Uma estrangeira no mundo

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Meu pedido para 2014


reveillonHoje cedo fiz o trajeto da Praça da Sé até o Largo de São Bento a pé, pois por conta da corrida de São Silvestre a rua estava interditada para os veículos. Como vejo todos os dias, vi os mesmos mendigos, nos mesmos lugares. Hoje, porém, estavam em destaque na paisagem, já que não havia a multidão de pessoas indo e vindo, comum nos demais dias e principalmente em dezembro antes do dia 25 (por conta da proximidade da Rua 25 de Março).

Hoje é 31 de dezembro, véspera de Ano Novo, dia em que muitos estaremos nos reunindo para festejar as conquistas de 2013 e já comemorar a realização dos projetos pessoais no decorrer do ano que virá. Música, dança, comida e bebida fartas e, claro, a visão de um céu muito mais iluminado, por conta dos belos espetáculos dos fogos de artifício.

Hoje, dia 31 de dezembro, algumas igrejas reunirão seus fiéis antes da meia-noite para juntos, em família, passarem a “hora da virada”. E em algumas igrejas haverá até atos proféticos, com os fiéis escrevendo seus desejos para 2014, que durante o culto serão abençoados pelo sacerdote.

Mendigos-1Hoje, os mendigos do centro de São Paulo, da região do Glicério e de tantos lugares continuarão nas mesmas calçadas de sempre. Sós e largados à própria sorte.

Deus permitiu que eu tivesse algumas tristezas e muitas alegrias, uma a cada manhã, nesses 365 dias que estão por findar. Não tive tudo o que quis, mas tive muito, mas muito mais do que a maioria das pessoas. Tive um teto, alimento, roupas. Tive uma família presente. Tive amigos, muitos dos quais sequer fui digna. Tive até uma promoção no serviço, aliás tive um serviço (o que por si só já é uma grande coisa).

Como a maioria das pessoas, tenho meus planos para 2014. Aliás, minha situação me permite ter planos, ter esperança. Já os mendigos pelas ruas das cidades, que planos podem ter? E que esperança?

Meu pedido, sincero, a Deus nesta noite é que em 2014, de alguma forma sobrenatural, Ele possa encher de esperança, de sonhos, de planos os corações daqueles que, de tão desgastados pelo sofrimento, nem a isso têm direito. Que, ao andar pelas ruas do centro de São Paulo no dia 31 de dezembro de 2014 eu não veja os semblantes que eu vi hoje. Que Deus faça brotar um sorriso no rosto de todos os que sofrem, e que possam, à meia-noite, estar reunidos comigo e com você, em família, em comunhão, como Jesus certamente faria se ainda estivesse aqui na Terra.

Deus, permita que eu seja usada por Ti para enxugar a lágrima de pelo menos um desses pequeninos em 2014.

Um bom Ano a todos, em Cristo.

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 31/12/2013 por em Ser estrangeira e marcado , , , , , , , .
%d blogueiros gostam disto: