governo, incluindo uma “bancada evangélica”. Na verdade, estamos muito próximos de vir a ter um(a) presidente evangélico, e aí será a “glória”, pois os profetas de plantão finalmente bradarão aos quatro cantos que “o Brasil É do Senhor Jesus”.

Mas a Bíblia diz que ser seguidor de Jesus Cristo implicaria em sermos inimigos do mundo, ou seja, odiados e perseguidos.

Quem está errado nessa história? A Palavra de Deus ou os líderes que pregam a amizade com o mundo?

blog37Participando da Marcha para Jesus em São Paulo (e em qualquer outra nesse país) chegamos a conclusão de que a Palavra de Deus está errada. O mundo não é inimigo dos cristãos, o mundo não nos odeia. No trio-elétrico principal havia muitas autoridades políticas do mundo apoiando a Marcha e seus evangélicos. No palco principal teve discurso do governador Geraldo Alckmin, do ex-prefeito Gilberto Kassab, do representante da presidente Dilma, Gilberto Carvalho, além do arroz-de-festa gospel Marco Feliciano e outros mais.

Além de tudo isso os evangélicos, através de seus líderes, ficaram tão amigos do mundo que nos cerca que até se associaram ao que antes representava o mal supremo: as Organizações Globo. Atualmente a Globo investe no mercado gospel contratando cantores evangélicos, além de que no mês que vem teremos a Feira Internacional Cristã – FIC (com Mamom?), onde o mundo, digo, a Globo lucrará alegremente intermediando o mercado gospel em expansão.

blog38Será que a Palavra de Deus está errada, como nos faz pensar as “marchas” e o atual contexto de boa parte das denominações ditas evangélicas?

“Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós, me odiou a mim. Se vós fósseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas porque não sois do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos odeia. Lembrai-vos da palavra que vos disse: Não é o servo maior do que o seu senhor. Se a mim me perseguiram, também vos perseguirão a vós; se guardaram a minha palavra, também guardarão a vossa. Mas tudo isto vos farão por causa do meu nome, porque não conhecem aquele que me enviou.” – João 15:18-21

Apesar de tudo, havia algumas pessoas sinceras naquele lugar, como se era de esperar. Havia os que se ajoelhavam e oravam fervorosamente; os que liam e entendiam, ou pelo menos buscavam refletir, sobre o conteúdo das faixas. Um pai e seu filho se juntaram a nós em certo momento, portanto cartazes onde traziam de forma simples uma reflexão sobre a Teologia da Prosperidade. Uma senhora e sua filhinha portavam cartazes agradecendo e glorificando a Deus por curas recebidas.

blog35Poderia escrever mais sobre a Marcha, mas seria apenas a repetição de artigos das marchas anteriores. Deixo para apreciação (?) um vídeo com um resumo do que lá aconteceu: as vaias, as frases, pessoas se colocando na frente das faixas, estendendo roupas e bandeiras para tentar encobrir os versículos bíblicos que tanto lhes incomoda. Um festival de horrores.

Iniciei esse artigo com um diálogo sobre versículos que portávamos. E quero termina-lo com outra situação também relacionada com as faixas.

Duas crianças vestidas de forma bastante simples se aproximaram das faixas. A maiorzinha começou a ler para ela mesma e para a menor, de forma bem pausada:

“Se no Cristianismo prosperidade financeira é o que importa,
Por que Jesus era pobre?
E disse-lhes Jesus: as raposas têm covis, e as aves dos céus ninhos, mas o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça – Lucas 9.58″

Após a leitura, as duas crianças sorriram e continuaram a caminhar felizes.

051

Isso é o Evangelho puro e simples de Jesus: o que traz paz ao coração daqueles que são chamados de “bem-aventurados” por Jesus: aqueles que, para o mundo, não valem nada.

Voltemos ao Evangelho puro e simples,
O $how tem que parar!

Anúncios

9 comentários em “Mais uma vez na Marcha para Jesus em S. Paulo

  1. gabrielnagib
    01/07/2013

    Parabéns pela sua luta. Passei pela estação da Luz e eles já faziam a algazarra lá, gritando palavras de ordem, a maioria vestidos com a camisa do evento (que alguém tirou uma grana boa vendendo). Todos empolgados, crentes que são donos do mundo. Seu grito de guerra: “Eu já falei, vou repetir, é jesus cristo que comanda isto aqui!”. Ora, ovelhinhas, seu Jesus Cristo é Hernandes, é Malafaia, é Feliciano. Eles que te comandam, e dizem ser Jesus quem disse. Tivessem lido os evangelhos saberiam que vocês devem seguir o modelo de Jesus, e não líderes religiosos com uma agenda política. Mas quem diz que eles leem?

    Curtir

  2. Alex
    01/07/2013

    Sinceramente …não consigo entender o que leva pessoas a irem protestar contra marcha de evangélicos quando o Brasil inteiro está protestando contra tds os ladrões de Brasília ! Quanta falta do que pensar e do que fazer ! Temos coisas muito mais importantes para brigar e protestar para garantirmos o Brasil melhor para nossos filhos e ficar se preocupando com marcha de evangélicos ? Se vcs sabem a verdadeira palavra de Deus e os que marchavam não, que ótimo pra vcs ! Cada um que cuide da sua vida.

    Curtir

  3. José Silva
    01/07/2013

    Parabéns pelo trabalho de vocês! Já está dando frutos… Veja o que saiu na Folha de São Paulo desta segunda-feira (dia 01/07/13): Marcha evangélica ‘encolhe’ 40% em SP http://www1.folha.uol.com.br/poder/2013/07/1304091-marcha-evangelica-encolhe-40-em-sp.shtml

    Curtir

  4. Paulo Rodrigo Silva
    01/07/2013

    vendo o video, me deu muita vontade de chorar ao ver como o povo foge a palavra de Deus e se deleita com o caminho mais fácil!!!

    Curtir

  5. Estamos de parabéns por essa matéria, veja também o meu site http://www.apostasia.com.br

    Curtir

  6. Walter
    02/07/2013

    Eu fico muito triste com vcs, pra vcs não é interessante a união do povo de Deus ou ter alguém que nos representa na política ou na mídia, vcs se uniram para protestar contra a união do povo de Deus e para tentar estragar a festa daqueles que saíram das quatros paredes de suas congregações, orar, festejar e caminhar para aquele que merece toda honra e glória o senhor JESUS, em vez de querer estragar a bênção dos outros, vai evangelizar com certeza o seu tempo será mais proveitoso.

    Curtir

  7. Kenton B. Mcguire
    11/07/2013

    Essa senhora é uma das pessoas mais grossas que já vi no mundo de cantores, já gosta de humilhar as pessoas… (se acha).

    Curtir

  8. Ola Dickson
    19/07/2013

    Sou um cristão comum, não tenho nenhum cargo eclesiastico. Sou inconformado com as heresias e manipulações na chamada igreja evangélica de nossos dias. Minha origem é da Assembléia de Deus onde apesar de tudo aprendi que a Bíblia é minha unica regra de fé e pratica e que a mensagem do evangelho deve ser proclamada. Hoje já não estou mais na AD por “ns” motivos e geralmente costumo ir na Igreja Batista, onde nas celebrações se prega a palavra sem heresias (quase sempre) e o louvor é louvor não show. Sonho com uma comunidade 100 % bíblica, mesmo sabendo que é um sonho utópico, mas creio que podemos nos aproximar disso. Como pode ser obsevado neste blog faço parte do MEEB, Movimento pela ética evangélica brasileira onde nosso lema é: Voltemos ao Evangelho puro e Simples, o $how twm que parar”. Sou bancário, formado em Ciências Contábeis, pela Faculdade de Ciências Contábeis e Econômicas de Santo André (Fundação Santo André). Casado com Eliana e pai do Tiago.

    Curtir

  9. Gold Price
    23/07/2013

    Sou um cristão comum, não tenho nenhum cargo eclesiastico. Sou inconformado com as heresias e manipulações na chamada igreja evangélica de nossos dias. Minha origem é da Assembléia de Deus onde apesar de tudo aprendi que a Bíblia é minha unica regra de fé e pratica e que a mensagem do evangelho deve ser proclamada. Hoje já não estou mais na AD por “ns” motivos e geralmente costumo ir na Igreja Batista, onde nas celebrações se prega a palavra sem heresias (quase sempre) e o louvor é louvor não show. Sonho com uma comunidade 100 % bíblica, mesmo sabendo que é um sonho utópico, mas creio que podemos nos aproximar disso. Como pode ser obsevado neste blog faço parte do MEEB, Movimento pela ética evangélica brasileira onde nosso lema é: Voltemos ao Evangelho puro e Simples, o $how twm que parar”. Sou bancário, formado em Ciências Contábeis, pela Faculdade de Ciências Contábeis e Econômicas de Santo André (Fundação Santo André). Casado com Eliana e pai do Tiago.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: